Wikipédia Discussão:Escolha do artigo em destaque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
File-manager.png Arquivo: 1· 2· 3· 4·

Como resolver a falta de votantes?[editar | editar código-fonte]

Na minha época, em março de 2011, já havia pensado em um futuro problema e proposto #Diminuir o mínimo de 7 votos favoráveis para 5, proposta que foi rejeitada em sua maioria. Quase dois anos se passaram, e agora que volto vejo um número bem baixo de votantes, quase a metade do que via nesse período. É triste ver artigos bem feitos que ficaram pelo caminho porque apenas não alcançaram o mínimo de votos, então gostaria de propor duas soluções alternativas:

  1. Novamente, diminuir os votos para artigo destacado de 7 para 5
  2. A que julgo ser a melhor e mais adequada, já utilizada na escolha do anexo e portal em destaque: consenso. Alguém apoiou, ninguém apresentou argumentos contrários? Ótimo, aprovado e destacado.

Posso não ter apresentado a melhor proposta, mas alguma providência deve ser tomada. E rápido. Christian msg 01h33min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

Se o problema é a falta de votantes, diminuir o número de votos necessário não o vai resolver. Pelo contrário, só o vai agravar ao exigir menos participação, ao mesmo tempo que diminui a qualidade dos artigos propostos pelo menor número de revisores. Além disso, tenho visto artigos de qualidade serem destacados com 10, 12, 15 ou mais votos, pelo que o número não é um problema real. Polyethylen (discussão) 03h01min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
  • Não vejo solução em reduzir o número de votos necessários, contudo, adoptar o sistema de avaliação por consenso não me parece má ideia. Na realidade, é uma crise que atravessamos em relação a esse assunto, mas acho que está na consciência de cada um participar ou não. Ninguém é obrigado. VítoR™  • (D) 03h11min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Apenas pensando alto: será que faria sentido ter um tipo de "conselho de revisores" com "poderes" para legitimar artigos a Destaque/Bons? Ou seja:
  • Elegiam-se 5 (ou 7, ou 10, ou mais...) editores de confiança/imparciais;
  • Desses eleitos, pelo menos um número mínimo deles teria que votar;
  • As outras regras actuais manter-se-iam.
Exemplo: caso o dito "conselho" fosse constituído por 10 elementos, pelos menos 5 teriam "obrigatoriamente" que votar; como habitualmente temos mais votantes, acho que facilmente se atingiriam os actuais 7 para Destaque/Bons. Fica a ideia. Carlos msg 08h31min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
"Conselho de editores que podem votar em destaque e são obrigados a fazê-lo". Vi duas possíveis perspectivas da sua ideia:
1 - Somente o conselho pode votar, e é obrigado a fazê-lo. Se isso, é um passo para formação de panelinhas, e apenas "um grupo seleto" poderia votar. A participação da comunidade toda é crucial, e as vezes um editor de fora do conselho pode avaliar melhor/identificar erros melhor do que um de dentro.
2 - Todos os usuários podem votar, mas metade do conselho tem de votar. Honestamente, qual a utilidade do conselho então? Os usuários tem uma arma apontada na cabeça e são obrigados a votar? Quais seriam as consequências? E mais: se os usuários são obrigados a votar, eles tenderiam (não necessariamente o fazendo) a dar avaliações mais superficiais nos artigos. E a parcialidade também é um quesito questionável, visto que alguns editores podem ser parciais em alguns temas específicos.
Enfim, sou veementemente contra essa ideia. Colaborador 2.542 (discussão) 11h33min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Como é óbvio isto foi só uma ideia. As panelinhas já existem e sempre existiram, basta ver quem vota sempre em artigos sobre música, municípios, história, etc. - são sempre os mesmos; os que votam em música não votam em história, p.ex.; quem vota em municípios não vota em história, etc, etc. A minha ideia - não é uma proposta - é para tentar haver um mínimo de votantes que realmente participem; na situação actual ninguém é obrigado a votar, então...não vale a pena o esforço de fazer artigos longos para destaque/bons se ninguém vai lá votar. É desagradável estar um mês sem que votem, a favor ou contra, num artigo que demorou um, dois, três meses a fazer.Carlos msg 12h06min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

(quebrando esse espaçamento) - É óbvio que é frustrante, mas ainda assim, cada um é livre para votar e como mencionaram, tem sua consciência. Honestamente, não vejo essas tão fortes panelinhas que hoje você menciona, mas ainda assim, é mais algo como um direcionamento. Estaríamos falando de um grupo de usuários que tem o poder de destacar os artigos (ou não). E pelo que estou vendo os editores dão mais prioridades aos artigos que estão chegando ao fim do prazo. Eu prefiro que os artigos não sejam destacados do que sejam sem uma profunda avaliação. Não é fácil buscar erros como o Tetrakys fez aqui. Os votos já estão extremamente superficiais, as pessoas dão uma leve "lida" no artigo antes de votar. Óbvio que foi uma ideia, mas continuo sendo contra ela. Colaborador 2.542 (discussão) 12h33min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

Nesses últimos pontos que você refere estamos ambos de acordo, e acho que devia ser algo a ser revisto - aqui não tenho ideias :) - basta ver este caso também Back to Black que provocou a saída do seu proponente e que revela o que você disse: poucos são aqueles que lêem, profundamente, os artigos; e quantos não terão sido eleitos assim mesmo? Carlos msg 12h44min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Eu estava pensando se não seria um adianto um sistema de Peer review adaptado como o da wikien. Isso já ajudaria muito casos como esse que você citou. Editores inseguros com seus artigos, que acham melhor uma revisão, etc. poderiam adotar esse sistema. Creio que isso até aumentaria o número de artigos destacados, como uma consequência na melhora da qualidade do artigo. Colaborador 2.542 (discussão) 13h07min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Há uns tempos propus na esplanada a implementação de um processo de revisão obrigatório antes de ser candidato a destaque, para evitar entupir a fila com textos mal redigidos que acabam por nunca atrair votantes, mas aparecem aí todos os meses. Polyethylen (discussão) 13h12min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Na minha opinião nem precisa ser obrigatório. A responsabilidade sobre a candidatura é do autor, e não precisamos forçar ninguém a nada. Se quiser propor novamente... (se não, eu mesmo o faço). Colaborador 2.542 (discussão) 13h21min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
aqui. Polyethylen (discussão) 13h32min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

──────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────────── Como diz o provérbio, não se fazem omeletes sem ovos; aqui os "ovos" são editores interessados em ler determinados temas, que tendem quase invariavelmente a ser de dois ou três tipos (música pop ou afim, tv, etc.). É raríssimo haver falta de votantes para outros temas. Mas, desculpem a franqueza, mas suspeito fortemente que em muitos casos a falta de votantes tb. se deve aos artigos; falando de exemplos concretos em temas que têm falta de votantes: alguma vez artigos propostos pelo Vítor Vicente sofreram desse problema? será que a maioria dos artigos com falta de votos tinham qualidade para serem pelo menos AB's? ou será que não eram propostas de editores que se tornaram muito conhecidos por proporem constantemente artigos rejeitados (e insistirem em voltar a propor 2, 3 4 vezes?).

O problema desse "entupimento" com certos temas é que faz com que os potenciais votantes percam a vontade de ler os artigos e votar. Avaliar (devidamente!...) um artigo para ver se ele cumpre os critérios de qualidade é uma tarefa cansativa até quando o tema nos interessa; quando ele não nos interessa é um martírio.

Os problemas não se resolvem arranjando artifícios para fazer de conta que eles não existem — isso faz lembrar as distorções das interpretações da realidade dos políticos para dar a ilusão de que as coisas estão muito melhores do que parece. Já temos problemas de sobra com votações em massa às cegas, baixar para cinco votos só agravaria o risco de ter artigos medíocres classificados como AB ou AD. Não há solução "administrativa" para o problema, que é, repito, não haver editores. Mas parece-me que o sistema de pré-revisão obrigatório poderia melhorar substancialmente as coisas. --Stegop (discussão) 13h39min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

  • Outra vez a história do PR obrigatório? Na página indicada acima, cuja discussão foi abandonada em Setembro com último comentário pelo proponente, tinha sido claro que não havia consenso para tal implementação. Uma candidatura está trinta (30) dias em avaliação, certos casos quinze (15), é tempo mais que suficiente para quem está interessado votar ou apontar os erros. Mais tempo, mais processos, apenas enfraquece e desmoraliza o proponente. Tanto os eleitores como as pessoas que abrem as candidaturas, têm de ter consciência do que estão a fazer; um em ler, apontar/corrigir supostos erros eventuais e outro em propor trabalhos que cumpram os critérios. Existe o método de interrupção... Se a queixa maior é a tradução automática, basta na candidatura deixarem o comentário que não cumpre o critério-mãe para ser promovido/destacado e a candidatura deve ser cancelada.
    Como já muitos apontaram aqui, descer o número de votos necessários não me parece solução. Mas o processo de revisão obrigatório também não é solução. Já pensaram que talvez fosse melhor passar o processo de avaliação para consenso? Parece-me a ideia mais acertada já aqui falada. VítoR™  • (D) 14h22min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
  • Subescrevo o Stegop, eu raramente voto em qualidade 4 não pq o artigo não o seja, e sim, pelo que já foi dito acima. Há pouco tempo tivemos exemplos de 17 votantes numa única votação. Talvez uma saída para o "entupimento" seja a criação dum wikiprojto, Wikipédia:Projetos/Artigos Bons parecido com o projeto Good articles da en.wiki, só que esse os editores dedicar-se-ão sobretudo na revisão dos artigos, com o intuito de ajudar os novatos, e o projeto aconselharia a quem pedisse ajuda abrir um processo de revisão para o melhor "exito" do artigo. Ou seja, 30 dias (PR) + 30 dias (EAD) parece ser o suficiente para termos mais artigos destacados e, portanto, diminuindo a "Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Lista" tendo, assim, mais tempo de todos os interessados participarem das votações apresentadas. --Caverna06 (discussão) 16h27min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Em relação ao WikiProjecto, não sei se resolveria alguma coisa, mas também não me oponho à sua criação. Agora, 60 dias para um artigo destacado... isso "não era ter mais" páginas desse estatuto, era motivo para os proponentes desesperarem ou endoidecerem antes da candidatura chegar ao fim... Isso é simplesmente inconcebível. VítoR™  • (D) 16h42min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Pro projeto, já existe Wikipédia:Projetos/Destacamento de artigos, que fatalmente morreu como todos os outros. Não sei se um wikiprojeto vai adiantar de algo, quem tem interesse em revisar os artigos já revisa não vai ser a existência do projeto q vai mudar algo.
O processo de revisão devia ser mais usado. Pior que passar 60 dias para destacar o artigo é ficar 30 dias e o artigo não ser destacado por falta de participação. Mesmo que o PdR não seja obrigatório, quem reclama q seu artigo não recebeu votos que vá pro PdR que assim terá mais chance do artigo ser eleito. Deviamos aplicar as alterações pro PdR como proposto pelo Poly mesmo não sendo obrigatório, e deixar um tempo para as pessoas (principalmente as q reclamam de poucos votos) usarem. Só depois de termos usado esse PdR por algum tempo q podemos decidir se será melhor isso ser obrigatório.
Rjclaudio msg 16h47min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Sim, mais um projecto que "foi morrendo"... Mas adiante, 60 dias para destacar um artigo é completamente absurdo, isso apenas irá fazer com que os interessados deixem de abrir candidaturas sequer. O processo de revisão pode ser aberto para qualquer artigo/anexo quando um editor quiser, aliás está um aberto desde 12 de Dezembro (salvo erro) e ainda ninguém sequer comentou. Penso que a solução também não passa por tornar o PR obrigatório, para isso mais vale deixar como está. VítoR™  • (D) 16h56min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)
Também não gosto do tempo Vitor, mas o objetivo era de aumentar o numero de candidaturas aprovadas e ao mesmo tempo aumentando também a participação da comunidade, e o PR não precisa ser obrigatório, com a ideia de ajudar os novatos. Se reestruturasse completamente o Destacamento de artigos, não sei... --Caverna06 (discussão) 19h38min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

sou contra a redução dos votos e contra o consenso. o nível geral já é mais baixo do que se desejaria com 7 votos, diminuir o rigor seria favorecer a queda ainda maior na qualidade. sobre o consenso, acho que além de ser uma utopia também tende a baixar ainda mais a qualidade. por exemplo, se só quatro ou cinco aparecerem para opinar em uma proposta, e todos forem a favor, já teremos o consenso. seria o mesmo que permitir a redução no número de votos para aprovação. e já que a wikipédia equipara a opinião do leigo com a do profissional, a única maneira de balancear as decisões é equiparar também o peso das opiniões. um consenso não permite isso pois pode ser difícil definir quando houve um consenso ou quando simplesmente o último que gritou arrebatou o doce. lembro de ter visto situações escandalosas, como o caso da eliminação arbitrária e vexatória da página Críticas à Wikipédia na wikipédia inglesa. simplesmente o último que opinou decidiu a coisa e o material foi disperso em outros artigos ou eliminado, embora a longuíssima e exaustiva discussão anterior não tivesse concluído nada, com opiniões muito divergentes. o que aconteceu foi que simplesmente o povo cansou. daí veio um depois de todo mundo ter ido embora e fez o que quis (mais tarde o material foi restaurado). na wiki-pt não tem sido diferente.

em termos de clareza de resultado o consenso não é páreo para a votação e muitíssimo me admira que isso ainda não tenha sido reconhecido à larga, e se fique constantemente a bajular o consenso como um reflexo mais fiel da realidade do que a votação. o resultado de um consenso é uma interpretação e não um dado objetivo. como eu já disse em outro lugar, a wikipédia é uma seita religiosa, se prefere a opinião à ciência. além do mais, quem poderia afirmar que na votação não se tem o mesmo nível de debate que em um consenso? todos os pontos positivos apontados pelos favoráveis ao consenso - o debate, as correções, o acordo final - estão presentes no processo de votação, pois as discussões são muitas vezes infindáveis. mas a votação tem a grande vantagem de ser a ratificação clara e objetiva do resultado dos debates. ninguém pode contestar o resultado de uma votação pois é pura matemática, mas o que temos visto - e quem virá negar isso? - é que os consensos muitas vezes acabam de maneira polêmica, emocional e questionável. reitero que, ao contrário do que se alega por aí, de que a votação não permite ou minimiza a importância do debate, é fato público e notório que regularmente os participantes nas votações que encontram problemas nos artigos não deixam seu voto positivo antes de eles terem sido resolvidos. e quando eles não são, votam contra. ou seja, se exerce plenamente o direito de exigir a resposta do proponente e expressa a necessidade de haver um acordo entre as partes, coisas que são o fundamento do conceito de consenso. se há alguns que não procedem assim e não exercem esse direito ou trivializam o processo, não é culpa do processo, mas das pessoas. mas serão essas mesmas pessoas que vão trivializar as discussões em um consenso. disto não há saída: o material humano a participar será o mesmíssimo. é óbvio que o debate é essencial. mas a votação tem uma vantagem prática sobre o consenso: ninguém pode contestar uma votação. resumindo, votação = consenso + voto. ou seja, o conceito de votação é maior do que o de consenso e o engloba. como não preferir a votação se queremos saber inquestionavelmente a vontade da comunidade??? observe-se que eu estou defendendo o conceito. eu sei que a votação também tem seus problemas e perversões, mas ainda acho que é melhor do que o consenso.

também há que reconhecer que o Stegop tocou em um ponto importante: porcaria não atrai votante. fala sério: quem tem paciência para analisar textos cheios de erros os mais básicos como temos visto constantemente? e se eles vêm sempre do mesmo editor, nada mais natural que ele fique com má fama e sua credibilidade se desvaneça, e ninguém mais apareça nas suas festas. o que admira é que muitos desses editores que tanto reclamam mas fazem péssimos artigos sejam repetidamente advertidos de seus erros mas voltem constantemente a cometê-los. além do mais, mesmo para os bons textos já se requer muito esforço e concentração e não se pode dar conta de tudo. é demais esperar que um editor domine o suficiente todas as áreas e possa participar de todas as votações. inevitável que se formem grupos especializados em determinados tópicos, e que eles tenham poucos integrantes, pois para piorar tudo a carência geral de bons editores é de conhecimento de todos.

a base do problema parece estar em como atrair bons editores em geral, para toda a wikipédia, e não apenas para as votações. a escassez de votantes é só um reflexo da escassez geral de bons editores. é um caso complexo, como todos sabemos, e que tem dado muita dor de cabeça. para melhorar a situação, eu confesso que não sei muito o que sugerir, e realmente estou afastado do que acontece com os projetos extra-wiki. mas acho que campanhas de atração de conscientização são sempre necessárias, especialmente para os novatos que estão sempre chegando. leva tempo para a gente se acostumar com a dinâmica da wiki e entender o motivo de tantas exigências. eu levei anos antes de ser capaz de escrever artigos de boa qualidade e ainda estou aprendendo. sobre a revisão prévia obrigatória, acho que na prática seria simplesmente duplicar a EAD, burocratizando demais o processo. na minha opinião podemos resolver tudo de uma só vez. eu não me sinto realmente nada inclinado a rever o mesmo texto em dois processos diferentes. porém, se quiserem tentar essa alternativa, tudo bem, já que as reclamações são contínuas do jeito que está. mas e se não houver editores para fazer a revisão de um determinado artigo? ele será impedido de entrar em votação? temos que pensar nisso. Tetraktys (discussão) 19h40min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)


A existência de várias candidaturas a destaque que carecem de votos é uma realidade constante a cada mês. Em contrapartida continuam a existir outras que arrecadam um número significante de particiantes. Disto podemos concluir que a reputação do proponente tem bastante influência no número de conferentes que cada candidatura angaria. A abstenção é apenas motivada pelo pouco entusiasmo em avaliar um artigo submetido a destaque por parte de editores que erram sucessivamente a cada candidatura. Portanto a questão aqui fundamenta-se efectivamente em como adquirir editores para avaliar e/ou reavaliar artigos de proponentes que tenham vindo sucessivamente a candidatar artigos não aptos aos critérios estatuídos.
Uma ideia que limitaria essas mesmas candidaturas distantes de votos suficientes para a tomada de uma decisão consensual da comunidade, é a de privar o número de candidaturas de determinado artigo ao mesmo proponente. Ou seja, se a cada editor lhe fosse possível submeter apenas uma ou duas vezes a candidatura do mesmo artigo, então esse número de propostas que não usufruem de votos iria ser naturalmente reduzido. Seria algo radical mas julgo que eficiente.
Um bom editor não vai nunca submeter mais do que duas vezes os mesmo artigos para votação. Este continua a ser um processo algo defeituoso neste sentido. Se só após quatro ou cinco candidaturas o mesmo proponente consegue qualificar o artigo, então, ou não teve sequer a capacidade que verificar e melhorar o mesmo - e isto é relativamente frequente em editores inexperientes -, ou então está pouco preocupado com as exigências do projeto e quer simplesmente conseguir qualificar artigos a todo o custo, tentando esconder erros evidentes e esquivando-se das regras de destaque que são bem claras. "O mal deve ser cortado pela raiz". Estou convencido de que se esta ideia fosse avante, então o número de votantes aumentaria gradativamente. Caso contrário, e como diz a minha avó: "mais vale poucos e bons do que muitos e fracos." PedroCoutinho (discussão) 23h14min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

Quem estiver com problemas para achar alguém para ler, revisar e avaliar o seu artigo pode fazer uso dos wikiprojetos, indicando lá q está trabalhando no artigo e que planeja candidatá-lo e queria uma revisão antes. Provavelmente será mais fácil de achar algum interessado no projeto relacionado que aqui na EAD, principalmente por não ter a pressão do tempo, e o artigo já chegar na EAD mais trabalhado. E assim a candidatura deixa um pouco de ser a candidatura feita pelo usuário, e passa a ser feita pelo usuário e revisada pelo projeto. Assim mesmo os usuários q tem má fama de indicar artigos ruins não vão sofrer tanto com essa má fama. Agora se não querem fazer isso, não querem uma revisão antes de propor para EAD, fazer oq. Rjclaudio msg 23h20min de 2 de janeiro de 2013 (UTC)

exato. nada impede que quem tem interesse real em qualificar seu texto mas está inseguro procure voluntariamente a opinião de quem entende mais. respondendo ao Pedro, não me parece justo proibir que um editor fraco apresente seus textos infinitamente, mesmo que isso seja um aborrecimento. ele ficaria impedido de aprender com a prática, e ganhar prática exige tempo e paciência, já que é impossível evitar tropeços - e muitos - no processo de aprendizado.Tetraktys (discussão) 00h17min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)
Para isso recorrer-se-ia ao "processo de revisão" antes de passar diretamente à candidatura. E o "processo de revisão" consiste precisamente na revisão de vários editores ou daqueles a quem o aprendizado pediria opinião. Isto vai reflectir consequentemente numa redução do número candidaturas não participadas. PedroCoutinho (discussão) 00h27min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)
Uma ideia para que o processo de revisão "alavancasse", ou seja, frequentada por mais editores, seria de que os editores que apresentam realmente artigos de qualidade, tal como o próprio Tetraktys entre outros, sempre antes de propor um artigo a destaque abrisse um processo de revisão mesmo não precisando, pra ver se a "moda" pega, tornando-se assim uma questão de etica e não um processo obrigatório. Se os grandes derem o exemplo acho que pode dar certo. Nesse ano e principalmente nos proximos anos, a lista de proposta tende a aumentar cada e cada vez mais... --Caverna06 (discussão) 02h19min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)

rsrs não tinha pensado nisso. a coisa começa a ficar complicada rsrs acho que vou retirar meu apoio à proposta. me desculpe Caverna, eu não sei quanto aos outros, mas sendo bem franco, eu certamente não teria paciência para isso. se a proposta for adotada vou ter que me curvar, mas o mais provável é que eu não apresente mais artigos para destaque. passar pelo processo duas vezes é por demais estressante pelo benefício que a estrela traz, que é mais honorário do que real. se fazemos um bom texto ele está feito e pronto, é publicado imediatamente e fica à disposição do freguês no ato. a estrela é no fundo só um ornamento, é um adendo inteiramente posterior ao trabalho, é apenas um reconhecimento formal que para os fins educativos da wikipédia é absolutamente irrelevante. se eu fosse um novato seria natural, até, mas já tenho uma boa experiência e felizmente minhas propostas sempre foram exitosas na primeira votação. diante de casos como o meu - e há vários outros editores que invariavelmente destacam seus artigos de primeira - penalizar os que fazem certo apenas para dar bom exemplo para os que fazem errado não me parece a forma mais adequada de lidar com o problema. o melhor exemplo, creio, já é dado pela apresentação de um bom texto. acho que precisamos avaliar se esta medida não vai ter efeitos inversos do que os desejados. eu suponho que haverá outros editores capazes que também não terão essa paciência. se não estou enganado, o excesso de burocracia é um dos motivos de afastamento de editores da wiki. para mim pelo menos, seria. não digo isso para pressionar ninguém, mas que é um dado a considerar, é. Tetraktys (discussão) 04h38min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)

pensei que talvez se pudesse apresentar a revisão como uma "forte recomendação" com uma cláusula de restrição preventiva, estabelecendo um mecanismo de salvaguarda da paciência dos votantes, do tipo: se algum artigo for recusado por duas vezes, só poderá ser reapresentado depois de passar por uma revisão prévia. Tetraktys (discussão) 04h56min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)

Essa é uma boa opção, arrumando o problema de alguns artigos terem n candidaturas. Mas eu colocaria até uma única nomeação falha ser o suficiente, a segunda nomeação teria q passar pela revisão. Rjclaudio msg 12h23min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)
Também gostei dessa opção, de qualquer modo, tem de esperar 30 dias para refazer a proposta. Atualmente tem 7 candidaturas, que já foram recusadas uma ou mais vezes, e aparentemente nenhuma está sendo bem-sucedida. --Caverna06 (discussão) 15h48min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)
Exatamente, se um artigo sofrer uma reprovação na candidatura, a segunda deverá ter que se submeter ao processo de revisão, evitando este exagerado número de propostas mal sucedidas. A segunda candidatura do mesmo proponente terá a obrigatoriedade de ser aprovada. Caso reprovar, o mesmo não deve tão cedo candidatar o referente artigo submetido já duas vezes. (Ou até mesmo nunca mais candidatar o mesmo artigo digo eu). O processo de revisão pode não ser obrigatório para uma primeira candidatura, mas sim para a segunda, caso a primeira não fosse bem conseguida. Isto vai não só limitar o número de candidaturas reprovadas como também vai influênciar na consciência de cada um - principalmente naqueles que até agora pouco se preocuparam por quantas vezes a mesma proposta foi reprovada - em desenvolver um trabalho mais rigoroso e subsequentemente melhor elaborado. PedroCoutinho (discussão) 19h20min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)

Fevereiro 2013[editar | editar código-fonte]

Em casos onde há baixa participação e só houve votos favoráveis ou não houve votos, poderíamos prorrogar o tempo de votação por mais alguns dias ou por uma semana para que o votante possa chamar outros usuários a opinar, assim evitaríamos casos como esse, onde um artigo de qualidade não foi eleito apenas pela falta de votos. Chronus (discussão) 07h01min de 17 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo que esta sugestão, mas eu ampliaria o prazo para duas semanas.
Um bom exemplo de um artigo que muito provavelmente está em condições de destaque sem qualquer controvérsia é este; no final do prazo tinha apenas 3 votos, apesar da única crítica negativa ter sido respondida há mais de duas semanas. --Stegop (discussão) 18h36min de 17 de fevereiro de 2013 (UTC)
E como fazemos agora? Parte dos votantes (incluindo eu) votaram no artigo mencionado por nós acima depois do fim do prazo oficial. Devemos levar a proposta que fiz à esplanada? Creio que seja uma solução parcial para o problema da baixa participação. O que acham? Chronus (discussão) 19h10min de 17 de fevereiro de 2013 (UTC)

EAD, Portais e motivação[editar | editar código-fonte]

Será que não há alguma forma de envolver os Portais na aprovação dos ADs de cada tema de modo a atrair mais revisores? É natural que cada votante tenha interesse em ler somente aquilo que lhe interessa. Sentir-se seguro para votar em um artigo de um tema de área que não conhece é muito mais difícil que o contrário. Ao ler um texto de assunto com que esteja familiarizado, mesmo que não seja especialista naquele assunto em particular, já permite que se tenha uma ideia se todos os aspectos importantes foram abordados, se está bem referenciado, etc. Naturalmente alguns dos portais também estão mais ou menos abandonados... Mas ainda acho que um dos problemas da falta de votantes para eleição de AD reside na falta de publicidade e motivação. Quanto à falta de autores, falta de motivação para passar pelo suplício que costumava ser a avaliação (não sei como está agora), em que normalmente são criticados aspectos de importância menor do artigo, como por exemplo, extensão do texto (um pequeno artigo bem escrito sobre assunto de pouca importância e do qual quase não existam informações disponíveis tem seu valor, independentemente de estarem a faltar bons artigos de assuntos mais importantes - afinal cada um escreve sobre o que gosta, entende e tem vontade), lay-out e pequenos erros de digitação (estes podem ser resolvidos sem que nem se tenham que comentar); e as realmente determinantes para a qualidade do artigo como o referenciamento do texto, acurácia, qualidade e profundidade das informações pouco seja avaliada. Mas voltando ao assunto, tudo resume-se à motivação!!!!! Acho que esta é a chave de qualquer solução e por ai devemos procurar o caminho da solução. O que poderia ser feito para motivar os autores? o que poderia ser feito para motivar os votantes? Sendo pragmático aqui, é da natureza humana ser competitivo e motivado por qualquer espécie de reconhecimento. Até mesmo São Simeão Estilita ficaria desapontado se soubesse que alguém viveu mais tempo que ele no alto de uma coluna ainda mais alta. Uma campanha de motivação, é isto que se faz necessário. Criar sonhos e engajamento. Dalton (discussão) 11h31min de 3 de janeiro de 2013 (UTC)

Opção para Cancelar a EAD[editar | editar código-fonte]

Seria bom uma quarta opção de voto:

  • Artigo destacado
  • Artigo bom
  • Artigo de qualidade 4 ou inferior
  • Cancelar EAD

Serviria para artigos que não tem a menor condição de concorrer, só poderia votar auto-revisores e quando tivesse X votos para cancelar, a EAD seria cancelada imediatamente. Nem sei se eu sou a favor disso. Essa ideia me veio em mente agora ao avaliar isto e estou compartilhando com vocês. O que acham? W.SE (discussão) 00h46min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio e acho super interessante. Isso faria com que a lista de proposta diminui-se e assim não perderíamos tempo votando contra estes artigos que como você disse não tem a menor condição de concorrer. George Miranda FQTE 01h52min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

Ainda em dúvida. Seria somente em esboços, artigos sem fontes (ou que não cubram grande parte do artigo), redação realmente péssima, etc? Se for isso, Symbol support vote.svg Apoio. Colaborador 2.542 (discussão) 02h17min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio E para isso julgo que apenas dois ou três votos nessa opção seria mais do que suficiente. PedroCoutinho (discussão) 15h20min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

  • Pra esboço precisaria nem votar, esboço é cancelamento na hora, se assume q foi um erro de novato.
  • As regras de votação dizem q "Uma candidatura pode também ser interrompida, caso haja consenso entre os avaliadores que o artigo não atinge os critérios mínimos para ser avaliado." Estamos trocando então o consenso por uma votação? E bastaria ter 3 votos? Se tivesse 20 votos para AD e 3 votos para cancelar, seria cancelado então? Tem q melhorar esse processo, não se pode votar em cancelar se não há como votar em não-cancelar. Poderia considerar os votos para AD / AB / Artigo normal forem contados como não-cancelar, e aí não pode ser apenas "3 votos para cancelar", teria q ser "3 votos para cancelar, e nenhum para outra opção" ou algo do tipo.
  • E não sei se concordo q apenas autorrevisor possa votar ali, contra restringir uma opção de voto para apenas um estatuto. Se fosse para autorrevisor ter alguma prioridade 'na votação', então tinha q ser para todas as opções. Já é o suficiente só auottevisor poder candidatar, agora ter algum benefício nas votações ...
  • Rjclaudio msg 15h35min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)
Gostei da ideia, mas quais e quantos critérios não cumpridos seriam necessários para votar a favor de cancelar a EAD? Teria de não cumprir com os cinco (ou mais) dos nove requisitos ou todos? Ou apenas especificaria tais critérios ou os mais importantes? Iuri i10 15h37min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

Com o Rj. As regras actuais já permitem o cancelamento imediato se não cumprir determinados critérios mínimos, e pode-se obter consenso logo nos primeiros dias para encerrar candidaturas que não cumprem os requisitos de forma grosseira. Além disso, penso que com o requerimento de estatuto de autorrevisor para apresentar propostas, o número destes casos diminua significativamente. Polyethylen (discussão) 15h53min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

Os critérios principais para se cancelar seria Redação, Completo, e Verificabilidade. Os outros podem sempre ser corrigidos no decorrer da votação. E é difícil não cumprir nenhum dos três, então bastaria um deles. E tem q ser um erro grande, apenas "o primeiro parágrafo da seção X não tem ref, então vamos cancelar mesmo q todo o resto do artigo tenha ref" não seria motivo para cancelar, tem q ser algo gritante.
Por ser uma votação, tem q ter um prazo mínimo para permitir q quem seja contra cancelar se manifeste. Então, após 1 semana (ou menos, 3 dias, sei lá), se tiver X votos para cancelar e menos q Y para não cancelar (ou se Y% do total dos votos for para cancelar) aí cancela. Como só autorrevisor q pode candidatar, acho desnecessário (mt poucos casos) se interromper pouco tempo depois, e se tiver creio q o autorrevisor terá bom senso de aceitar a opinião dos outros e interromper antes (e se não cancelar antes, em uma semana vai estar interrompida, então sem pressa).
Rjclaudio msg 15h55min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

acho que não traz vantagem ao que já existe e promete, em vez, criar complicações adicionais. sou contra Tetraktys (discussão) 19h19min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

Concordo com Tetra, acho que não vai mudar mta coisa. E pode ficar mto subjetivo tb. Acho que algo viável poderia ser a exigência dos candidatos estarem pelo menos com qualidade 4, removendo automaticamente os que não se enquadrassem. Mas há dois poréns: seria necessário robôs (e usuários) dispostos a analisar os artigos, e há a possibilidade de que um artigo, msm bastante completo, não se enquadre nos quesitos da qualidade 4 (essa possibilidade é pequena, mas existe). RmSilva msg 20h32min de 4 de janeiro de 2013 (UTC)

Symbol oppose vote.svg Contra minha própria proposta. Pensei melhor e acho que criar uma regra a mais não é a solução. É melhor aplicar a que já existe. Temos que ser mais pró-ativos contra propostas de votação descabidas. W.SE (discussão) 05h38min de 5 de janeiro de 2013 (UTC)

Symbol oppose vote.svg Contra, tb acho, mais burocracia não adianta se as regras atuais não são usadas. Se o artigo for mesmo ruim, faz o consenso. Nesse consenso provavelmente quem candidatou o artigo não deve ser considerado pq ele sempre vai achar q o artigo está bom (afinal, ele candidatou) e a sua opinião tem um conflito de interesse. Rjclaudio msg 12h37min de 5 de janeiro de 2013 (UTC)

Revisão[editar | editar código-fonte]

Gostaria de fazer uma sugestão sobre as eleições de artigos destacados: porque não tornar obrigatório que o artigo passe pelo processo de revisão antes de ser candidato? Claro que essa não seria uma revisão minusciosa, mas sei que se pode perceber de cara se o artigo tem muitos problemas ou não. Poderia ser assim: quando a revisão fosse aberta, o artigo teria que receber pelo menos três votos Symbol support vote.svg Concordo para que seja iniciada a votação, e no caso de receber um Symbol declined.svg Discordo com as devidas justificativas, o proponente corrigiria os problemas até que o editor que votou retire o voto. A votação teria que ser unânime, dessa forma os problemas mais graves do artigo estariam resolvidos e ele estaria mais apto para AD. O que acham?comentário não assinado de WOtP (discussão • contrib) 19h29min de 10 de janeiro de 2013‎ (UTC)

Ler dois tópicos acima: "como resolver a falta de votantes", onde há também uma ligação para a proposta na esplanada. Polyethylen (discussão) 21h36min de 10 de janeiro de 2013 (UTC)

Prorrogação de votações da EAD por baixa participação

Conforme a discussão que ocorre aqui e para se evitar que casos como este (onde o artigo foi eleito destacado com votos favoráveis fora do prazo oficial) se repitam, sugiro um pequeno acréscimo na regra 7 da EAD, conforme abaixo:

7. Período de votação: o período de votação para cada artigo é de 30 dias o período termina no mesmo horário que iniciou.

7.1. Em candidaturas onde houver participação baixa (quando existirem apenas votos favoráveis e estes forem insuficientes para eleição) ou nula da comunidade, o tempo de votação poderá ser prorrogado por uma semana.

É claro que o que elaborei acima é um esboço passível de mudanças (escrita, prazo de prorrogação, etc), mas já serve para dar uma ideia. Enfim, o que acham? Chronus (discussão) 10h12min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, mas aumentaria o prazo para 15 dias. --Stegop (discussão) 13h14min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

  • Symbol support vote.svg Concordo, aliás já há algum tempo que devia ter sido tomada alguma medida. E por mim, também aumentava o prazo de prorrogação para quinze (15) dias. VítoR™  • (D) 13h42min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo, e para 15 dias. Eu tb permitiria encerrar a EAD a qualquer momento da prorrogação assim que tivesse o mínimo de apoio necessário. Rjclaudio msg 13h55min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com uma ressalva: que não haja votos contra, como já foi dito, e que haja um mínimo de participação favorável na data de encerramento regular: o proponente + dois ou três votos favoráveis, por exemplo. Isto para distinguir aqueles artigos que realmente não estão a ser promovidos por falta de quorum, daqueles que não recebem votos porque não têm qualidade. Polyethylen (discussão) 14h10min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Concordo com a subproposta acima, no sentido de exigir um mínimo de participação favorável. Discordo do encerramento prematuro proposto pelo RJ. Tome-se como exemplo do caso apresentado na proposição. Imagine-se que um ou mais editores tinham lido o artigo na diagonal e, por não o acharem em condições de destaque pensaram (como me parece que é usual) "bah, não vale a pena dar um voto negativo, pois ele não vai ser eleito". Entretanto o prazo termina e em menos de 24 horas aparecem os editores suficientes para o destaque; quando eventuais editores que tenham objeções ao destaque se derem conta, a eleição já terá sido encerrada. --Stegop (discussão) 15h35min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)
E isso por acaso mudaria se o prazo de 15 dias fosse até o final? O raciocínio seria o mesmo, pode aparecer 7 votantes nos últimos 10 minutos do 45º dia, ou dos 10 minutos do 30º dia, ou dos 10 minutos do 15º dia (se for AB). Se a pessoa não vota ela está se abstendo e deixando a comunidade decidir, e se a comunidade decidir que merece destaque a comunidade decidiu.
Se passou 30 dias, tem um apoio mínimo (q o Poly falou acima), e ninguém contra, se supõe q não há ninguém contra q não votou. Se tivesse teria votado quando apareceram os votos a favor. Não podemos fazer regras adivinhando o pensamento de quem não quis participar.
Rjclaudio msg 15h45min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)
Mudaria, sim. Uma coisa é eu saber que a votação X termina às tantas horas do dia Y e gerir o meu tempo para participar até lá. Outra completamente diferente é a votação terminar a qualquer hora. Isto não é grave nos AB's, pois não aparecem na PP nem são considerados o nosso melhor do melhor, mas pode ser grave nos AD's. Estou ciente que na maior parte dos casos tanto faz fechar antes ou depois, mas em muitas situações niguém se manifesta porque o proponente é daqueles que exige que se lhe aponte o mínimo detalhe no seu artigo bem pobrezinho e o crítico considera que tem mais que fazer do que, pela enésima vez, perder tempo em tentar explicar óbvio — essa é uma das causas principais para a falta de participação, daí que ache a sub-proposta do Poly pertinente. Eu posso não ter lido com a devida atenção a ponto de justificar o meu voto e por isso adiar a minha participação só para o caso de ser necessário. --Stegop (discussão) 16h10min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)
Retiro então a minha proposta, deixa para outra hora. Rjclaudio msg 16h25min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Então, de acordo com as novas sugestões, a proposta ficaria assim:

7. Período de votação: o período de votação para cada artigo é de 30 dias o período termina no mesmo horário que iniciou.

7.1. Em candidaturas onde houver participação baixa ou nula da comunidade, o tempo de votação poderá ser prorrogado por quinze (15) dias, desde que haja apenas votos favoráveis insuficientes para a eleição e um mínimo de três votos à favor na data de encerramento regular.

Está correto? Ficou muito confuso? Chronus (discussão) 21h45min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Além de confuso, há uma contradição: se são exigidos dois (três?) votos pelo menos, a participação não pode ser nula. Polyethylen (discussão) 21h48min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC) edit: Se, à data de encerramento, a proposta tiver três votos favoráveis e nenhuma oposição, poderá ser prorrogada 15 dias. Polyethylen (discussão) 21h50min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Já agora, isto levanta outra questão: o que fazer se uma EAD tiver, por exemplo, três votos para destaque e dois para AB? Os votos em AB são oposição ao destaque. Polyethylen (discussão) 21h52min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Voto para AB é oposição a destaque, não sendo correto q termine como AD, não sou contra a prorrogação e ao pé da letra após prorrogar só poderia ser AB mas acho q isso seria detalhar demais a regra (se o artigo teve melhorias e acharem q deve ser AD, que seja AD, não vamos deixar a regra impedir isso). Melhor só colocar 'oposição' no sentido de 'voto para artigo normal' e o voto a favor no sentido de voto AB + voto AD. Rjclaudio msg 21h55min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo com o Rj. Especificar ainda mais esse adendo à regra o deixaria ainda mais confuso. Chronus (discussão) 22h30min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Modelo final do adendo à regra 7:

Se, à data de encerramento, a proposta não tiver alcançado participação suficiente, ela poderá ser prorrogada por 15 dias desde que tenha ao menos dois votos favoráveis (para AD ou AB) e nenhuma oposição.

Alguma outra objeção? Chronus (discussão) 23h06min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Mas que tal se explicitássemos que os votos favoráveis são tanto para AD como para AB, por exemplo colocando entre parênteses "(para AD ou AB)"? Isto para evitar confusões como a que surgiu aqui sobre se os votos têm que ser apenas em AD. --Stegop (discussão) 23h55min de 18 de fevereiro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo! Sem problemas. Chronus (discussão) 00h01min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)
Fiz o acréscimo na proposta logo acima. Chronus (discussão) 00h15min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)
  • Um pouco tarde mas Symbol support vote.svg Concordo com a proposta, sem nada a acrescentar. --HVL disc. 00h51min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)

embora com certa hesitação, não concordo. acho que trinta dias é prazo mais do que suficiente, e falta de votantes, a rigor, não há. várias votações encerram com 10 votos ou mais, hipertensão arterial recebeu 14 votos até 29 de janeiro, isso que é temporada de férias no brasil, quando o povo se dispersa bastante. e o da igreja universal já tem 20 votos entre pró, bom e contra. os editores estão aí. certamente existem problemas que desestimulam a participação mais ativa, mas não creio que postergar as decisões sirva de grande remédio. penso que deveríamos antes estudar como enfrentar os comportamentos desestabilizadores e como reforçar o cumprimento das regras. mas, para isso, teríamos que resolver de uma vez por todas as contradições inerentes às nossas políticas, coisa que já venho dizendo há bastante tempo, mas que parece vai ficar para a próxima encarnação rsrs também pode ser que a escassa participação seja uma impressão enganosa. creio que muitos artigos não encontram mais votantes simplesmente porque são desinteressantes, ou são temas que não estão na moda, ou o potencial votante já os encontra com alguns votos negativos, acredita que é caso perdido e que não vale o esforço de ser analisado. Tetraktys (discussão) 06h05min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo 30 dias já é um prazo enorme de absurdo para se aprovar ou não um artigo. Sempre fui a favor de uma redução para 15 dias no total. Se nesse periodo não se conseguiu a aprovação, é que não é pra ser aprovado mesmo pois não despertou interesse. MachoCarioca oi 06h15min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)

(conflito de edição)

Sua lógica não se aplica à todos os casos, Tetra. Se há boa participação nas votações e se os artigos que não contam com votos são "desinteressantes" ou "casos perdidos", como me explica o exemplo mencionado no início dessa proposta? O artigo em questão cumpre os critérios estabelecidos, é de um tema popular e, mesmo assim, recebeu apenas três votos favoráveis dentro do prazo oficial de votação. Qual seria o grande problema então de criarmos uma possibilidade de, em casos como o que mencionei, dar uma oportunidade extra ao proponente e à comunidade de avaliar o verbete? Ademais, a regra que estamos propondo aqui não se aplica à todos os casos de baixa participação, mas sim aos que cumprirem certos critérios. O texto proposto fala por si. Qual a desvantagem em aplicar isso? Não entendi. Chronus (discussão) 06h17min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)

em resumo, acho que 30 dias bastaTetraktys (discussão) 07h30min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)

É isso? Sem argumentos? Acima eu escrevi o mesmo que nada? Chronus (discussão) 08h20min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)
Chronus, os meus argumentos eu já apresentei antes, e não pretendi que eles cobrissem todos os casos. o que eu me pergunto é por que um artigo tão perfeito assim como o que vc trouxe como exemplo não arrecadou votantes? me parece que deve haver outras razões além do simples tempo disponível, razões que recusamos considerar. e tem outra: não vejo motivo de criar exceções para artigos que aparentam ser promissores. me parece um favoritismo pouco justificável. a justiça estaria, em minha opinião, em conceder a todos a mesma chance, e não dar uma empurrada em quem está no meio do caminho mas nada garante que vai chegar à meta. deveríamos empurrar todos por igual, então, pois se outros estão com menos sucesso aparente, com mais 15 dias poderiam reverter a tendência e acabar bem. e além disso, se ele fracassa em uma votação pode trinfar em uma seguinte. se vamos dar mais 15 dias para eles, por que não damos mais 30 em uma nova votação seguindo as regras que já temos e que são mais do que razoáveis? Tetraktys (discussão) 02h40min de 20 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo plenamente, sega ser ridículo a falta de alguns votantes para que EADs sejam promovidos ou não. Isso poderá melhorar o tempo para uma página poder ser avaliada. --Zoldyick (discussão) 23h07min de 19 de fevereiro de 2013 (UTC)

Mudando de opinião, eu prefiro remover o 'após modificações significativas' para recandidatar artigos que estão nessa situação, ao invés de prolongar a EAD aberta. Não vejo problema no artigo esperar um pouco a mais para depois voltar para EAD e ficar 30 dias de novo pra votação. Tempo por tempo, daqui a pouco vão achar que 45 dias é pouco e vão pedir 60, e depois qnd verem que há casos que não é suficiente vão pedir para ficar aberto até ter o apoio necessário. Rjclaudio msg 02h46min de 20 de fevereiro de 2013 (UTC)

Errrr, isso não é o mesmo que praticamente aumentar indefinidamente o tempo? E não vai servir para ter sempre os mesmos artigos eternamente recusados a entupir a lista em virtude dos proponentes simplesmente "atirarem o barro à parede" a ver se numa das vezes cole? Retirando essa regra, passaríamos a ter propostas abertas 300 dias. Ou 600. Ou mais. Sem controlo. Polyethylen (discussão) 02h51min de 20 de fevereiro de 2013 (UTC)
A EAD continuaria com o prazo de 30 dias. A diferença é q pra recandidatar não precisaria ter 'modificações significativas' já q ninguém falou q precisava de modificação e há usuários que acham que não precisa. Isso me lembra a proposta de ampliar o tempo entre uma candidatura e outra após uma segunda EAD falha, isso tb incentivaria a não se criar EADs o tempo todo (qnt mais criasse, mais tempo ia demorar para fazer uma nova EAD daquele artigo). Rjclaudio msg 02h58min de 20 de fevereiro de 2013 (UTC)
Continuaria com 30 dias, mas o que acontece na prática são candidaturas contínuas, que de 30 em 30 dias simplesmente sofrem um reset nos votos, já que podem ser recandidatadas no minuto seguinte a expirarem. Polyethylen (discussão) 03h04min de 20 de fevereiro de 2013 (UTC)

(conflito de edição)

Se é para alterar o objetivo dessa proposta, o melhor seria criar outra. A propósito, vou pedir ao Biólogo para que cancele o estatuto de destaque do artigo Premier League, afinal, de acordo com as regras atuais, ele não "merece" o destaque. Chronus (discussão) 03h07min de 20 de fevereiro de 2013 (UTC)

pois é. acho que a remoção da exigência de modificação significativa para uma segunda proposição pode ser uma boa ideia, mas só se estabelecermos junto essa ampliação no prazo para a terceira candidatura, e subsequentes, para evitar o possível problema lembrado pelo Polyethylen. Tetraktys (discussão) 03h09min de 20 de fevereiro de 2013 (UTC)

Gostaria de acrescentar mais três exemplos a discussão:

Todos casos que mereciam receber o estatuto, apenas houve pouca participação. Devemos sempre lembrar que alguns assuntos tem mais apelo que outros, e esta proposta poderia impedir que alguns artigos fossem prejudicados por falta de interesse. Cainamarques 18h10min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)

Como fica essa proposta então? Nessa EAD, que falta somente três dias para ser encerrada (aproveitando, se quiserem participar, fica o convite), somente cinco usuários votaram, dois contra logo no começo da votação. Depois disso fiz profundas mudanças no artigo, que se tornou praticamente novo. Notifiquei os dois usuários que votaram contra (várias vezes), mas não obtive resposta. Por isso, acho que votações devem ser prorrogadas sim, mas devem ser analisadas caso a caso. Neste, por exemplo, não seria justo, na minha opinião (se a regra da prorrogação estivesse valendo) que a votação fosse encerrada, mesmo com as mudanças constantes para solucionar os problemas. WOtP What? 19h33min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)
De acordo com as regras da EAD, você tem o direito de anular os votos desses usuários se eles não derem uma resposta dois dias depois das notificações que você deu e se os problemas apontados por eles foram resolvidos, WOtP. Chronus (discussão) 19h37min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)
Aqui não é o local indicado para tirar dúvidas de edição ou das regras. Estamos a discutir uma proposta. Mas já que sou um dos visados, quem achar que isto é abuso do espaço da proposta que compacte tudo.
As pessoas votam o artigo que é proposto na data em que é proposto. Votar dá trabalho, pelo menos para aqueles que lêem integralmente o artigo. O proponente não pode estar à espera de, durante a fase de votação, reformular por completo o artigo e estar à espera que em 48 horas as pessoas tenham a obrigação de ler todo um novo artigo minuciosamente em modo de revisão. É inconcebível. Uma coisa é sanar os problemas apontados, avisar e invalidar quando não há resposta. Outra coisa é modificar completamente um texto. Para ler é preciso tempo, daí as propostas estarem abertas trinta dias. Se determinado texto só está proposto uma ou duas semanas, a irregularidade tem origem aí. O que deveria ter sido feito era o cancelamento da votação, seguido pela reformulação do artigo, seguido por nova proposta de um texto que é completamente diferente. Polyethylen (discussão) 19h59min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)
Tudo bem, você não é obrigado a avaliar o artigo, eu entendo. Talvez tenha sido um pouco errado da minha parte ter reformulado o texto no meio da votação, mesmo, mas frente às críticas que me fizeram, era o mínimo que podia fazer. Então deixei a votação aberta para ver a opinião de outros usuários. Além disso, quando concluí as mudanças, ainda restavam algumas semanas antes do fim da votação. Mas enfim, agora não vai adiantar mais, a votação está acabando mesmo e o que me interessa agora é essa proposta de prorrogar o tempo de votação. Percebi aqui que os artigos relacionados certos temas, como ciência, não são tão julgados quanto os demais. Por isso, prorrogar o prazo seria muito importante para que, quem sabe, esses artigos tivessem mais avaliações. Concluindo, eu Symbol support vote.svg Concordo com a proposta, desde que cada caso seja analisado. WOtP What? 20h16min de 27 de fevereiro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo, em principio 15 dias são suficientes. Ninux2000 (discussão) 22h01min de 2 de março de 2013 (UTC)

Dúvida[editar | editar código-fonte]

Por falta de atenção minha, acabei candidatando este artigo para destaque, mesmo eu não sendo um autorrevisor (mereço um tapas por isso). Queria saber se teria como a candidatura do artigo ser validada. Obrigado desde já. Pedrohoneto (discussão) 21h44min de 2 de março de 2013 (UTC)

Só precisa que algum autorrevisor dê um ok, aí é como se esse autorrevisor que estivesse propondo o artigo para destaque. Mas passando um tempo (1 semana? não sei) se ninguém se dispor, deve ser cancelada. Rjclaudio msg 22h00min de 2 de março de 2013 (UTC)
Bem, se é assim, o jeito é continuar esperando e torcer que alguém faça esse favor para mim. Obrigado pela informação. Pedrohoneto (discussão) 22h32min de 2 de março de 2013 (UTC)

Contagem automática de votos[editar | editar código-fonte]

Desenvolvi um módulo (o Module:ECD) que faz a contagem automática dos votos, e fiz as modificaões necessárias nas predefinições {{EAD/Link}} e {{EAB/Link}}. Além de contar os votos ele verifica os prazos de 30 e 15 dias e indica o resultado da votação de acordo com as regras para aprovação de candidatura, quando isso acontece o indicador de votos muda de cor. Se verificarem qualquer erro no módulo por favor reportem. Danilo.mac(discussão) 17h09min de 14 de março de 2013 (UTC)

o resultado visual não ficou bom. agora o quadro ficou enorme, com vastos espaços em branco em torno dos títulos, enquanto que a coluna das datas ficou congestionada verticalmente. este problema se corrige quando amplia-se a largura da janela, mas acho que devemos pensar em um formato flexível que se adapte a várias configurações de tela, especialmente considerando que os critérios para destaque apresentam como largura padrão 1024px.Tetraktys (discussão) 17h20min de 14 de março de 2013 (UTC)
Possível fazer uma contagem automática na própria EAD? Possível tb usar subst com esse módulo? Aí para encerrar as EADs bastaria colocar {subst:EAD-fim} e pronto, já calculava os votos e o resultado.
Aí depois, adaptar o script de encerramento das PEs para ler a página depois de aplicar o {subst:EAd-fim} e editar as páginas relacionadas. Ficaria tão simples encerrar uma EAD assim. Rjclaudio msg 17h27min de 14 de março de 2013 (UTC)
Corrigi o problema visual, tinha esquecido de colocar um código equivalente ao {{nowrap}} no prazo, agora está normal. Provavelmente dá sim para usar módulo para fechar EADs e PEs. Danilo.mac(discussão) 20h46min de 14 de março de 2013 (UTC)

perfeito, problema resolvido. adorei as novas cores, bom trabalho! Tetraktys (discussão) 21h46min de 14 de março de 2013 (UTC)

Sobre o encerramento automático, não foi possível implementar pois o módulo é processado depois do processamento das predefinições, então um subst ou qualquer predefinição que seja retornada pelo módulo será exibida como se estivesse dentro de um nowiki e só será tratado como predefinição ao se salvar uma segunda vez. O encerramento automático funcionaria salvando duas vezes, mas essa não me parece ser uma boa prática. Danilo.mac(discussão) 01h07min de 16 de março de 2013 (UTC)

no segundo quadro da linha do artigo Muay thai aparece "erro de script". também não estou vendo cores a não ser em um quadro Tetraktys (discussão) 15h06min de 19 de março de 2013 (UTC)

Corrigi o "erro de script", na verdade o erro estava na página, alguém tinha tirado a seção de voto para artigo normal. Já as cores, elas apareciam antes porque eu tinha programado errado as regras no módulo, depois que corrigi elas não apareceram mais porque minha ideia era apenas indicar as votações concluídas. Mas modifiquei agora para exibir as cores antes do encerramento do prazo. Danilo.mac(discussão) 17h36min de 19 de março de 2013 (UTC)
Pras candidaturas a artigo bom, tem como avaliar se o quinto voto a favor foi dado no prazo de 15 dias e q não há nenhum voto contra, e mostrar que a EAD já pode ser encerrada? Rjclaudio msg 18h07min de 19 de março de 2013 (UTC)
Eu estava pensando nisso também, acho que dá. Danilo.mac(discussão) 18h18min de 19 de março de 2013 (UTC)

Eliminação de votos[editar | editar código-fonte]

A eliminação de votos feita de última hora pelo usuário Vitor Mazuco D​ C​ E para alterar o resultado dessa votação é válida? Chronus (discussão) 00h50min de 17 de março de 2013 (UTC)

Comparando: Voto do Vitor Mazuco D​ C​ E foi às 19h09min de 16 de março de 2013 (UTC) e o prazo de votação era até às 00h55min de 16 de março de 2013 (UTC)... Então, não. Guilherme Kath s2 00h55min de 17 de março de 2013 (UTC)
PS: Com 16 votos a favor, 1 voto a favor de bom e 4 contra, fica 76%, então, o resultado não foi alterado. Guilherme Kath s2 01h01min de 17 de março de 2013 (UTC)
À hora do fecho da votação [1]], havia 16 votos para AD, 1 para AB e 8 contra, o que dá 64% para AD e 68% para AB. Mesmo abrindo uma exceção para a auto-anulação do voto do Rena, que ocorreu quase uma hora depois, continua a não ser nem AD (66,7%) nem para AB (70,8%). --Stegop (discussão) 01h10min de 17 de março de 2013 (UTC)
Então suponho que a eleição desse verbete ao destaque possa ser cancelada, correto? Chronus (discussão) 01h39min de 17 de março de 2013 (UTC)

Artigo destacado

Alguém poderia explicar o que ocorre aqui? Este artigo [2] foi "destacado", após vários votos serem aleatoriamente anulados com a explicação de "não respondeu após dois dias". Uns votantes parece que nem consultados foram, pois seus votos contra continuam lá, intocados, e dados há mais de um mês. Anulação seletiva? A anulação foi feita pelo proprio proponente do artigo que também arquivou a votação. Sem a anulação destes votos o artigo não seria destacado. O que acontece? MachoCarioca oi 01h09min de 17 de março de 2013 (UTC)

Estão mexendo lá, o Poly mudou a tag, parece q fraudaram a votação, pela aba. MachoCarioca oi 01h14min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • É ainda pior do que parece à primeira vista, pois os votos foram anulados depois da hora de fecho da votação. Veja-se a versão dela a essa hora: [3]]. Havia 16 votos para AD, 1 para AB e 8 contra, o que dá 64% para AD e 68% para AB. Mesmo abrindo uma exceção para a auto-anulação do voto do Rena, que ocorreu quase uma hora depois, continua a não ser nem AD (66,7%) nem para AB (70,8%). Old habits (de colocar o gosto pessoal à frente de tudo) die hard. --Stegop (discussão) 01h15min de 17 de março de 2013 (UTC)
Em termos simples: fraude em massa na votação.
-votos fora do prazo;
-anulação de votos em massa com base em critérios subjectivos (votante refere que o artigo está parcial, proponente chega à página de discussão, diz que "não está" e anula voto sem que o outro se tenha pronunciado);
-mesmo que fossem anulados com critérios objectivos, não foi respeitado o prazo das 48 horas. Aliás, a votação já tinha encerrado antes de passarem as 48 horas;
Saliente-se, é a terceira vez que o proponente faz o mesmo só este ano. Polyethylen (discussão) 01h16min de 17 de março de 2013 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário Sendo confirmado sua argumentação, deve-se pedir imediatamente o bloqueio do Vitor Mazuco (candidato a Administrador, não se esqueçam, com o apoio de vários próceres) por fraude em documentação publica da Wiki, igual ao Bad Boy, correto? MachoCarioca oi 01h18min de 17 de março de 2013 (UTC)

Não sei. Já este ano se pediu duas vezes e foi sempre renunciado com base no "pode ser que não repita no futuro", apesar do utilizador em questão já ter um bloqueio por fraude em PE em 2009... Polyethylen (discussão) 01h21min de 17 de março de 2013 (UTC)

"Para que haja a anulação, o interessado deverá avisar o votante para que reavalie o artigo depois de feitos os ajustes, ou apontados os defeitos que contrariem seu voto. Então, se em dois dias (48 horas) o proponente da anulação não obtiver uma resposta, o voto poderá ser anulado." Todos os usuários que risquei fui até ele pra que dêem suas respostas. Mas não obtive.

E sobre o tempo vide "Quando, nos últimos dois dias de uma votação, for proposta a anulação de um voto, na forma do item 4.4.1, a votação poderá ser prorrogada, a fim de que se permita ao autor do voto passível de anulação, se manifestar sobre a mesma."

Não há nada de errado e não fui eu que fechou a votação. Vitor MazucoMsg 01h21min de 17 de março de 2013 (UTC)

Todos eles foram avisados em 13 de março de 2013 Dei mais do que 2 dias de prazo, como assim manda as regras. Vitor MazucoMsg 01h25min de 17 de março de 2013 (UTC)

As regras que citou são válidas para critérios objectivos. Por exemplo, para quando se refere que determinado trecho não tem fonte e é acrescentada fonte. Você está farto de saber isto, não tente atirar areia para os olhos dos outros. Além disso, você não prorrogou nenhuma votação "para dar oportunidade ao votante" de se manifestar. Anulou e pediu a alguém para encerrar. Polyethylen (discussão) 01h26min de 17 de março de 2013 (UTC)

Não necessariamente, eu posso ter corrigido as fontes, mas se eles não me darem uma resposta sobre isso, pode ser anulado, não basta votar contra e abandonar a votação, é necessário acompanhar a votação e ver as modificações ao longo do tempo, como o Zé fez. Vitor MazucoMsg 01h29min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • E o que aconteceu com os outros contra que lá estão? Pq tbém não foram anulados? Te responderam? Tem diffs pra resposta? Pq uns e não outros? Está confuso isso aí ... MachoCarioca oi 01h26min de 17 de março de 2013 (UTC)

Não pedi a reavaliação deles, simples. Nas regras diz que eu tenho que ir até eles e pedir, se eu não pedi não posso anular. Vitor MazucoMsg 01h27min de 17 de março de 2013 (UTC)

"Para que haja a anulação, o interessado deverá avisar o votante para que reavalie o artigo depois de feitos os ajustes" eu tenho que avisar, se não avisar, não tem como anular. Já era pra saber disso antes de abrir esse tópico. Vai deixar a comunidade perdendo tempo nisso. Vitor MazucoMsg 01h32min de 17 de março de 2013 (UTC)

Qual é a parte de "votos baseados em critérios objectivos" que não percebe? Polyethylen (discussão) 01h36min de 17 de março de 2013 (UTC)
  • Eu já havia revertido o usuário em questão na mesma votação eliminando os votos dos editores sem quaisquer avisos [4]. No entanto, a nova eliminação de votos parece-me de má fé já que após a minha reversão citada acima o usuário avisou todos que votaram contra deixando, porntanto, para riscar os votos horas antes do termino da votação. Além do mais, como já foi dito pelo Poly acima: "anulação de votos em massa com base em critérios subjectivos (votante refere que o artigo está parcial, proponente chega à página de discussão, diz que "não está" e anula voto sem que o outro se tenha pronunciado);" a anulação não faz sentido. --Caverna06 (discussão) 01h37min de 17 de março de 2013 (UTC)

(conflito) Citação: Polyethylen escreveu: «votante refere que o artigo está parcial, proponente chega à página de discussão, diz que "não está" e anula voto sem que o outro se tenha pronunciado» Não, eu não disse que "não está", e sim "Peço que dê mais uma reavaliada no artigo IURD, fiz várias modificações. Aguardo seu comentário." como podem ver aqui, aqui e aqui outros riscaram por conta própria, ou seja admitiram que o artigo mudou, e melhorou. Do resto, nem digo nada. Vitor MazucoMsg 01h40min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • Vitor, pq pediu a reavaliação de uns e não a de outros? Pq pediu a de editores menos conhecidos, como Amaralio e Diego, e não pediu a de mais conhecidos (como Poly, Tetra e Observatore)? Q, claro, iam criar um grande caso com vc se anulasse os votos deles? Pq os votos desses ultimos não deviam tbem ser reavaliados, só os dos primeiros? MachoCarioca oi 01h42min de 17 de março de 2013 (UTC)

Não está nas regras que devo obrigatoriamente pedir a todos, nem a alguns. Então, aonde está o problema nisso? Querem alterar algo encerrado por causa disso? Além de coisas não verídicas que o Poly disse, e que eu provei acima, eu não disse. Vitor MazucoMsg 01h45min de 17 de março de 2013 (UTC)

Pq os 8 votos contrarios ao destaque no horario do fechamento viraram 4 depois do horario de fechamento? MachoCarioca oi 01h48min de 17 de março de 2013 (UTC)

Nas regras, podem ser prorrogados após o final da votação, como mostrado ali em cima. Está nas regras MC, leia as regras e não opiniões de outros usuários. Vitor MazucoMsg 01h51min de 17 de março de 2013 (UTC)

Eliminação fora do prazo e feita de forma ilegal para alterar o resultado real da votação. O artigo não foi eleito. Chronus (discussão) 01h50min de 17 de março de 2013 (UTC)

Heitor, vc está entrando em controvérsia com as regras "Quando, nos últimos dois dias de uma votação, for proposta a anulação de um voto, na forma do item 4.4.1, a votação poderá ser prorrogada, a fim de que se permita ao autor do voto passível de anulação, se manifestar sobre a mesma".

Ou seja fora do prazo pode ser anulados. Vitor MazucoMsg 01h53min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • Se o Vitor fez várias modificações no artigo após estes usuários votarem contra, eles deveriam no mínimo se pronunciarem sobre a nova versão do artigo, senão, parece que quem está agindo de má fé aqui são os que votaram contra, ao invés de votar pelo estado do artigo, parecem que votaram contra por não gostar da entidade religiosa em questão, afinal se nem falar do artigo quiseram, se estivessem interessados na qualidade dos artigos da Wikipédia poderiam até mesmo contribuir com o artigo.--Luizdl (discussão) 01h50min de 17 de março de 2013 (UTC)
  • A pergunta crucial continua sem resposta: desde quando as justificações dos votos anulados são baseados em critérios subjetivos? É que só nesses casos é que se aplica o prazo de 48 horas. Quanto a só ter contactado aqueles editores, é óbvio... Porque outra razão estaria sem mexer no artigo duas semanas e ir fazê-lo em cima do prazo? --Stegop (discussão) 01h53min de 17 de março de 2013 (UTC)

Na verdade mexi o tempo todo, o mês inteiro. No final foi melhor pq o Zé me ajudou nisso. Vitor MazucoMsg 01h59min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • Vitor, vc acabou de escrever o seguinte, na aba em que reverteu outro editor, que invalidou a sua tag de artigo destacado: "nada foi decidido alí, esperar o final da discussão"

A discussão é essa aqui. Se não acabou, creio ser melhor deixar a votação aberta, sem qualquer tag. É assim que se discute as coisas. MachoCarioca oi 01h55min de 17 de março de 2013 (UTC)

Não necessariamente, não fui eu quem o fechou. Ou seja é melhor esperar aqui pra depois ver no que vai dar. Vitor MazucoMsg 01h59min de 17 de março de 2013 (UTC)

Mas é vc quem o mantém fechado. Se não foi vc que fechou, abstenha-se de fechá-lo novamente. Não se meta na briga. Como vc q o fez, fique só no muro olhando. MachoCarioca oi 02h06min de 17 de março de 2013 (UTC)

Só que o problema que vcs estão ignorado as regras, dizendo mentiras ao meu respeito, no qual foi desmentido alí em cima e agora não tem mais o que dizer. Esse é o problema. Vitor MazucoMsg 02h07min de 17 de março de 2013 (UTC)

Eu não sabia dessa discussão, então deixei o seguinte recado na página do Vitor: Citação: Vitor, porque você anulou o meu voto? O aviso que você deu-me foi às 01h30min de 14 de março e o fim da votação era às 00h55min de 16 de março. Ou seja, não passaram-se 48 horas. Infelizmente não tive tempo para reavaliar o artigo. Sds! Diegoftq2 (discussão) 02h08min de 17 de março de 2013 (UTC)

Parece que não, Vitor. Segundo o Diego aí em cima, parece que não tem ninguém mentindo aqui qdo sente o cheiro de fraude nisso aí .... MachoCarioca oi 02h13min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • Citação: Vitor Mazuco escreveu: «Na verdade mexi o tempo todo, o mês inteiro» Ai é? Então temos que reportar um erro do Mediawiki, porque segundo o histórico não houve alterações entre 27-fev e 12-mar. E depois nós é que somos os mentirosos... E continua a não responder de que forma é que as justificações dos votos anulados se enquadram no ponto 4. --Stegop (discussão) 02h12min de 17 de março de 2013 (UTC)

De WP:EAD: Quando um voto tem como justificação um item objetivo e não subjetivo, este deve ser anulado caso o problema seja resolvido. Por exemplo: se alguém vota contra um artigo ser considerado "destacado" ou "bom" por não ter referências e no prazo de votação todas as referências foram colocadas, esse voto deixa de ter sentido, podendo ser anulado. O mesmo ocorre nos casos de votos a favor. Para que haja a anulação, o interessado deverá avisar o votante para que reavalie o artigo depois de feitos os ajustes, ou apontados os defeitos que contrariem seu voto. Então, se em dois dias (48 horas) o proponente da anulação não obtiver uma resposta, o voto poderá ser anulado.

A justificativa do Diego: " Com os demais, ainda considero o artigo controverso e parcial." Isso é uma justificativa subjetiva e não objetiva. Foi anulada como sendo objetiva.

Magno e Amarálio: duas justificativas discursivas, totalmente subjetivas. Nenhuma delas é uma justicativa objetiva, tipo, não tem referencias ou não está wikificado, ou falta corrigir desambigiuações.. E vc as anulou assim mesmo, contrariando a regra que fala da diferença entre item objetivo e subjetivo. (a mesma regra que vc me mandou ler e eu fui ler) Vc anulou três votos contrários ao destaque, que impediriam que o verbete fosse destacado. Vc fraudou a votação, Vitor. MachoCarioca oi 02h20min de 17 de março de 2013 (UTC)

Negativo, eu tenho que ter repostas das mudanças que fiz no artigo. Se eu não obtive respostas e se o usuário abandonou a votação, pode ser anulado. Eu fiz parte da criação dessas regras, depois foi modificado pelo Maddox. Vitor MazucoMsg 02h28min de 17 de março de 2013 (UTC)

E é objetivo, ele diz que está parcial por causa das fontes, eu fiz as melhorias, mas não obtive respostas dele se ainda está parcial ou não, entendeu? Vitor MazucoMsg 02h32min de 17 de março de 2013 (UTC)

Citação: Mazuco escreveu: «Eu tenho q ter respostas para as mudanças que fiz neste artigo. Se eu não obtive respostas e se o usuário abandonou a votação, pode ser anulado. »

Até compreendo seu ponto, é chato mesmo. Mas essa regra é sua, não é de EAD. Não existe lá no texto. Lá, é explicito sobre objetividade e subjetividade e não sobre as respostas que o proponente deseja, lhe permitindo anular votos se não as tiver. O resto é conversa mole para defender o indefensável. Houve uma fraude e isso precisa ser punido. Sds MachoCarioca oi 02h36min de 17 de março de 2013 (UTC)

Fraude não, isso ai não foi provado. Vitor MazucoMsg 02h38min de 17 de março de 2013 (UTC)

Problema nas fontes é objetivo, pois são as fontes que são os problemas e não o artigo necessariamente, ou seja está bem objetivo no que deveria fazer. Vitor MazucoMsg 02h42min de 17 de março de 2013 (UTC)

Não existe motivos alguns para fazer o que o proponente fez. A declaração de que as anulações de alguns votos contra foram devidamente efectuadas é falsa. Se as alterações consumadas correspondem à criticas anunciadas pelos votantes, pondo inclusive em causa a validade dos votos contrários, é absolutamente subjectivo e absurdo. Não passa de uma opinião do Vitor. O prazo das tais 48h não foi respeitado. Mesmo que desintencionado, acho que é mais do que evidente a falta de consideração que o proponente teve para com os participantes da votação. Um artigo é levado a destaque pelos votos da comunidade e não pelo atrevimento do proponente que o candidata. Kenchikka (discussão) 03h27min de 17 de março de 2013 (UTC)

Houve sim abuso e deturpação das regras (algumas inexistentes) pelo usuário Mazuco na votação do artigo IURD para o destaque, através de repetidas eliminações de votos válidos fora do prazo oficial, sem qualquer justificativa plausível ou desrespeitando as regras da WP:EAD, além do assédio moral imposto aos votantes contrários ao destaque do verbete. Ademais, houve abuso da ferramenta de reversão de forma escrachada. Devido a gravidade do ocorrido, acredito que uma punição ao referido usuário seja um caminho inevitável. Chronus (discussão) 07h42min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • Concordo com os dois acima. Salles Nt 14h00min de 17 de março de 2013 (UTC)

O Mazuco já passou dos limites. é muita cara de pau. devia perder todos os seus privilégios. Tetraktys (discussão) 15h14min de 17 de março de 2013 (UTC)

  • Esta discussão já deu o que tinha que dar tal a obviedade da fraude cometida e pela unanimidade da gritaria geral. O artigo já foi 'desestacado', o editor perdeu seu estatuto de reversor, mas este pedido continua mofando sem ser respondido desde o dia 17.[5]. MachoCarioca oi 07h33min de 23 de março de 2013 (UTC)

Discussão de bloqueio em Wikipédia:Pedidos a administradores/Discussão de bloqueio/Vitor Mazuco/3. Polyethylen (discussão) 11h48min de 29 de maio de 2013 (UTC)

Mudança no sistema de escolha de ADs e ABs

Desde que eu participo ativamente da Wikipédia eu me lembro de um problema que já existe há tempos, o sistema de escolha de EADs. Seja ele por falta de votos, falta de opiniões ou votações controvérsias (como anulação de votos, por exemplo). Eu já havia pensado em soluções para esses problemas desde o ano passado, mas nunca fiz uma proposta formalmente. O Tiago Abreu D​ C​ E havia dito algo do tipo após eu conversar com ele fora da wiki pra saber o que ele achava à respeito. Mas não houve uma decisão formal e por isso estou abrindo essa proposta. A princípio, seria criado o Grupo de avaliação de EAD/ABs (acredito que pode haver um outro nome para este grupo) e o atual processo seria mudado de votação para consenso. Abaixo listei como é feito na Wikipédia em espanhol e como seria feito na Wikipédia em português (sugestões são bem-vindas):

Administradores de Candidaturas a Artículo Destacado
São administradores da Wikipédia em espanhol que fecham os pedidos de EAD/ABs. A opinião deles não vale mais do que a dos outros, eles apenas fecham uma proposta quando o prazo de debate expira ou quando a discussão fica inativa. São 5 administradores-membros eleitos por votação anual (2012, 2011, 2010, 2009). Ser membro do grupo não significa ter algum "estatuto".
Proposta para a ptwiki
Criação do Grupo de avaliação, mudando assim o formato de votação para consenso. Ele tem certas diferenças em relação à eswiki:
  • Não será preciso ser administrador pra fazer parte do grupo;
  • Pra ser candidato é preciso ser autorrevisor;
  • Não haveria um prazo limite pra ser membro, sendo prolongado toda vez que a comunidade quiser;
  • Seriam 5 membros escolhidos por eleição anual;
  • A escolha seria semelhante a antiga escolha de burocratas: 5 escolhidos e 3 suplentes;
  • Não será vinculado algum estatuto;
  • A atuação do grupo será parecida com o da Wikipédia em espanhol, ou seja, seria uma escolha por consenso na qual um membro do grupo verificaria se existe ou não um consenso, fechando assim a proposta. Nesse sentido a atuação deles seria parecida com as dos eliminadores e administradores nas PEs/ECs;
  • Se algum membro do grupo de avaliação abrisse uma proposta de destaque, esse não poderia fechá-la.

Como eu não tenho uma grande experiência em EADs nem ABs, gostaria de ouvir outras opiniões. Abri essa proposta porque acredito que o sistema proposto seria melhor do que o atual. Érico Wouters msg 19h13min de 17 de março de 2013 (UTC)

Discutido levemente (em meio a outras opções) em janeiro em Wikipédia Discussão:Escolha do artigo em destaque#Como resolver a falta de votantes?, e não parece ter tido apoio, com alguns preferindo a ideia do processo de revisão por consenso antes de ter a EAD por votação (discutida aqui). Rjclaudio msg 19h25min de 17 de março de 2013 (UTC)

Há uma coisa óbvia e muito mais simples de implementar para resolver alguns dos problemas. A anulação de votos e encerramento de escolhas não poder ser feita por proponentes e principais editores (e talvez outros participantes nas escolhas, embora isso possa trazer o problema de não sobrar ninguém para fechar). GoEThe (discussão) 20h02min de 17 de março de 2013 (UTC)
Sobre o encerramento, acho que já foi discutido isso, não? Qnd teve problemas de encerramento de anexo destacado. E a decisão, creio eu, foi do proponente não poder fechar (se não foi consenso, foi perto disso). Rjclaudio msg 20h16min de 17 de março de 2013 (UTC)

Symbol comment vote.svg Comentário O proponente de um AD fechar a votação do próprio artigo que colocou em votação me parece uma questão condenada pela ética, ter que "regrar comportamento ético" é o fim do mundo. Quanto ao proponente anular votos, considero justo, desde que seguindo as regras estabelecidas. Qualquer coisa diferente disso é fraude, como a cometida ontem. Ele é o maior interessado, o que mais se empenhou ali, tem o direito de cobrar que os votos tenham justificativa legítima de acordo com o estabelecido na politica. Não vejo problema nisso não, o problema é a anulação fraudulenta. (e, claro, a falsificação de votos) Se ele observar as regras e os prazos todos direitinhos, não vejo problema em que anule. Deve, a meu ver, apenas quando anular, deixar a justificativa para o ato, com todos os links e explicações necessárias na aba de comentários. O meu conselho é que, no caso de serem mandados os tais avisos de 48 horas para editores que foram contrarios por questões objetivas e pontuais já corrigidas, isso seja feito no máximo 72 horas antes do encerramento, para evitar confusão de anulações fora do tempo determinado da votação. Fechar tudo deve ficar a cargo de outro editor. MachoCarioca oi 21h37min de 17 de março de 2013 (UTC)

O proponente pode cobrar, mas ser outro a anular. GoEThe (discussão) 22h07min de 17 de março de 2013 (UTC)

Não vão anular, a não ser depois da votação fechada. Só quem realmente vigia é o proponente. Não vejo problema nisso, é uma questão prática, desde que cumprida a regra e anulação justificada na propria pagina. Qto menos burô melhor. MachoCarioca oi 22h16min de 17 de março de 2013 (UTC).

Eu vejo um grande problema, proponentes têm toda a "vantagem" ao maximizar o número de votos contrários anulados, enquanto que outros editores não terão. GoEThe (discussão) 22h21min de 17 de março de 2013 (UTC)

Dois comentários para já, mais tarde comento em detalhe:

  • Não vejo qualquer problema no próprio proponente anular votos, desde que o faça de acordo com as regras. O problema que ocorreu este fim de semana não teve a ver com o facto de ser ou não o proponente a anular, teve sim a ver com o facto de o ter feito completamente fora das regras. No entanto, pela incúria de uma única mação podre não podem pagar todos os outros. Este recurso da anulação é relativamente usado e nunca houve problemas com a esmagadora maioria dos proponentes. Aliás, só o próprio proponente, que é normalmente quem trabalha no artigo, é que sabe quem avisou e quando é que notificou outras pessoas, sendo indispensável que seja ele a gerir o processo. Quando há trapaças, são fáceis de identificar, tal como o foi ontem.
  • Sobre a proposta, eu percebo a intenção, mas a wiki espanhola foi um péssimo exemplo para começar a discussão. Os destacados espanhóis têm variações imensas em termos de qualidade, desde o bom até ao péssimo e há destacados lá que aqui na pt.wiki nunca teriam qualquer hipótese de serem promovidos, apesar de termos muito menos editores que eles. Isto significa que há qualquer coisa lá que não está a funcionar bem, e são promovidos textos completamente medíocres e sem qualquer estrutura lógica. Polyethylen (discussão) 00h58min de 18 de março de 2013 (UTC)
  • A ideia é boa, mas para funcionar precisa de 2 coisas. Primeiro, critérios para detectar consenso: assim como na WP:EC existem WP:APDE e WP:AEDE, é preciso ter um guia parecido, um "argumentos pertinentes" e um "argumentos a evitar" em EAD e EAB. Depois, critérios de escolha mais objetivos. É preciso ter uma página que diga assim: Regras para ser pelo o menos artigo bom: X; além destas, regras para ser artigo destacado: Y; de modo que mostre o que exatamente diferencia um destacado de um bom. Existem Wikipédia:O que é um artigo bom?#Critérios e Wikipédia:O que é um artigo em destaque?#Critérios, isso ta muito repetitivo, por isso as duas páginas deveriam ser fundidas, porque se não, mesmo que o artigo esteja muito bem escrito, vai ser difícil dizer se ele merece ser "bom" ou "destacado", já que os critérios de diferenciação entre um e outro não são claros.

Por exemplo em Wikipédia:O que é um artigo bom?#Diferenças (que compara as diferenças entre destacados e bons) "Artigos destacados são nosso melhor trabalho; bons artigos são simplesmente satisfatórios. Um bom artigo deve ser suficientemente bem escrito; um artigo destacado deve ser profissionalmente bem escrito." O que é "bem escrito" e o que é "profissional"? Depende de cada um. Na EC argumentos assim seriam ACHO. Mas tem coisa pior: "Um bom artigo não precisa seguir todos os itens do livro de estilo, apesar de seguir seus itens mais importantes." Quais são os itens mais importantes? Como definir isso? "Um artigo em destaque precisa ser completo, um bom artigo precisa ser amplo. Ser completo requer que todos os pontos principais sejam elaborados e detalhados; ser amplo requer simplesmente a cobertura destes principais pontos." De novo, como se define isso na prática? "Bons artigos não necessitam obrigatoriamente de imagens, embora seja aconselhável." Esse é o pior de todos pq contradiz os critérios na seção acima Citação: Ilustração: O artigo deve possuir imagens livres, legendadas e relacionadas com o assunto abordado.Caso não haja possibilidade de se ilustrar o artigo sob licença livre, excepcionalmente, poderão ser utilizadas imagens sob a política de conteúdo restrito. Exceções para a não ilustração serão abertas para os mesmos casos dos artigos destacados. O próprio texto não se define se o artigo bom tem que ter imagens ou não.

Tenho tendência a apoiar a proposta, mas só talvez apoie depois de tudo isto ser resolvido. Se a eliminação por consenso tem confusão com critérios mais claros, imagina a EAD. Também acho que a escolha da EAD e EAB devem ser todas numa página só, o decorrer da discussão é que vai decidir se o artigo é destacado ou bom, independente de para que o proponente lançar a candidatura. Mar França (discussão) 02h45min de 18 de março de 2013 (UTC)

Dito de outra maneira: toda a gente, durante anos e várias centenas de votações, entendeu perfeitamente os critérios e nunca houve problema de maior. Mas usuário que nunca lá meteu os pés (aliás, que nem parece sequer editar artigos), acha que está tudo mal e é preciso mudar tudo, sem ter a mínima noção sobre o que está a falar ou de como funciona a secção, depois de ter olhado para as regras e não as ter percebido, assim como parece não perceber quase todas. Polyethylen (discussão) 02h58min de 18 de março de 2013 (UTC)

Aliás, a intervenção acima leva-me precisamente a Symbol declined.svg discordar da proposta. Desculpe, Érico, eu até gostava e queria a escolha fosse por consenso. Referi aquilo da má escolha do exemplo na es.wiki, mas há outros exemplos com ligeiras variações que parecem funcionar. O problema é que todas elas só funcionam partindo do princípio que as pessoas que por lá andam são minimamente sérias, minimamente cultas e têm alguma bagagem em termos de edição. Quando tudo acontece desta forma as coisas nem precisam de muitas regras e aquela secção até tem sido a zona mais troll-free da wikipédia e o único local onde é mais ou menos possível um debate sério sobre problemas, tirando um ou outro caso. Mas a intervenção acima realmente faz ver como tudo isso é frágil e vulnerável, caso os trolls decidam ir para lá trollar. E tendo em vista alguns comentários aqui parece-me que isso está para breve. Polyethylen (discussão) 03h05min de 18 de março de 2013 (UTC)

Faço um comentário dando minha opinião, sem atacar ou provocar ninguém e sou atacado, xingado e chamado de troll! Se fosse eu que chamasse, seria massacrado. Já reclamou de coisa muito menor do que xingar. Não pode ser assim! Se estou questionando algo, minha opinião vale, ela pode é ser discutida, o que não parece ser a intenção. Ninguém pode decidir se minha opinião vale ou não vale, ainda mais dessa forma. Podem opinar, mas de forma correta. Xingamento e ataque não vai ser considerado. Dizer apenas que a opinião não é boa (e detoná-la sem argumentos) não vai mudar nada. E avaliar contribuição é subjetivo e ninguém deve ser julgado por suas contribuições depois de dar uma simples opinião para ajudar a Wikipédia. Quero ajudar e sou agredido gratuitamente! Qual é a solução para eu agradar? Não posso comentar? Não interessa se não querem que eu comente, pois minha opinião só poderá ser discutida com argumentos e não com xingamentos. Questione a argumentação, não quem a fez. Isso não tem respaldo nas regras. O projeto Wikipédia precisa de pensamento, não de chingamento, ainda mais gratuito. Mar França (discussão) 04h01min de 18 de março de 2013 (UTC)

Escolha do artigo em destaque sem tempo[editar | editar código-fonte]

Este sistema seria assim, sem tempo, para artigos destacados seriam precisos 8 votos a favor e só poderia ser um contra. Nos bons 6 a favor e apenas um contra. Esta é a versão resumida, mal possa explicarei melhor. Ninux2000 (discussão) 10h46min de 10 de abril de 2013 (UTC)

Renomear "... em destaque" para "...destacado"

Desde a sua instauração aqui na Wikipédia lusófona em 2004, o processo de eleição de artigos destacados denomina-se Escolha do artigo em destaque. Bem, eu reparei que a partir do processo da "escolha do artigo em destaque" elegem-se os artigos destacados, a partir da "Escolha do anexo em destaque" se elegem os anexos destacados, e o mesmo com os portais e tópicos. Então, uma vez que tudo o que se elege nesses processos mais tarde carrega o nome de "artigo/anexo/portal/tópico destacado", por que não mudámos os respectivos processos para "Escolha do xxx em destaque", sendo que o "xxx" representa os artigos, anexos, portais e tópicos? En!ö [I used to be bad...] às 19:02:54 de sexta-feira, 5 de abril de 2013 (UTC+2)

Symbol support vote.svg Concordo Rjclaudio msg 14h32min de 16 de abril de 2013 (UTC)
Symbol declined.svg Discordo. "... destaque" serve para a escolha de artigos AD e AB, e anexos AD e AB também. Neste caso, não só para os artigos destacados e sim, para bom também! WikiFer msg 02h28min de 17 de abril de 2013 (UTC)

Dar uma opinião e possível debate. Alterar forma de votação.[editar | editar código-fonte]

Costumo trabalhar em artigos por forma a um dia ser possível colocá-los em votação para serem "destaque" ou "bom", no mínimo. No fundo queremos todos isso, os que trabalhamos aqui. Acontece que às vezes esse trabalho por vezes não tem, direi, a recompensa necessária depois de o colocar-mos a votação. Em tempos coloquei um artigo a votação (Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Infamous), decorrido um mês, apenas contou com um voto. Por vezes vejo artigos que em menos de duas semanas (Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Agostinho de Cantuária) já têm um considerável numero de votações - popularidade, caça ao voto?! O que acontece no meu caso? Para que o artigo/votação, possa pelo menos ser visto, dou por mim a mandar mensagens aos usuários a pedir que, pelo menos, a sua opinião. Bolas, quero que o trabalho que tive possa pelo menos ser visto.

Coloquei mais recentemente dois artigos a votação: Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Assassin's Creed III - 3 votos (1 mês decorrido); Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/BioShock - sem votos (2 semanas já decorridas). No primeiro caso, nunca saberei se o artigo poderia vir a ser destaque ou não, teve 3 votos para destaque e entretanto acabou a votação. No segundo caso, já dei por mim a enviar as tais mensagens, porque ainda só tive a opinião de um usuário, passado duas semanas. Deveria de haver mensalmente, um limite de artigos a votação, agrupados por temas, dessa forma só poderia haver trabalho para destaque agrupado em temas, e não estava tudo a trabalhar em estados/vilas/cidades brasileiras. E para os votantes que tinham menos votações, podendo assim concentrar a sua leitura e atenção a um numero mais restrito de artigos. Se virmos a lista Wikipédia:Artigos destacados, podemos ver que existe uma clara discrepância entre os temas. Tenho dito.--Edviges (discussão) 15h10min de 17 de abril de 2013 (UTC)

Colocar um limite mensal de proposta não é, nem de longe, a solução para o problema. Acredito que tal desinteresse nas suas propostas esteja na questão da afinidade com os temas. Todos o usuário que é auto-revisor tem o direito ao voto, mas cada um tem alguma preferência e não é obrigado a votar em artigos que não tem estímulo para revisar. Eu mesmo, por mais que adore o mundo dos games, não tenho tanto interesse nestes assuntos. E mais, não tenho conhecimentos suficientes para ajudá-lo em uma revisão. Porém, isso não quer dizer que quando você propor outra coisa que eu saiba como proceder não possa te ajudar.--Rena (discussão) 15h27min de 17 de abril de 2013 (UTC)
O problema aqui é que existe um problema. Deveria ser resolvido. Afinidade/preferência com os temas não me parece que seja critério para escolha de artigo destacado: Wikipédia:O que é um artigo em destaque?. Mais uma razão para diminuir o numero de artigos a votação.--Edviges (discussão) 15h28min de 17 de abril de 2013 (UTC)
Como você espera que o critério afinidade entre nas diretrizes de artigos destacados? Isto é o gosto pessoal de cada um. Só porque há propostas novas eu sou obrigado a votar em todas? Não! Eu voto no que quero, quando quero. Se sou forçado a gastar todo meu tempo revisando artigos que aparecem para votação chaga um ponto que a fadiga, ou a frustração, te "obriga" a fazer vista grossa do conteúdo que aparece para votação.--Rena (discussão) 15h37min de 17 de abril de 2013 (UTC)
Para esclarecer minha conclusão pense assim, como você quer que alguém que só edita, por exemplo, em artigos de matemática e biologia, possa se "meter a besta" ou se aventurar em revisar sobre literatura? É quase como pedir para gregos e troianos se darem bem. Evidente que se a pessoa gosta do assunto e saiba editá-lo, ótimo. Mas e se a pessoa não sabe? Além disso você precisa analisar quais editores são ativos nestas votações e ver qual tipo de interesse que eles tem.--Rena (discussão) 15h40min de 17 de abril de 2013 (UTC)
Colocar um limite na quantidade de EAD não vai fazer com que as pessoas que não se interessam pelo artigo passem a se interessar por ele. No máximo as pessoas que aceitam qualquer coisa e só não avaliaram o seu artigo por falta de tempo por ter muitas EADs, mas esses casos são poucos usuários e ganhar o voto deles não compensa o prejuízo de diminuir as EADs de temas mais populares que recebem mais atenção.
Solução? Convide mais pessoas que se interessam por Games / Televisão / Cinema (Entretenimento) para a Wikipédia e para o projeto Entretenimento, incentive o povo do projeto Entretenimento a participar das EADs, e divulgue as EADs no projeto (no mínimo colocando entretenimento=s lá na predef de cabeçalho da EAD, e talvez se na última semana tiver com pouca participação aí manda mensagem pro projeto). Rjclaudio msg 15h44min de 17 de abril de 2013 (UTC)
Apenas quis com isto dar uma opinião. Qualquer forma, a julgar pelo histórico/arquivo da Wikipédia Discussão:Escolha do artigo em destaque, e noutros locais como Esplanada, etc, existe muita gente por ai que está descontente pela maneira como são feitas as votações. Deveria ser um ponto obrigatório para no futuro dar uma olhadela/revisão (séria!) à maneira como todo o processo de votação é feito.--Edviges (discussão) 15h49min de 17 de abril de 2013 (UTC)
  • Concordo com o Rena, isso não é a solução, as vezes tento avaliar games ou seriados quando estão propostos a promoção, mas quando o artigo vem a ser bastante desenvolvido... logo desisto, pois não tenho conhecimento sobre o assunto e não acho tão interessante. Um caso por exemplo, é este artigo que está proposto a bom, A Hero Sits Next Door, sempre dou uma olhadinha nos artigos que estão em fase final da votação e este no momento tem apenas 3 votos incluindo o meu, avalie-o por que não é muito grande e logo na introdução percebesse que merece ser eleito artigo bom, na minha opinião é claro. Mesmo se houvesse um limite de candidaturas por temas, acredito eu que não mudaria nada, cada usuário só avalia o tema que mais tem conhecimento, ou talvez, temas que gostem. George Miranda FQTE 15h53min de 17 de abril de 2013 (UTC)
Mas "cada usuário só avalia o tema que mais tem conhecimento, ou talvez, temas que gostem" não deveria ser regra. Isto devia ser regra: Wikipédia:O que é um artigo em destaque?.--Edviges (discussão) 16h25min de 17 de abril de 2013 (UTC)
Wikipédia:O que é um artigo em destaque? são critérios para votar entre AD, AB ou Normal, apenas isso: quando o usuário decide votar, saber como votar. Mas não há critério para forçar usuários a decidirem votar. Do mesmo jeito, não é critério de edição o usuário se interessar pelo assunto para poder editar, mediar conflitos, arrumar problemas, adicionar refs, ou eliminar artigos, mas os usuários geralmente só fazem isso se tiverem interesse no assunto. O que vc fala até seria útil se fosse uma comissão de avaliação que fosse obrigada a avaliar todas a candidaturas e aí eles não poderiam não avaliar uma EAD apenas pq não tem interesse (como era o caso com o Conselho de Arbitragem, era obrigado a avaliar todos os casos mesmo que não tivessem interesse pelo tema). Mas em um projeto voluntário em que a avaliação dos artigos é feita de forma opcional, o interesse pelo tema que vai ditar a quantidade de participação, os critérios vão ditar a qualidade dessa participação será. Parabéns aos que conseguem (e se dispõem) se avaliar (corretamente) artigos de qualquer assunto, mas esses infelizmente são raros, e não são regras que vão mudar isso. Rjclaudio msg 16h35min de 17 de abril de 2013 (UTC)
Bom, não sei por que comparou Wikipédia:O que é um artigo em destaque? ao assunto tratado aqui nessa seção, como já foi explicado por Rjclaudio acho que não fica dúvidas sobre isso. Penso que cada usuário deve avaliar o artigo que quer, que lhe chama a atenção, que tem entendimento no assunto e conhece cada ponto necessário e desnecessário no artigo. Isso não é uma regra, isso é um direito que cada usuário tem. Eu por exemplo não avalio todos os artigos por que não tenho tempo suficiente para isso, se tivesse, mesmo sem conhecimento poderia me esforçar para avaliar artigos de temas diferentes. Acredito que ser obrigado a fazer algo (votar em algo) que não queremos e não gostamos não soaria muito bem, e a grande maioria dos usuários não concordariam. Ou concordariam? George Miranda FQTE 19h53min de 17 de abril de 2013 (UTC)
A ideia não é obrigar a votar, lógico, mas sim criar uma forma a que o numero de artigos a votação fosse mais restrito para assim haver mais atenção a cada um.--Edviges (discussão) 13h56min de 19 de abril de 2013 (UTC)
E quem disse que um limite iria poderia fazer com que os usuários dessem atenção nas votações cujo o tema não é o do seu interesse, creio que não funcionaria. Mas cada um tem sua opinião, essa é a minha e não sei se valeria a pena, pois vemos que os temas mais candidatados ultimamente vem de 'História, Música, e até Geografia'. Vejo que com um limite de temas só diminuiria a quantidade de artigos bons ou destacados e até menas participações nas páginas de votações. Vejo que artigos que sofrem por falta de votantes seja pelo fato de serem temas como games e séries de televisão; Então séria bom algo que chamasse atenção de usuários a começarem a editar artigos com os temas menos editados, deve haver alguma forma para isso, é só ter idéias já que vejo você por editar diversos artigos desses temas que são ótimos. --George Miranda FQTE 18h08min de 19 de abril de 2013 (UTC)

Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Club de Regatas Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

A EAD acima está decorrendo indevidamente no formato de EAnD. Minha sugestão seria transformar o {{Apoio}} e {{Não apoio}} recebidos em votos a favor e contra e depois inclui-la na lista (ainda não foi inclusa). Alguém discorda? --HVL disc. 11h36min de 27 de abril de 2013 (UTC)

A EAD não está na lista de EADs, algo 'suspeito'. Fui olhar o proponente, e ele não é autorrevisor, então já está contra as regras e deve ser cancelada. Rjclaudio msg 11h54min de 27 de abril de 2013 (UTC)

Mudanças nas regras no EAD

Devido aos vários conflitos na interpretação dos critérios de EAD mais especificamente sobre o método que dá brechas para dúvidas sobre as anulação de votos, estou aqui para mudar e deixar mais simples e eficaz esse método. Meu objetivo é que, não haja duplicidade ou dúvidas sobre o método de anulação. Atualmente está assim

Quando um voto tem como justificação um item objetivo e não subjetivo, este deve ser anulado caso o problema seja resolvido. Por exemplo: se alguém vota contra um artigo ser considerado "destacado" ou "bom" por não ter referências e no prazo de votação todas as referências foram colocadas, esse voto deixa de ter sentido, podendo ser anulado. O mesmo ocorre nos casos de votos a favor.

Mas veja que não há sentido a parte de "justificação um item objetivo e não subjetivo" essa parte de objetivo e não subjetivo que não é ideal, pois ou o voto está de acordo com os critérios, ou não está, das duas uma. Não pode haver interpretações subjetivas do usuário na avaliação do artigo, tem que ser objetivo, todos eles, tem que ser exato. Por exemplo, o artigo está parcial, mal escrito, etc e tudo isso é objetivo, está nos critérios, nada está subjetivo. Não pode votar em EAD com base de acordo com interpretações pessoais, ai que está o erro nessa regra.

Subjetivo é a opinião pessoal de cada individuo à respeito de algo ou alguém. Não existe um padrão de definição para esta opinião variando de pessoa para pessoa.

Ou seja está em controvérsia com os critérios, você só pode votar seguindo os critérios e .

Pra simplificar deve estar assim

Quando um voto está de acordo com os critérios de Destacado ou Bom e o artigo não cumpre, este deve ser anulado se o problema for resolvido. Por exemplo: se alguém vota contra um artigo ser considerado "destacado" ou "bom" por não ter referências e no prazo de votação todas as referências foram colocadas, esse voto deixa de ter sentido, podendo ser anulado. O mesmo ocorre nos casos de votos a favor.

Creio que dessa forma é mais eficaz e não permite duplo sentido ou dúvidas nas interpretações. Vitor MazucoMsg 00h33min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol oppose vote.svg Discordo. Na minha opinião o trecho está claro. Veja: numa votação, um certo editor pode votar contra dizendo que o parágrafo tal de tal seção está sem referência - isto seria objetivo. Porém se outro editor votar contra dizendo que há trechos sem referências aí seria subjetivo. O votos contras podem ser subjetivos ou objetivos sim e para mim a regra está clara, pois alguém pode apontar o erro na devida seção, parágrafo, linha ou apenas dizer que há erros no artigo - sem entrar em mais detalhes. Agora, não entendi isto: "Quando um voto está de acordo com os critérios de Destacado ou Bom, este deve ser anulado". Quer dizer que o voto deve ser anulado se estiver de acordo com os critérios? Raul Caarvalho (discussão) 01h00min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Não Raul, esse exemplo que vc escreveu os dois está objetivo, ou seja a falta de fontes, e falta de fontes está nos critérios. Nada o que você disse ai é subjetivo. Subjetivo Raul é quando você criar suas regras e quando você cria suas interpretações diferentes dos critérios. O na parte final se o voto está de acordo com critérios, ou seja falta fontes e a falta de fontes está nos critérios esse pode ser anulado se for resolvido. O meu voto está contra o artigo, mas esse meu voto está seguindo os critérios ou seja o artigo está falho, esse pode ser anulado se o problema for resolvido. Eu mudei lá pra ficar mais claro. Vitor MazucoMsg 01h16min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Subjetivo não se refere apenas a interpretação pessoal opondo-se às regras, pode se referir também ao termo indireto - e um voto pode ser indireto. Mas já entendi o que quis falar sobre as fontes, porém mantenho a minha opinião. Raul Caarvalho (discussão) 01h32min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo com a proposta. Assim, não vai ter brechas para votos opinativos. Mar França (discussão) 01h40min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Pessoalmente, prefiro: Quando um voto está contra a promoção de um artigo a destaque ou a bom e o artigo não cumpre os critérios, este deve ser anulado se o problema for resolvido. Ou algo parecido. Raul Caarvalho (discussão) 01h50min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo também, o que deve valer em uma votação é se cumpre os critérios ou não. Isso fará com que os votantes citem onde está as falhas e até o que pode ser corrigido ou melhorado, tem usuários que não fazem isso, o que dificulta ao proponente a começar a corrigir e ajustar o artigo para que fique adequado nos requisitos. Citação: Raul Caarvalho escreveu: «e um voto pode ser indireto.» Acredito que não, o voto deve ser direto, deve tratar-se de onde vem as falhas. --George Miranda FQTE 02h10min de 2 de maio de 2013 (UTC)

De fato, um voto direto deve tratar-se de onde vêm as falhas. Porém, George, como você mesmo disse alguns usuários não citam as falhas e apenas dizem que os artigo têm falhas - não apontando onde ou qual. Isso não é indireto? Direto/objetivo é apontar a seção, o parágrafo, a linha onde está o erro. Dizer que o artigo tem erros e não apontá-los não é direto. Raul Caarvalho (discussão) 02h17min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Isso mesmo, muitos não citam, não sendo diretos e isso é errado, devem ser citados para que possam ser corrigidos. Por isso, os erros devem ser citados para que possam ser corrigidos, para que desta vez o voto possa ser anula. Tem usuários que mesmo os erros sendo corrigidos não admitem que tais votos sejam anulados, ai começa o rodeio de erros que na maioria das vezes nem existem. Ai que tá o problema. --George Miranda FQTE 02h26min de 2 de maio de 2013 (UTC)

  • Interessante, é feita uma proposta para mudar algo dentro da Wikipédia, o autor faz convites apenas para um, dois, três, quatro, cinco usuários. Se me permitir, vou convidar outros. Fabiano msg 02h58min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Exatamente, Geroge - sei bem disso! Mas vendo por este ponto - a questão de que os erros devem ser citados para serem corrigidos - esta proposta passa a ter outro propósito: fazer com que esses usuários apontem os erros, e não por fim nos conflitos das interpretações dos critérios de anulação de votos - propósito este pelo qual a proposta foi aberta. Por isso discordei. Um voto pode ser indireto sim, pois se um editor diz que um artigo não merece o destaque porque tem erros gramaticais - sem especificá-los - não ficaria claro em qual seção estão esses erros, em qual parágrafo, em qual trecho, se é no artigo todo, se é na introdução, etc, porque se o editor não deixar claro você não saberá onde está o erro, pois na sua visão o artigo está apto a destaque. Entendeu o porquê de eu ter mencionado que um voto pode ser subjetivo/indireto? Raul Caarvalho (discussão) 03h11min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Raul não apontar o erro não é subjetivo pois erros gramaticais é objetivo e está nas regras. O usuário inventou esse critério? O usuário foi quem decidiu os erros gramaticais como regras? Não! Está nas regras e portanto é objetivo, exato. Especificar ou deixar de especificar nada tem haver com subjetivo. Creio que não entendeu ainda o que é subjetivo. Vitor MazucoMsg 11h00min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol question.svg Pergunta: Vitor, pode citar alguns casos reais que seriam resolvidos com sua proposta? Tendo a discordar dela, mas quero saber exatamente o que está querendo resolver antes de fazê-lo. E, em tempo, o ponto do Fabiano é importantíssimo: essa técnica do "salve geral" pra camaradagem é muito feia..... José Luiz disc 04h56min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Tenho tendência a ser contra. Imagine que alguém detecta um erro grave que não está previsto nos critérios, vamos deixar algo ser destacado contendo esse erro grave? GoEThe (discussão) 06h56min de 2 de maio de 2013 (UTC)

  • Eu também estou muito curioso em ver quais os casos que o proponente irá indicar para exemplificar os "problemas" das regras atuais... --Stegop (discussão) 10h32min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Citação: GoEThe escreveu: «Imagine que alguém detecta um erro grave que não está previsto nos critérios», GoEThe não há erro grave que não contenha nos critérios, todos os pontos mais importantes estão nos critérios avaliados. Seja nas políticas oficiais, seja no WP:LE entre outros. Não há brechas para deixar passar um artigo com erro grave. Agora eu que quero saber que tipo de erro grave não está nos critérios? Pois assim podemos colocar lá nas regras, se for grave mesmo e evitar problemas futuros...

O ponto do Fabiano é que eu chamei gente que participa das votações no EAD, usuários que estão ativos nessa área. Mas pode chamar quem vcs quiserem.

Agora Zé, casos reais, óbvio, seria o da IURD que os usuários diziam ser parcial, tentei arrumar, quase todos os votantes abandonaram a votação, e manteve-se o seus votos. É ai que está o problema, ou seja, eu de suposta má-fé voto contra um artigo usando algo "subjetivo" e abandono a votação, o proponente fez de tudo, mas o votante "esquece" da votação e não pode anular??? Ora é ai que está a brecha, é ai que está o erro. Ninguém é obrigado a participar mas é sim obrigado a acompanhar as correções.

Mais específico, se eu quiser usar o WP:SUBV isso é um prato cheio. Ou seja, voto contra usando essa brecha dos critérios e ele não pode ser anulado pq está "subjetivo". Perfeito isso. Eu arrumo o artigo, o votante sai, e a injustiça está feita. Então, do que adianta isso? Nada. Pensa e raciocina. Vitor MazucoMsg 11h00min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Vitor, não dá para definir todas as situações em que algo pode acontecer que não esteja reflectido nas regras, por isso as regras devem permitir acontecimentos invulgares, e não fechar a porta a que essas situações sejam resolvidas por mera burocracia, principalmente esses acontecimentos sendo raros. Eu já acho má ideia isso de anular votos quando deveria ser procurado entendimento e não forçar aprovação, quanto mais fechar a porta a que alguém apresente um erro imprevisto e que ele deva ser corrigido. Não posso dizer que tipo serão porque precisamente são imprevistos. GoEThe (discussão) 11h31min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Sim, mas o que agente puder fazer para evitar erros a gente faz. Agora, GoEThe, eu preciso de um exemplo do que seria um erro grave. Se é grave é notório, se é notório deve estar nas regras. Agora se você não sabe, ai fica difícil mexer em algo. Só sei que do jeito que está só dará mais confusão. Vitor MazucoMsg 16h40min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Uma outra parte Citação: GoEThe escreveu: «Eu já acho má ideia isso de anular votos quando deveria ser procurado entendimento» GoEThe, se você participasse a fundos das EAD saberia que não é tão simples assim, já tivemos longos históricos de abusos e injustiças nas EAD seja ela por diversos motivos e em diversos momentos. Por isso que tivemos esse anulamento, para fazer justiça. Vitor MazucoMsg 16h43min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Do jeito que está só causa confusão porque tentam misturar votação com consenso. Participei bastante nos primeiros anos que andei por aqui, mas já não participo muito porque alguns se colocaram no papel de juiz e júri de causa própria, eliminando posições contrárias e não deixando espaço para debate. GoEThe (discussão) 19h22min de 2 de maio de 2013 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo que a regra deva ser clarificada, para que não existam dúvidas em relação ao processo. Não é justo que um utilizador aproveite para exercer o direito de voto para prejudicar candidaturas intencionalmente. Se existem critérios que têm de ser preenchidos, basta que sejam listados para que o proponente os resolva. VítoR™  • (D) 17h15min de 2 de maio de 2013 (UTC)
  • Symbol support vote.svg Concordo. Com o proponente e os outros. LuizM msg. 17h46min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo Um voto contra o destaque deve indubitavelmente corresponder aos critérios existentes. Se um voto é subjectivo este não pode ser anulado, e caso seja objectivo pode ser anulado uma vez corrigido o erro apontado. Simples. Partindo do princípio que todo e qualquer voto deve respeitar os critérios estabelecidos, não vejo qual a vantagem desta nova proposta. Imaginemos que eu voto contra a promoção de um artigo por este não se enquadrar na linguagem erudita pretendida e por possuir erros ortográficos; se o voto não é de todo objetivo e não específica quais as situações que devem ser corrigidas, então pode ser anulado? Isto é absurdo. Mesmo sendo autêntico e estando de acordo com as normas, pode não ser da opinião do proponente, e então, confiando na sua mestria este anula-o porque julga que os erros foram já extintos...

Então, se a nova proposta for encarada, este tipo de voto dificilmente será válido pois simplesmente não determinou os inumeráveis casos de erro que o artigo detém. A regra apenas afirma que somente os votos com uma justificação objectiva devem ser anulados uma vez corrigidos, ou seja todo e qualquer tipo de voto subjectivo, não pode ser anulado. É o que a regra atual diz. Esta nova proposta apenas reafirma a primeira norma contudo não menciona o possível carácter subjectivo de um voto. Ou seja, é absurdo o que aqui se propõe. Kenchikka (discussão) 18h33min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo. Começa logo nas motivações do proponente: depois de cometer fraude, muito calculisticamente só avisando os votantes contra em cima do prazo previsto, apesar dos motivos não serem passíveis de anulação, de qualquer modo. O facto de ter andado a fazer solicitação também não abona nada a favor... Mas nem que a proposta tivesse surgido duma forma menos fishy... Como é possível que haja alguém que acredite que é possível determinar objetivamente, ou seja, da mesma forma que se determinam a existência erros ortográficos ou de ausência de fontes, coisas como parcialidade, redação culta, etc.? Muito pior do subjetividade é falsa objetividade, e isso é o que abunda aqui e é o que está na base desta proposta. Ao que me lembro, os problemas mais frequentes surgem precisamente aí, com gente mais exigente a votar contra artigos que claramente não usam qualquer norma culta e os proponentes a reclamarem para indicar porquê e a dizerem que "o problema já está resolvido" quando concertaram o par de exemplos que foram dados. No limite, se fosse mesmo possível toda essa objetividade, então mais valia serem os burocratas a decidir as EAD's, as quais nem sequer são consensos, mas votações. Além de todo o irrealismo, ou precisamente por isso, esta proposta aumenta também o potencial de conflito. --Stegop (discussão) 18h57min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Vocês realmente não sabem o que é subjetivo, nem objetivo. Vocês então se confundido de especificar o erro direto ou indireto, nada tem isso haver com subjetividade. Vitor MazucoMsg 19h01min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo. Subscrevo exatamente o que disse o Kenchikka. Não percebo o intuito disto, e estranhamente a segunda opção parece-me mais confusa. Sds. --Caverna06 (discussão) 19h21min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo Pelos mesmos argumentos já expostos pelo Kenchikka e Stegop. Entre os inúmeros exemplos de critérios subjectivos estão a parcialidade, a falta de clareza do texto, a má redacção, a falta de compreensão do texto para o leigo, a parcialidade, o uso de fontes de fiabilidade questionável, texto redundante ou desnecessário, secções pouco expandidas, bibliografia que não reflete o consenso actual sobre o assunto, peso indevido, omissões graves, introduções mal elaboradas, imagens de qualidade duvidosa, má estruturação das secções, fancruft, e por aí fora.

Aliás, são raras as vezes que se consegue indicar um critério de forma muito objectiva, como uma passagem que carece de fontes ou a existência de desambiguações, e estes tendem a ser resolvidos muito rapidamente. Polyethylen (discussão) 20h26min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Exatamente, Polyethylen e Kenchikka. Um voto pode ser subjetivo sim, e é exatamente isto que estou querendo explicar - mas com outras palavras - e ninguém parece entender. Agora, pelo que eu pude ler nos comentários mais acima esta proposta perdeu o rumo. Quando dei o meu primeiro comentário pensei que estivéssemos a discutir sobre as diversas interpretações em se tratando da regra de anulação de votos - e buscando um meio para alterá-la e simplificá-la. Agora, no entanto, parece-me que o intuito desta discussão é obrigar aqueles usuários que dão o voto de forma subjetiva a apontar erro por erro, em sua devida seção, parágrafo, etc, para que os votos desses sejam anulados. Não foi esta a proposta foi? Raul Caarvalho (discussão) 21h41min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Mas parece que esqueceu o que é Subjetivo. Ponho novamente.

Subjetivo é a opinião pessoal de cada individuo à respeito de algo ou alguém. Não existe um padrão de definição para esta opinião variando de pessoa para pessoa.

Ponho outro:subjetividade é algo que varia de acordo com o julgamento de cada pessoa, é um tema que cada indivíduo poe interpretar da sua maneira, que é subejtivo.

Citação: Polyethylen escreveu: «Entre os inúmeros exemplos de critérios subjectivos estão a parcialidade, a falta de clareza do texto, a má redacção, a falta de compreensão do texto para o leigo, a parcialidade, o uso de fontes de fiabilidade questionável, texto redundante ou desnecessário, secções pouco expandidas, bibliografia que não reflete o consenso actual sobre o assunto, peso indevido, omissões graves, introduções mal elaboradas, imagens de qualidade duvidosa, má estruturação das secções, fancruft» Agora aonde ai está subjetivo? Aonde ai foi inventado agora? Tudo isso já está em conhecimento das proponentes, ou deveria estar. Todos esses exemplos são objetivos, pois não foi o Poly quem os inventou. Tudo isso está nas regras, ou no WP:LE. Nada foi criado. Mas pelo visto o jeito é levar pra votação mesmo, não sabem o significado da palavra subjetivo. Vitor MazucoMsg 21h56min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Talvez tenhamos significados distintos para o termo subjetivo - e não, não esqueci o que é subjetivo, mas também não esqueci que subjetivo não se refere apenas a opinião / ponto de vista pessoal. Raul Caarvalho (discussão) 22h45min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Me dê outros significados então... Vitor MazucoMsg 23h01min de 2 de maio de 2013 (UTC)

No começo da votação dei um outro significado - no meu ponto de vista. Além disso, é só interpretar os argumentos do Polyethylen, Stegop, GoEThe e Kenchikka e entenderá. O que eu disse lá em cima eles aprimoraram com outras palavras e de um modo mais claro. Além do mais, nos meus comentários eu repeti e exemplifiquei várias e várias vezes o que eu quis dizer. Se não consegue ver isto, eu posso fazer o quê? Raul Caarvalho (discussão) 23h12min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Nada, só sei que do jeito que está não dá pra ficar. Vitor MazucoMsg 23h17min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Na minha opinião, o correto seria abrir uma nova proposta pedindo sugestões para melhorar o trecho em questão, sendo convidado o maior número de usuários possível para não haver más interpretações - como as ocorridas mais acima. O que deve ser feito agora é - se possível - anular esta proposta e abrir uma nova do modo como falei. Raul Caarvalho (discussão) 23h26min de 2 de maio de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo da proposta e faço minhas as palavras escritas pelo Stegop mais acima. Além das dúvidas sobre as motivações que levaram o proponente a realizar tal proposta de mudança, o texto, por si só, é impraticável por forçar os votantes a explicar de forma detalhista problemas que muitas vezes estão disseminados por todo o conteúdo do verbete. E não, não é função do votante apontar exatamente aonde estão esses problemas. Votos subjetivos, desde que de acordo com os critérios, são tão válidos quanto àqueles que dizem "corrija tal erro em tal seção". O texto atual das regras de anulação de votos já é bastante claro e objetivo. Chronus (discussão) 19h00min de 4 de maio de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo E se nada tem a ver com subjetividade - o que eu duvido - aprenda que não há como obrigar voluntários a fazer nada que não queiram. Artigos sobre religião são muito difíceis numa enciclopédia e sempre serão (e sempre devem ser, a meu ver). Ao invés de tentar virar a mesa, tente novamente. Agora uma coisa é certa: quanto mais você se rebate, mais proposta e proponente se misturam e erros honestos (que foi como eu preferi ver o teu caso na proposta da IURD) parecem manipulação. E, mais e mais, cada vez menos gente acreditará em ti da próxima vez, Vítor. Não adianta esmurrar faca e depois colocar a culpa da mão sangrenta nos outros! Tenha calma e, principalmente, paciência. Te digo com certeza: você já fez um GRANDE trabalho no artigo da IURD, que está muito, mas muito melhor que a imensa maioria do que leio aqui. Se não destacou agora, espere, reflita, respire e tente novamente. Eventualmente conseguirás, mas você precisa parar com essas besteiras bairristas que te afligem de vez em quando. Enfim, não é nas regras que está o problema... José Luiz disc 23h20min de 5 de maio de 2013 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo de anulação de votos. O objetivo desta proposta tem, além de outros, um alvo no autoritarismo. __ Observatoremsg 03h16min de 6 de maio de 2013 (UTC)

Q maravilha! Então será assim:Voto contra com uma justificativa subjetiva, não revejo o artigo pois não quero e não sou obrigado, o proponente pede pra que reveja e o tal votante não faz, por ma-fé, falta de tempo, etc.. quem saberá? E ele não pode ser anulado. O EAD é encerrado e não é destacado por culpa desses votantes sem compromisso nenhum. Q bom que a comunidade escolheu esse caminho... Futuro muito bom... Vitor MazucoMsg 21h10min de 19 de maio de 2013 (UTC)

Bom, finalizamos com 9 contra e 5 a favor(contando comigo). Uma votação estará sendo encaminhada... Vitor MazucoMsg 21h13min de 19 de maio de 2013 (UTC)

Citação: Vitor Mazuco escreveu: «Q bom que a comunidade escolheu esse caminho... Futuro muito bom...» Bingo! A única que decide as coisas por aqui, a comunidade. Fabiano msg 21h17min de 19 de maio de 2013 (UTC)

Calma, isso aqui é uma batalha e não a guerra, comemoração muito cedo... Vitor MazucoMsg 21h20min de 19 de maio de 2013 (UTC)

Citação: Mazuco escreveu: «[...] isso aqui é uma batalha e não a guerra [...]» - Que atitude lamentável para um editor experiente. Triste mesmo. Chronus (discussão) 21h24min de 19 de maio de 2013 (UTC)

Triste é ver a injustiça correr solta e nada se pode fazer. Isso é triste não só aqui mas em todos os lugares do mundo. Vitor MazucoMsg 21h37min de 19 de maio de 2013 (UTC)

A discussão começou aqui. Vitor MazucoMsg 21h58min de 19 de maio de 2013 (UTC)

Pedido[editar | editar código-fonte]

Mais uma vez venho aqui recorrer a ajuda de outras pessoas. Da última vez, acabei candidatando o artigo CM Punk a destaque, mas devido a eu não ser um autorrevisor e por falta de votantes, não foi eleito. Já fiz umas duas, três revisões no artigo e desta vez, como já sei desse pormenor, e como não me tornaria autorrevisor devido a alguns problemas com imagens, venho aqui pedir se alguém possa o candidatar novamente a destaque para mim, e quem sabe, deixar sua opinião por lá. Sei que ninguém aqui se interessa por wrestling, mas creio que dar essa "forcinha" para mim o candidatando novamente, já ajuda. Desde já agradeço. Pedrohoneto (discussão) 19h43min de 4 de maio de 2013 (UTC)

Eu não vou candidatar porque a redação deste artigo continua ruim, com erros elementares de concordância e frase de construção fraca, exemplos:
  • "após interferência da facção estreante chamado The Shield, composto por Dean Ambrose..."
  • "em um lance para psicologicamente abalar"
  • "A tensão subiu quando Mysterio impediu de uma luta de qualificação para o combate Money in the Bank, causando Punk interromper a celebração de Mysterio"
  • Excesso de repetiçaõ da palavra Punk, há um parágrafo em que Punk se repete 19 vezes. W.SE (discussão) 20h13min de 4 de maio de 2013 (UTC)
Pois bem, sim ainda existem erros que estou tentando corrigir. Mas abri um processo de revisão no final de março, que ninguém se atentou a ele. Coloquei um recado no Projeto desporto e ninguém se solidarizou; coloquei outro pedido na página de discussão do projeto wrestling sobre a revisão do artigo e nada foi feito. Minha profundidade sobre a língua portuguesa já não é lá essas coisas, e não sou um exímio conhecedor da língua inglesa, portanto, para somente minha pessoa revisar o artigo fica complicado, mesmo assim, vou tentando arrumar o artigo aos poucos, conforme os erros vão sendo apontados. Pedrohoneto (discussão) 21h52min de 4 de maio de 2013 (UTC)
Acabei outra revisão no artigo; tentei tirar o máximo de "Punks" possível e arrumei as frases sem concordância. Bem, mandei pedidos individuais para as pessoas que mais frequentemente editam no âmbito do wrestling na Wikipédia, vamos ver se estes também me dão uma "ajudinha" para deixar o artigo melhor e no ponto para poder o candidatar a destaque. Pedrohoneto (discussão) 16h15min de 5 de maio de 2013 (UTC)

problema na criação de votação[editar | editar código-fonte]

fui criar uma votação mas fui impedido por este aviso:

Você não possui permissão para editar esta página, pelos motivos a seguir:
Esta página está atualmente protegida e pode ser criada somente por administradores.
Algumas predefinições e páginas de interface do site são permanentemente protegidas devido à visibilidade. Ocasionalmente, artigos são temporariamente protegidos por causa da guerra de edições.
A razão para a proteção pode ser encontrada no registro de proteção. Se não houver entradas relevantes no registro de proteção, a página pode ter sido movida depois de ser protegida.
Você pode pedir a desproteção da página.
Este título foi protegido contra criação por Dédi's. A justificação foi "Prevenir recriação".
Veja o registro de eliminação para detalhes do motivo de esta página ser eliminada.
Se você gostaria de criar a página com este título, faça um pedido de desproteção ou contate o administrador que eliminou esta página para o conteúdo eliminado ser restaurado.

Tetraktys (discussão) 02h28min de 9 de junho de 2013 (UTC)

Tem que fazer um pedido de desprotecção, indicando a página que quer desproteger. GoEThe (discussão) 12h08min de 10 de junho de 2013 (UTC)

como fazer um pedido? o mecanismo de criação de votações não pode ser protegido neste nível, ou só administradores vão poder submeter artigos à votação? nunca funcionou deste jeito! agora a cada vez vamos ter que pedir desproteção? desde quando o sistema está assim? Tetraktys (discussão) 12h48min de 10 de junho de 2013 (UTC)

Qual é a página? Antes de se tirar conclusões precipitadas é preciso saber se foi uma página em particular que foi protegida, sem querer ou de propósito (por razões legítimas ou não), se foi alguma página que foi protegida em cascata e que acabou protegendo essa, se foram todas as páginas protegidas (improvável) ou se é outra coisa qualquer. GoEThe (discussão) 13h03min de 10 de junho de 2013 (UTC)
Não há qualquer protecção à criação. Ver teste Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Sapo-comum. GoEThe (discussão) 13h07min de 10 de junho de 2013 (UTC)

não é nenhuma página em particular, é o mecanismo de criar uma votação que está falhando. se eu quiser propor um artigo para destaque, eu vou lá na página, clico no botão "criar votação", aparece a página seguinte com os códigos prontos, preenche-se e salva-se. está criada a votação. mas agora a cada vez que eu clico no botão "criar votação", dá esse erro. aparece a mensagem que transcrevi acima e eu não posso criar nada. eu escrevi para Dedi, que protegeu a página, ms ainda não respondeu. eu já usei o sistema inúmeras vezes, e nunca aparecera este problema. Tetraktys (discussão) 13h23min de 10 de junho de 2013 (UTC)

esquece, falha minha, eu estava fazendo uma coisa errada. agora deu certo. valeu! Tetraktys (discussão) 13h25min de 10 de junho de 2013 (UTC)

Se refere à Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/? Helder 13h34min de 10 de junho de 2013 (UTC)

na verdade não há problema algum, eu que estava preenchendo o campo erradamente, agora percebi o que eu fazia. valeu! Tetraktys (discussão) 13h37min de 10 de junho de 2013 (UTC)

Recandidatura sem alterações[editar | editar código-fonte]

O Rodrigogomesonetwo D​ C​ E colocou-me uma dúvida que eu não sei esclarecer: o artigo Eadbaldo de Kent foi proposto a destaque a 6 de maio mas não foi eleito por falta de quórum. Interpretando as regras à risca, um artigo só pode ser recandidatado se tiver sofrido alterações significativas desde a última candidatura, no entanto suspeito que possivelmente estamos em presença de um artigo que não precisa de alterações para ser destacado, antes teve o azar de "ninguém" o ter lido (eu incluído, pois só o li na diagonal).

Atendendo a que o mais provável é que haja alguns editores que num caso destes não hesitariam em fazer meia dúzia de alterações cosméticas para poderem argumentar que houve alterações e que esse "argumento" seria dificilmente refutável neste nosso ambiente, será que não se pode evocar WP:IGNORE neste caso? Ou então criar uma exceção, cuidadosamente redigida, para casos como este em que a candidatura falhou por falta de votos e não houve oposição clara contra o destaque? --Stegop (discussão) 02h22min de 12 de julho de 2013 (UTC)

concordo com o argumento, só acho melhor redigirmos formalmente um adendo às regras, antes do que simplesmente ignorar. provavelmente haverá outros casos no futuro; resolvemos agora de uma vez por todas. Tetraktys (discussão) 02h29min de 12 de julho de 2013 (UTC)
Havia proposto isso em fev2013 qnd sugeriram prorrogar EADs sem nenhuma oposição mas baixa participação (pesquisar por "modificações significativas" que acha minha sugestão e os comentários). O Poly tinha sigo contra, seria bom convidar ele para comentar por aqui. Rjclaudio msg 02h48min de 12 de julho de 2013 (UTC)
Eu concordo somente se a recandidatura sem alterações for por baixa participação e sem votos contra na votação anterior. Se tiver havido algum, a objeção tem que ter sido endereçada. José Luiz disc 10h31min de 12 de julho de 2013 (UTC)
Não houve nenhum voto contra. Houve um voto para artigo bom (mais tarde cancelado) e um para o destaque. Fiz todas as alterações apontadas pelos colegas. Vejam: Wikipédia:Escolha_do_artigo_em_destaque/Eadbaldo_de_Kent. Rodrigo Gomes da Paixão (discussão) 18h20min de 13 de julho de 2013 (UTC)

Formatação de referências[editar | editar código-fonte]

Olá. No último dia 9 propus o artigo Cannabis (psicotrópico) ao destaque. Desde então, o usuário Tetraktys D​ C​ E vem criticando a formatação das referências do verbete em questão dizendo que elas não estão formatadas de acordo com os critérios de destaque. No início da votação, o artigo realmente ainda apresentava problemas nas fontes (algumas não apresentavam datas, autor, datas de acesso, etc). Então realizei uma série de ajustes e acabei por formatar todas as referências apresentadas com todos os dados necessários, usando as predefinições para referências disponíveis na Wikipédia.

No entanto, mesmo depois dos ajustes que realizei, o usuário Tetraktys ainda continuou a apontar problemas de formatação nas referências e me acusou de não cumprir com aquilo que, de acordo com a interpretação dele dos critérios, seria a formatação correta das fontes. No começo, pensei que ele estava a falar que as referências estavam incompletas, no entanto, depois dessa edição no artigo, percebi que o editor parece não gostar do uso das predefinições de formatação de referências e que acha esse um motivo válido para impugnar uma votação ao destaque. Como nunca vi uma justificativa como essa para um voto contrário e por considerar que o artigo em questão já cumpria o que é estabelecido pelo Livro de Estilo antes do Tetra apagar as predefinições de formatação, venho aqui pedir a opinião da comunidade sobre o assunto. A justificativa do editor é válida? Qual é o processo correto de formatação de referências? Os dois? Nenhum? Enfim, agradeço desde já. Chronus (discussão) 19h49min de 15 de agosto de 2013 (UTC)

antes de lançar acusações deveria resolver a questão comigo e entender o que estou querendo lhe dizer, o que parece não ter acontecido até agora. por favor veja o meu comentário no seu artigo. Tetraktys (discussão) 22h20min de 15 de agosto de 2013 (UTC)
Quem lançou acusações primeiro foi você, meu caro. Eu tentei me entender só com você, mas não sou obrigado a ficar suportando ironias. E não há mal nenhum em perguntar a opinião da comunidade sobre o assunto. Chronus (discussão) 22h39min de 15 de agosto de 2013 (UTC)
  • Olhando de fora, eu teria revertido uma edição que retirasse as predefinições de formatação de referências, mas, por outro lado, não perguntei ao Tetra por que ele fez isso. Assim: Tetra, por que fez isso? José Luiz disc 23h07min de 15 de agosto de 2013 (UTC)

Acabo de pedir o cancelamento da candidatura do artigo em questão. Essa discussão torna-se, portanto, inútil. Obrigado. Chronus (discussão) 00h57min de 16 de agosto de 2013 (UTC)

para responder ao José Luiz: retirei as predefs simplesmente porque não gosto de usá-las. uso outro sistema para referenciar, e eu havia dito ao Chronus que se eu fosse mexer iria mudar o sistema. acho as predefs desnecessariamente complicadas de usar, e acrescentam uma enorme quantidade de texto perfeitamente inútil que acaba tornando a página muito pesada. em artigos com muitas refs isso acaba tomando uma enorme proporção do total de caracteres, quando basta, para todos os efeitos, escrever as informações diretamente sem ficar colocando-as em caixinhas. eu acho isso inútil. enfim, cada um tem seu gosto, mas eu tb disse ao Chronus que ele pode usar o que quiser, desde que o efeito final seja correto. no entanto, mesmo depois de vários ajustes, ainda há problemas. minha edição era apenas uma proposta de trabalho. se ele topasse, eu continuaria, se não, que revertesse sem hesitar. minhas críticas foram embasadas em fatos e nos critérios, e acho que minhas atitudes foram justificadas. o que aconteceu é que o Chronus não entendeu direito o que eu quis dizer, e eu tb cometi um engano ao votar pela primeira vez, e gerou-se esta confusão. Tetraktys (discussão) 12h17min de 18 de agosto de 2013 (UTC)

Notoriedade[editar | editar código-fonte]

Ao votar nessa EAD me surgiu uma dúvida: nas EADs, existe algum critério de notoriedade ou de tamanho de artigo que pode ser destaque? Em outras palavras, qual é o tamanho e a importância mínima que um artigo deve ter para poder ser destaque? Em Wikipédia:O que é um artigo em destaque? não encontrei nada sobre isso! WOtP What? 00h20min de 21 de agosto de 2013 (UTC)

No critério oitavo em Wikipédia:O que é um artigo em destaque? é dito:Citação: 6. Artigos cujo código wiki tenha tamanho superior a 190KB deverão ser desmembrados, a fim de evitar falhas e demoras de carregamento em determinados servidores. Kenchikka (discussão) 00h38min de 21 de agosto de 2013 (UTC)
Talvez tenha me expressado mal, quis dizer se existe um tamanho mínimo ou um critério de notoriedade mínimo de um artigo que pode se tornar destacado, ou seja, um artigo pequeno, embora completo, pode se tornar destaque? WOtP What? 00h47min de 21 de agosto de 2013 (UTC)
Desculpe. Tem razão. Logo abaixo é dito que Citação: Não há tamanho mínimo, desde que o artigo trate o tema de forma completa e não compacta como os artigos bons. Kenchikka (discussão) 00h54min de 21 de agosto de 2013 (UTC)
Mas e nos casos em que o próprio conteúdo não é suficiente para que o artigo seja mais extenso? Neste artigo, candidato a destaque, por exemplo, o corpo do artigo tem praticamente o tamanho de uma introdução. Este artigo que candidatei para destaque há muito tempo, não foi eleito, dentre outros fatores, pela quantidade limitada de conteúdo, embora este ainda seja maior que o primeiro exemplo. Não deveria existir uma regra para especificar tais casos? WOtP What? 01h01min de 21 de agosto de 2013 (UTC)
Não existe um tamanho mínimo, o importante é cobrir o tema de forma completa. Se tudo o que existe sobre o tema cabe em duas linhas, então o artigo está completo e não pode ser impedido de ser destacado por causa disso. Se quiserem até podem propor a fusão, ou a eliminação, mas enquanto o artigo existir não há tamanho mínimo. Para destacar um artigo pequeno, basta dizer que fez uma ampla pesquisa e todo o conteúdo relevante possível disponível (em fontes fiáveis) já está no artigo. E para discordar do destaque, tem que dizer qual o conteúdo (disponível em fontes fiáveis) que não foi adicionado ao artigo.
Também não há notoriedade. Se o artigo existe então ele tem notoriedade para estar em uma enciclopédia, notoriedade esta suficiente para merecer o destaque, pois o destaque é sobre o conteúdo do artigo e não sobre o tema do artigo.
Rjclaudio msg 02h45min de 21 de agosto de 2013 (UTC)

paginação[editar | editar código-fonte]

tenho sentido alguma dificuldade em decidir como citar a paginação do material consultado. isso vale para todos os artigos, mas especialmente para os destacados, uma vez que em nosso critério 7.2 se declara que as referências "devem conter as páginas específicas pesquisadas". no entanto, em se tratando de artigos científicos, o costume não é citar as páginas individualmente, mas todas as que compõem o artigo, a exemplo de Cooper, Caren B. "Media literacy as a key strategy toward improving public acceptance of climate change science". In: BioScience, 2011; 61 (03):231-237 (exemplo tirado de Impactos do aquecimento global no Brasil). muitas vezes não usamos todas as páginas para subsidiar nosso texto, mas permanece a inconsistência em relação ao nosso critério. outras vezes, no caso de livros, um trecho pode precisar de um grande número de páginas para ser referenciado, onde muitas vezes as páginas são descontínuas. um exemplo: Moles, Abraham. O Kitsch; a arte da felicidade. Perspectiva, 1998, pp. 10-11; 26-27; 32; 38; 40; 61; 74 (exemplo tirado de Kitsch), coisa que me parece visualmente desagradável e até um tanto absurda, mais valeria citar "pp. 10-74", mas assim perder-se-ia a precisão. outros documentos, como pareceres, sumários executivos e relatórios, podem ser bastante breves, com dez ou vinte páginas, e questiono se haveria real utilidade de identificar as páginas individualmente, pois os considero semelhantes aos artigos científicos. um problema derivado da exatidão é a multiplicação de referências na seção respectiva, por exemplo, Fulano, p. 17; Fulano, pp. 18-19, Fulano, p. 23; Fulano, pp. 30-33 (hipotético, mas muito comum na realidade), quando se poderia usar o "ref name" agrupando pp. 17-33 e reduzindo o número de entradas na lista de refs. há uma aparente oposição, em nosso critério, entre a exatidão exigida e a praticidade/usos consagrados. o que os amigos pensam a respeito? finalmente, há os casos em que a paginação não é mostrada no documento original, que pode ser longo, mas pode ser "descoberta" por outros meios. pensando na acessibilidade, seria válido paginar a citação, mesmo não sendo a paginação oficial? Tetraktys (discussão) 05h57min de 28 de setembro de 2013 (UTC)

Regra geral, quando o artigo recorre extensivamente a citações da mesma obra, só variando o número de páginas, prefiro sempre usar {{harvnb}}, o que reduz drasticamente a poluição visual mas permite na mesma manter a precisão do número de página, só que de forma minimalista. Antero de Quintal (discussão) 17h29min de 28 de setembro de 2013 (UTC)

mudança na regra de votação[editar | editar código-fonte]

proponho alterar a regra de votação que se refere à qualificação do voto. atualmente temos: "Qualificação do voto: Todos os votos devem ser justificados, tendo como parâmetro os critérios definidos na regra segunda. As justificativas de votos para artigo bom ou artigo normal devem listar todos os problemas encontrados, a fim de que o proponente possa corrigi-los". a prática cotidiana tornou a regra sem efeito, só justificamos quando encontramos problemas, e por isso cabe adequar a regra à realidade. a proposta então é definir que a justificativa é exigida apenas nos casos de voto negativo, ou bom quando há a possibilidade de destaque.

A redação ficaria algo assim: "4. Qualificação do voto: Todos os votos negativos (opção Artigo de qualidade 4 ou inferior), assim como os votos para artigo bom quando existe a opção de destaque, devem ser justificados tendo como parâmetro os critérios definidos na regra segunda, listando todos os problemas encontrados, a fim de que o proponente possa corrigi-los". etc Tetraktys (discussão) 21h04min de 3 de novembro de 2013 (UTC)

Não só a prática quotidiana, como também houve um consenso há uns meses na esplanada em que realmente não faz sentido ter que justificar votos na categoria máxima. Nunca se chegou a adaptar as regras, mas com base nisso penso que se pode modificar de imediato com segurança. Antero de Quintal (discussão) 21h08min de 3 de novembro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo. Eu fui vendo alguumas votações nos últimos dias, realmente não é sempre que justificam ou colocam um "ok". É algo binário, cumpre ou não, não precisa ficar justificando se cumpre os critérios quando cumpre, mas considero que quando não cumprir seria adequado justificar(seria o mais racional a se fazer). TheVulcan (discussão) 21h16min de 3 de novembro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo, sem ressalvas. Filipe Ribeiro Msg 21h26min de 3 de novembro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo --Stegop (discussão) 22h25min de 3 de novembro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo Chronus (discussão) 22h26min de 3 de novembro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo --Rena (discussão) 04h50min de 4 de novembro de 2013 (UTC) Só espero que com erra reformulação o pessoal também aprenda, mais do que justificar, justificar direito. Já houve, e ainda há, dezenas de casos onde aqueles que votam contra ou para bom quando é proposta de AD usam de uma justificativa muito superficial, que muitas vezes não aponta nada, ou quase nada, dos problemas do artigo.--Rena (discussão) 04h50min de 4 de novembro de 2013 (UTC)

bem, como vários colegas já opinaram e como há unanimidade, vou fazer a mudança. se surgirem contestações mais tarde, o que acho improvável, então voltamos ao início e debatemos. Tetraktys (discussão) 06h36min de 4 de novembro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo José Luiz disc 08h27min de 4 de novembro de 2013 (UTC)
Também Symbol support vote.svg Concordo, nada a acrescentar. Tiago Abreu 10h19min de 4 de novembro de 2013 (UTC)
Symbol support vote.svg Concordo Kenchikka (discussão) 13h05min de 4 de novembro de 2013 (UTC)

Adicionar link para vigiar a lista de novas candidaturas[editar | editar código-fonte]

Seria útil um link para vigiar a Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Lista, tem que colocar https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Wikip%C3%A9dia:Escolha_do_artigo_em_destaque/Lista&action=watch&action=watch. Vigiar essa página permite acompanhar as novas candidaturas pelas Páginas vigiadas, isso aumentaria a participação, comentários e sugestões de melhorias, além de ser muito cômodo e prático não ter que ficar visitando aqui de vez em quando para ver se tem novas. TheVulcan (discussão) 01h26min de 8 de novembro de 2013 (UTC)

Se vigiar Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Lista é possível tomar conhecimento das novas candidaturas... Kenchikka (discussão) 03h23min de 8 de novembro de 2013 (UTC)
Sim eu sei disso, mas a Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Lista está transcluída na Wikipédia:Escolha do artigo em destaque e quem consulta a página não sabe disso e se uma pessoa vigiar a Wikipédia:Escolha do artigo em destaque ela não será informada das novas candidaturas. Daí a importância de um link de vigiar a Wikipédia:Escolha do artigo em destaque/Lista do tipo "Acompanhe as novas candidaturas adicione essa página às suas Páginas vigiadas"(aonde o sublinhado seria o link) para chamar mais usuários para acompanharem o que acontece por aqui para ter os benefícios que descrevi acima, quanto mais gente vigiando melhor. TheVulcan (discussão) 03h51min de 8 de novembro de 2013 (UTC)
Não sei se entendi direito, mas você se refere a isso? Filipe Ribeiro Msg 15h54min de 8 de novembro de 2013 (UTC)
Isso, algo assim. TheVulcan (discussão) 16h26min de 8 de novembro de 2013 (UTC)

Information icon.svg Informação Eram 189 no início desse tópico(8/nov), agora já são 193 vigiando, daria até para destacar um pouco mais a frase, quanto mais pessoas vigiando melhor. TheVulcan (discussão) 09h14min de 20 de novembro de 2013 (UTC)

Criação de script para automatizar a criação e fechamento das candidaturas[editar | editar código-fonte]

Estava pensando em criar um script para facilitar as coisas por aqui, da mesma forma como ocorre na Esplanada. Ele iria realizar todos os procedimentos para se criar/fechar uma EAD/EAB de maneira automatizada.
Concordam? Silent (discussão) 17h59min de 8 de novembro de 2013 (UTC)

Já comecei a trabalhar no gadget. Quem quiser testar, é só entrar nesse link. Atualmente ele só cria as votações. Silent (discussão) 15h07min de 24 de novembro de 2013 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio! Quanto mais pudermos facilitar e automatizar o processo da EAD, melhor. Chronus (discussão) 15h19min de 24 de novembro de 2013 (UTC)

Regras de votação.[editar | editar código-fonte]

Tantas vezes me criticaram por colocar por vezes artigos em votação que têm secções sem referencias. Mais comum a secção "enredo" por ser difícil encontrar referencias fidedignas. Qual não é meu espanto que um dos últimos artigos que coloquei em votação tem secções sem fontes/referencias e entretanto já acabou a votação e o artigo teve sete votos a favor do destaque e nenhum contra.!!!!!!!! Começo a pensar que o que está em causa não é a qualidade do artigo mas a popularidade deste. Por isso aqueles artigos populares em que o Brasil está ou não directamente ligado têm mais votantes, por serem mais populares. Curiosamente o artigo em questão deve ser popular também por ter sido considerado destaque mesmo sem fontes. Ou então as pessoas que votaram não o leram. Mas pronto. mais um artigo que fica destacado na wiki com minha ajuda. --Edviges (discussão) 14h48min de 10 de fevereiro de 2014 (UTC)

vc já devia saber que a wikipédia não prima pela coerência e, sob o argumento de que "não existem regras além dos cinco pilares", o pessoal faz o que bem entende rsrs Tetraktys (discussão) 15h29min de 10 de fevereiro de 2014 (UTC)
Eu não percebi que tinha partes sem fontes, mas ainda bem que eu não votei a favor do destaque. Edviges, os artigos destacados devem ser realmente excelentes artigos e que cumpram todas as regras, se a gente tiver a ideia de sair colocando estrelinhas em vários artigos só por colocar (no pensamento que quanto mais melhor, sem a qualidade devida), isso perde a razão de ser. Vai ficar como na Wikipédia em espanhol, lá os artigos "destacados" não valem um centavo, os "bons" muito menos, não tem credibilidade nenhuma para ser, por exemplo, traduzido para outra língua. Artigos cheios de problemas, sem fontes, sem limite de tamanho (vejam que vergonha é o artigo destacado deles es:México, um amontoado bizarro de informações sem fontes, e sem wikificação adequada). Então eu lhe peço que reflita sobre isso, e se tiver um artigo com trechos sem fontes, por favor, não o candidate a artigo destacado ou bom, porque desse modo você está colaborando para baixar o nível dos nossos artigos destacados, além de fazer com que os usuários interessados em analisar artigos para votação (que já são poucos) percam tempo analisando um artigo que o próprio proponente já sabe que não merece a estrela de destaque. Com relação ao artigo Dante (Devil May Cry) o destino dele é a revalidação para perder a estrela, isso é pelo bem da Wikipédia. W.SE (discussão) 15h30min de 10 de fevereiro de 2014 (UTC)

A um tempo atrás falei para se fazer um bot para fazer uma análise rápida e automática de todos os artigos que vão para EAD e colocar um resultado preliminar na página, assim que a EAD é criada. Veria se o artigo está dentro dos limites de tamanho, se todas as ligações externas estão funcionando, se tem algum link para desambiguação, se todas as seções tem pelo menos uma ref, etc. Coisas simples e óbvias de serem vistas (ao menos para bot). Encontrando problemas indicaria isso, por exemplo, uma seção sem ref só listar quais as seções não tem ref. E se a seção não precisasse se ref é só o proponente explicar.

Não seria nada conclusivo / impeditivo, apenas uma referência para ajudar os usuários a avaliarem o artigo, e evitar que vários usuários buscassem os mesmos problemas óbvios nos artigos causando um retrabalho. E já ajudaria o proponente a arrumar ou explicar o problema logo no início, evitando algum voto contra que depois dá trabalho para mudar.

Poderia até seguir os parâmetros da avaliação automática. O danilo.mac tava fazendo um modulo para isso, poderia adaptar algo para cá. Rjclaudio msg 15h52min de 10 de fevereiro de 2014 (UTC)

Não acho que o artigo deva perder a estrela. O artigo é óptimo e excelente. Apenas fiquei admirado só isso e rapidamente consigo cobrir a secção com fontes/referencias fidedignas. Apenas acho que se deve ter mais atenção nos votos que se dão e não colocar voto só porque é popular...--Edviges (discussão) 15h55min de 10 de fevereiro de 2014 (UTC)
Não é questão de "achar": se a regra diz que tem que estar todo coberto por fontes, e um artigo não está, pronto, ele não deve ser destacado. Bem simples. Com certeza quem votou em destaque deveria ter sido mais atento, e também você que propôs deveria ter tido boa-fé e assumir que ele não merece o destaque pois não cumpre um dos critérios. W.SE (discussão) 16h01min de 10 de fevereiro de 2014 (UTC)
Eu próprio não reparei. Não fui o único a editar profundamente no artigo. Já coloquei fontes de confiança na secção correspondente. Feito--Edviges (discussão) 16h07min de 10 de fevereiro de 2014 (UTC)

EAD de Patu[editar | editar código-fonte]

Alguém pode votar aqui. A votação acaba dentro de duas horas e meia e só falta um único voto para que possa ser eleito bom. Normalmente, eu não voto em EAD's, muito menos nas que eu mesmo proponho, por isso se algum usuário votar antes do prazo se encerrar, eu agradeceria muito. Marquinhos diga aí 18h45min de 5 de abril de 2014 (UTC)

limite de tamanho[editar | editar código-fonte]

olá pessoal! gostaria de propor uma ampliação no limite de tamanho máximo para os AD. Agora temos o parâmetro de 190kb, mas para alguns artigos muito complexos esse limite acaba se revelando um problema, obrigando os editores ou a economizar nas refs ou no texto. nada disso é o ideal em termos editoriais. estou consciente das eventuais dificuldades de navegação para páginas grandes, mas observo que esse limite muito raramente será ultrapassado. a maioria dos nossos destacados nem chega perto do limite, e não acredito que essa mudança possa causar qualquer dano apreciável na navegação, ainda mais que a todo dia a tecnologia se aperfeiçoa e os sistemas se tornam mais ágeis, ao passo que vai favorecer o destacamento de alguns bons trabalhos que ainda não podem sê-lo exclusivamente pelo seu tamanho em excesso. não sei exatamente o que podíamos fazer, se simplesmente eliminar o conceito de tamanho máximo ou estabelecer um novo valor. eu preferia deixar em aberto, mas talvez passar para 250 kb provavelmente iria resolver todos os casos. Tetraktys (discussão) 16h18min de 22 de setembro de 2014 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo em partes. Acho que um limite de 210 kb já seria suficiente. Chronus (discussão) 19h38min de 22 de setembro de 2014 (UTC)

Mudança no limite de tamanho de artigos destacados

Olá. O Tetraktys propôs na discussão da WP:EAD que alterássemos o limite estabelecido de 190kb para verbetes destacados para 250kb. Eu concordei parcialmente, visto que acredito que algo em torno de 210/220kb já seria suficiente. Enfim, como ninguém se manifestou lá, trago a discussão para a Esplanada. O limite de 190kb para destacados ainda se justifica? Qual a posição da comunidade? Chronus (discussão) 19h55min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Symbol support vote.svg Apoio A mudança, nunca fui a favor de restringirem o limite de tamanho de artigos e anexos(listas). Cada tipo de assunto tem a sua quantidade aquedada que varia. Cada artigo é um caso. Mas concordo que devem haver uma proporção aquedada para evitar artigos muitos extensos que podem prejudicar de alguma forma. Mas foi discutido pelo He7d3r que o tamanho deve ser contato com a quantidade de códigos wiki e não apenas os números de bytes brutos em si. Vitor MazucoMsg 20h47min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Eu concordo com o tamanho que foi decidido. Não é por uma questão técnica, mas para limitar a quantidade de texto. Poder-se-ia manter na mesma os 190 kb e introduzir a possibilidade de alguma flexibilidade até aos 200 kb se houvesse acordo na eleição para a necessidade de tal, mas mais do que isso é um exagero de texto. Antero de Quintal (discussão) 22h23min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Outra hipótese é limitar de acordo com o número de caracteres de texto simples, e não de kb. Antero de Quintal (discussão) 22h27min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Isso de tamanho limite é muito relativo. Essa página mesmo, tem 98.882kB de texto, porém se eu inclui-la em uma outra página qualquer, o tamanho dessa outra será de apenas 98 bytes, porém o texto será exatamente o mesmo dessa. E se alguém resolve fazer isso em um artigo candidato? Quebra-lo em páginas menores e incluir no artigo mãe, afim de "diminuir o tamanho"? Na minha opinião, deve-se extinguir o isso de tamanho limite, pois não é algo claro e não reflete a realidade. Ele diz respeito apenas ao texto do código-fonte da página, e não ao seu resultado final. !Silent (discussão) 22h37min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

A página Brasil mesmo, tem 192kB (acima até do permitido) de texto no código-fonte, mas vocês acham mesmo que o tamanho final dele é só esse mesmo? E se eu lhes disse que o tamanho final dele é de 873kB? Viram que não tem lógica isso? !Silent (discussão) 22h42min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Tem lógica no sentido em que se 190kb do código fonte são na realidade ~1mb, então se o limite do código fonte fosse o dobro, o total transferido também seria o dobro. Independentemente de se considerar o valor-limite no código fonte ou no total de dados transferido, tem que haver um limite. E entre esses dois parâmetros, o único limite que é possível quantificar e controlar é ao nível do código fonte. Antero de Quintal (discussão) 22h48min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Esses 190kB podem valer 873kB, assim como podem valer 300kB, 500kB, 1MB, 2MB. O tamanho final é incerto, e o que vai definir isso são as predefinições que foram incluídas nas páginas. O artigo Avril Lavigne por exemplo, tem 184kB (quase o mesmo do artigo Brasil), porém o tamanho final é de 488kB, quase metade. Continuo dizendo: essa forma de predizer o tamanho das páginas é algo arbitrário. !Silent (discussão) 23h01min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
Qual seria a solução então? Deixar sem limites qualquer? Não existe nenhum meio legítimo o suficiente para medirmos o tamanho real de artigos? Chronus (discussão) 23h04min de 16 de novembro de 2014 (UTC)
@!Silent: E é possível controlar a quantidade de dados transferida, em vez de no código fonte? Antero de Quintal (discussão) 23h08min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

eu acho que não deveria haver limite de tamanho. artigos importantes e complexos tendem a ser grandes, e olhando outras enciclopédias, como a Britannica, vejo artigos simplesmente quilométricos. como sempre se diz que a Wiki não é de papel, por que estabelecer limites que são em tudo arbitrários? há talvez a dificuldade de navegação para alguns usuários, mas penso que a tecnologia avança a passos largos todos os dias e os equipamento mais limitados tendem a desaparecer. nesse sentido, por qual medida vamos padronizar a acessibilidade? pelos telefones celulares, que já podem acessar a internet mas têm tamanho mínimo? isso deveria nos impor o uso de imagens microscópicas e apenas dois parágrafos de texto, por exemplo? vejam que não há um parâmetro uniforme nos aparelhos e por isso não precisamos ficar excessivamente vinculados a eles. em nosso caso, acho que a informação mais rica e completa deveria estar em primeiro plano em nossos pensamentos. Tetraktys (discussão) 23h33min de 16 de novembro de 2014 (UTC)

Se não for para passar a contar o número de palavras no texto para comparar com um valor limite (a ser estabelecido), prefiro nem mexer nisso, pois acho que continuará dizendo muito pouco sobre a quantidade de conteúdo (que não tem tanta relação com o código wiki nem com o conteúdo compactado enviado entre o servidor e os clientes). Helder 00h29min de 17 de novembro de 2014 (UTC)
E sobre o tamanho das imagens, a tendência parece ser que o próprio software passe a determinar o tamanho a ser utilizado (design responsivo? ver bugzilla:67695, bugzilla:36198 e tópico na wikitech), em vez de os editores definirem isso explicitamente no código-fonte dos artigos. Helder 00h34min de 17 de novembro de 2014 (UTC)

Symbol question.svg Pergunta: E qual a conclusão de tudo isso? Deixaremos sem limite de tamanho? Ou passaremos a contar o número de palavras, conforme sugeriu o He7d3r? Chronus (discussão) 08h09min de 30 de novembro de 2014 (UTC)

Para avançar nesse sentido seriam importante saber se existe alguma forma de contabilizar automaticamente o número de palavras de um artigo, excluindo referências e ligações externas. Antero de Quintal (discussão) 15h31min de 30 de novembro de 2014 (UTC)
Não sei se ainda funciona, mas existe por exemplo o script en:User:Dr pda/prosesize. E acredito que também é viável fazer algo similar em lua (e para isso, talvez seja possível reutilizar parte do Módulo:Avaliação). Helder 16h29min de 30 de novembro de 2014 (UTC)

Proposta na esplanada para alterar o funcionamento das EAB/D[editar | editar código-fonte]

Foi aberta na esplanada a discussão Wikipédia:Esplanada/propostas/Realizar EADs por consenso (4dez2014). O título do tópico é enganador, uma vez que a proposta faz depender a transformação em consenso da criação de um grupo usuários com poderes especiais para avaliar os artigos. Além disso, também está a ser proposta a criação de dezenas de novas regras para EAB/D.

Como a proposta não parece ter tido a autoria de quem participa regularmente na avaliação ou proposta de artigos destacados, deixo aqui este request for comment. Antero de Quintal (discussão) 19h45min de 4 de dezembro de 2014 (UTC)

Obrigado por nos avisar. Luiz Fernando Fritz (discussão) 20h21min de 4 de dezembro de 2014 (UTC)