Wikipédia:O que os administradores não são

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O que se segue é um artigo informativo sobre a Wikipédia, que foi entendido como consensual em Wikipédia:Esplanada/propostas/Transformar "O que os administradores não são" em artigo informativo (19jun2012).
Prefira utilizar a página de discussão ou até mesmo a esplanada antes de fazer uma modificação que altere o contexto.

Os administradores não têm privilégio editorial sobre nenhum outro editor, nem são editores-chefes.

Uma administradora que foi consumida pela sede de poder.

Desta premissa derivam:

  1. Não são donos da Wikipédia.
  2. Não são empregados da Wikipédia.
  3. Não têm autoridade de qualquer tipo, além da que qualquer wikipedista tem.
  4. Não são responsáveis pela elaboração das normas; as normas da Wikipédia são escritas entre todos os wikipedistas, por consenso.
  5. Não são os únicos que podem lutar contra vândalos, consertar erros, e outras tarefas de manutenção. Isso é tarefa de todos os wikipedistas, sem exceção.
  6. Não são a elite dos wikipedistas.
  7. Não decidem o que se deve apagar ou não, nem a quem se bloqueia ou não. Isso é definido pela política da Wikipédia e pela própria comunidade.
  8. Não têm nenhuma responsabilidade legal, de representação da Wikipédia, além da que qualquer wikipedista tem.
  9. Não são infalíveis, nem seus atos estabelecem precedentes.
  10. Não têm poder de veto, nem capacidade de decisão maior do que a de qualquer wikipedista.

O descumprimento da regra geral de que um administrador não pode se colocar acima das decisões da comunidade é motivo válido para apresentação de um pedido de destituição de cargo em Wikipedia:Pedidos de administração#Desnomeações do estatuto de administrador.

Ver também[editar | editar código-fonte]