Wilson Kipketer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wilson Kipketer
Informações pessoais
Nome completo Wilson Kosgei Kipketer
Modalidade Atletismo
Nascimento 12 de Dezembro de 1972 (41 anos)
Kapchemoiywo, Quênia
Nacionalidade  Dinamarca
Compleição Peso: 64 kg Altura: 1,72 m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Sidney 2000 800 metros
Bronze Atenas 2004 800 metros
Campeonatos Mundiais
Ouro Gotemburgo 1995 800 metros
Ouro Atenas 1997 800 metros
Ouro Sevilha 1999 800 metros
Campeonatos Mundiais – Indoor
Ouro Paris 1997 800 metros
Campeonato Europeu
Ouro Munique 2002 800 metros

Wilson Kipketer (Kapchemoiywo, Quênia, 12 de dezembro de 1972) foi um atleta dinamarquês que dominou por uma década esta prova do atletismo e passou três anos sem ser derrotado mas nunca conseguiu ser campeão olímpico.[1]

Nascido no Quênia, Kipketer teve seu talento para as corridas notado na infância pelo grande campeão queniano Kip Keino que o indicou para estudar e treinar numa escola famosa por formar grandes corredores. Em 1990 ele foi para a Dinamarca estudar engenharia eletrônica na Universidade de Copenhagen através de um intercâmbio escolar para estrangeiros e gostou tanto do país que resolveu adotar a cidadania dinamarquesa.

Em 1995 competiu pela Dinamarca no Campeonato Mundial de Atletismo e conquistou sua primeira medalha de ouro nos 800m de um torneio internacional de alto nível, porém, por não ter ainda cidadania plena, ele foi impedido de participar dos Jogos de Atlanta em 1996 pelo Comitê Olímpico Internacional, apesar de ser o melhor corredor da distância no mundo, abrindo caminho para a vitória do norueguês Vebjørn Rodal.

No auge de sua forma, em 1997 Kipketer igualou o recorde mundial de dezesseis anos de duração do britânico Sebastian Coe (1m41s73) para os 800m em Estocolmo e partiu para quebrar por duas vezes o recorde mundial da prova. A primeira vez em Zurique (1m41s24) e logo em seguida estabelecendo em Colônia, na Alemanha, a marca de 1m41s11, que perdurou até agosto de 2010, quando David Rudisha estabeleceu o tempo de 1min41s09, no Meeting ISTAF Berlim.

Mesmo após contrair malária em 1998, Kipketer continuou competindo em alto nível mas apesar de ganhar novamente a medalha de ouro no Campeonato Mundial de 1999, perdeu a oportunidade de se sagrar campeão olímpico ao ser derrotado na final dos 800m dos Jogos de Sidney pelo alemão Nils Schumann.

A partir daí Kipketer começou a enfrentar lesões que afetaram seu rendimento e as vitórias começaram a escassear. Machucado e longe de suas melhores condições físicas, competiu em 2003 sem conseguir nenhum grande título e em 2004, num último grande esforço pelo ouro olímpico, participou dos 800m em Atenas 2004 mas conseguiu apenas a medalha de bronze. Encerrou a carreira em 2005.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências