WikiMapia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Wikimapia)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

[editar | editar código-fonte]

O WikiMapia foi criado pelos russos Alexandre Koriakine e Evgeniy Saveliev, sendo lançado em 24 de maio de 2006, com o slogan Vamos descrever o mundo todo!. Em pouco menos de 3 meses, já havia alcançado o primeiro milhão de locais adicionados. Com o tempo novas funcionalidades foram sendo adicionadas ao programa, como por exemplo, polígonos - que permitem definir precisamente a área do local marcado - e ferramentas lineares, como estradas, ferrovias e rios. Em março de 2009, o WikiMapia já armazenava mais de 9,7 milhões de locais e cerca de 17 milhões de segmentos de ferramentas lineares.

No início do projeto, o WikiMapia não tinha nenhum usuário registrado e nenhuma hierarquia administrativa. Todos os usuários editavam anonimamente e não havia nenhum mecanismo para monitorar ou disciplinar usuários problemáticos ou vândalos. Em outubro de 2006, criou-se o sistema de registro de usuários. Apesar disso, o registro não se tornou obrigatório e ainda hoje é permitida a colaboração como usuário não registrado. Posteriormente, adotaram-se diferentes níveis de usuários, permitindo que usuários mais experientes que sejam considerados confiáveis (chamados de usuários nível 2, ou usuários avançados) ganhassem maiores capacidades, como proteger um artigo ou banir usuários vândalos.

Em agosto de 2008, havia cerca de 246 mil editores, enquanto em abril de 2009 o número já chegava a 346 mil (incluindo 475 usuários avançados). A comunidade de usuários tem um fórum de discussão, onde podem se conhecer melhor, discutir problemas, novas funcionalidades e políticas do projeto, além de tratar de casos de vandalismo ou mau comportamento.

Crescimento[editar | editar código-fonte]

Data Locais criados
Agosto de 2006 1 milhão
Novembro de 2006 2 milhões
Março de 2007 3 milhões
Junho de 2007 4 milhões
Outubro de 2007 5 milhões
Janeiro de 2008 6 milhões
Abril de 2008 7 milhões
Julho de 2008 8 milhões
Dezembro de 2008 9 milhões
Junho de 2009 10 milhões
Outubro de 2009 11 milhões
Fevereiro de 2010 12 milhões
Julho de 2010 13 millhões
Dezembro de 2010 14 millhões
Abril de 2011 15 millhões
Agosto de 2011 16 millhões
Novembro de 2011 17 millhões
Fevereiro de 2012 18 milhões
Julho de 2012 19 milhões
Dezembro de 2012 20 milhões
Julho de 2013 21 milhões
Outubro de 2013 22 milhões
Maio de 2014 23 milhões

Revolta de usuários[editar | editar código-fonte]

Em Julho de 2009, sem a consulta ou o consentimento da comunidade de usuários, foi lançada a nova versão da WikiMapia (até então opcional e em fase de testes). O fato gerou a criação de vários tópicos no fórum onde os usuários, principalmente alguns administradores, manifestaram descontentamento com a ausência de consideração para com a comunidade. Houve exaltação de ânimos e muitos usuários tiveram seu status removido, alguns foram banidos e tópicos chegaram a ser apagados.

O episódio foi tomado como censura pela maior parte da comunidade, e grande parte dos usuários manifestou revolta abandonando o projeto WikiMapia; alguns criaram várias marcações de locais que não existem — triângulos em florestas, por exemplo — como uma forma de vandalismo.

Também há muito questionamento em relação ao excesso de propagandas dentro do site, uma vez que o wikimapia não é sustentada por doações (como o faz a Wikipedia), tratando-se então se caracterizar o site como sendo de fins lucrativos.[1]

Funcionalidades[editar | editar código-fonte]

A marcação dos locais envolve basicamente a definição da área ocupada, título, descrição, endereço, categorias. Um link para o artigo da Wikipédia, quando existente, é também incentivado, havendo campo específico para ele. Os usuários podem ainda adicionar fotos dos locais. Na descrição é permitida a inserção de links para páginas da web e vídeos do Youtube, por exemplo. As categorias são usadas para que se possa filtrar a visualização, permitindo se ver apenas os locais marcados com certa categoria.

Os locais marcados podem ser descritos em 101 idiomas diferentes, enquanto a interface do usuário já foi traduzida para 56 idiomas.

WikiMapia Beta[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2008 foi lançada para todos os usuários registrados a versão beta do WikiMapia. Meses depois, ela foi aberta também para usuários não registrados, embora limitasse o uso de algumas funções nesse caso. A principal diferença entre a versão beta e a clássica (como a versão anterior é chamada) é que os locais passaram a ser mostrados diretamente com seu formato real, e não apenas como retângulos. Ainda, na versão beta surgiram as ferramentas lineares como ferrovias, rios e rotas de balsas (as estradas já existiam na versão anterior). A versão anterior, chamada de clássica (ou antiga), continua sendo fornecida.

A WikiMapia Beta conta com documentação também produzida no estilo wiki, pelos próprios usuários do WikiMapia. Os arquivos de ajuda, guia do usuário e algumas informações interessantes sobre o projeto são disponibilizadas na chamada Wiki do WikiMapia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências