Whatever the Case May Be

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Whatever the Case May Be"
12º episódio da 1ª temporada de Lost (série de televisão)
Informação geral
Escrito por Damon Lindelof e Jennifer Johnson
Direcção Jack Bender
Código de produção 110
Exibição original 5 de Janeiro de 2005
Convidados

L. Scott Caldwell (Rose Henderson),
Michael M. Vendrell (Caminhoneiro),
Victor Browne (Shooter (Jason)),
Achilles Gacis (Six Foot Five),
Tim Halligan (Hutton),
Dezmond Gilla (Jogador de Baseball)

Cronologia
Último
Último
"All the Best Cowboys Have Daddy Issues"
"Hearts and Minds"
Próximo
Próximo
Lista de episódios de Lost

"Whatever the Case May Be" é o décimo segundo episódio de Lost. É o décimo segundo episódio da primeria temporada da série. Foi dirigido por Jack Bender e escrito por Damon Lindelof e Jennifer Johnson. Foi ao ar originalmente em 5 de Janeiro de 2005, pela ABC. O episódio foca o flashback em Kate Austen.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Sawyer e Kate acham uma maleta. Kate finge não estar interessada e Sawyer fica com ela. No entanto, Kate tenta recuperá-la a força e se recusa a dizer o porquê do seu interesse. Kate pede a ajuda de Jack para pegar a maleta de Sawyer. A maleta acaba revelando conter armas e um segredo de Kate. Kate relembra de quando participou de um assalto à banco, no qual acabou atirando nos outros integrantes do bando. Shannon tenta traduzir os documentos da francesa trazidos por Sayid.

Ícone de esboço Este artigo sobre Lost é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.