Winry Rockbell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Winry Rockbell (Winry Elric Rockbell ao final do mangá) é uma personagem do anime/mangá Fullmetal Alchemist.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Winry é uma jovem mestre na arte de montar Automails. Cria tecnologia como ninguém, aprendendo com facilidade qualquer inovação. Por causa de seu fascínio, o melhor presente que pode receber não são jóias, brincos, nem roupa, são peças novas para Automails. Nasceu no dia 7 de Janeiro. Com um pavio curto, adora sair gritando com todos, demonstrando seu lado forte e dominante, sempre é grossa com as pessoas que a contrariam, mas às vezes é gentil com elas. Adora bater nos outros com sua chave de fenda, principalmente nos seus amigos, Edward Elric e Alphonse Elric. Possui um cão preto e branco chamado Den, que não possui sua pata frontal esquerda e, em seu lugar há um automail.

História[editar | editar código-fonte]

Winry era uma garotinha quando seus pais, médicos, partiram para a guerra. Ficou com sua avó, Pinako Rockbell. Cresceu triste sem seus pais, até receber a notícia da morte deles. Ficou triste, porém rapidamente achou alegria em dois novos amigos, Edward Elric e Alphonse Elric, dois vizinhos. Vivia com os dois, porém odiava os segredos entre eles. Eles brincavam de muita coisa, como quem iria se casar com a Winry. Um dia, a mãe dos dois, Trisha Elric, morreu. Os dois ficaram órfãos, já que o pai deles havia desaparecido. Pinako aceitou cuidar dos dois, enquanto eles morariam na casa deles. Um dia, os dois partiram com uma mulher, Izumi Curtis, para continuar aprendendo alquimia, já que eles sabiam o básico.

Seis meses depois eles voltaram, cheio de segredos. Winry só ficou sabendo do que se tratava quando uma armadura entrou na sua casa numa noite chuvosa segurando Ed sangrando sem o braço direito e a perna esquerda. A armadura pedia para salvar seu irmão, logo ela era Al. Winry soube que eles tentaram fazer uma Transmutação Humana para reviver a mãe deles, a situação deles foi o resultado disso. Foi quando apareceu um membro do exército, Roy Mustang, com Riza Hawkeye. Roy pediu para Ed virar um Alquimista do Estado. Winry percebeu que a Riza era muito bonita. Os dois partiram, e Ed decidiu seguir o conselho de Roy, se vendendo pro Exército. Para tanto, ele precisaria de Automail. Um ano depois, eles partiram.

Winry ficou esperando a volta dos dois, que só aconteceu quando Ed estava com seu braço destroçado. Junto com eles veio o Major Alex Louis Armstrong. Winry reconstruiu as Automails de Ed, implatando uma nova tecnologia, só que ela se esqueceu de colocar um parafuso. Ela ficou com medo de ter arriscado a vida do Ed com isso. Ao receber uma ligação dele pedindo para ela viajar até a Central, Winry imaginou que o braço dele estaria quebrado por causa desse parafuso, e ela foi o mais rápido possível. Ficou aliviada ao descobrir que o que aconteceu foi um erro de Ed. Para ficar na Central, Maes Hughes, amigo dos irmãos do Exército, aceitou deixá-la na sua casa por algum tempo. Ao chegar, pegou o aniversário da filha dele, Elysia, que completava três anos. Rapidamente as duas se afeiçoaram.

Ao voltar para o hospital, presenciou Alphonse Elric acusando Edward Elric, Pinako, Winry, todos, de criar uma falsa alma com falsas memórias, e mentir para ele. Ed ficou chateado e saiu. Winry bateu no Alphonse, que mudou de ideia ao ver o rosto de Winry. Rapidamente, os dois irmãos fizeram as pazes. Ao sair do hospital, Winry fica sabendo que os dois irão até Dublith, e passariam no meio do caminho por Rush Valley, o paraíso dos mecânicos de Automail. Ed concorda em levá-la junto.

Winry fica fascinada com o número de novidades sobre Automail. É quando Edward é roubado e perde o relógio que faz dele um Alquimista do Estado. Ele rapidamente encontra a ladra, Panynia. Ele a segue, só que ela é rápida por usar duas automails. Alphonse a prende com uma gaiola, mas ela atira um míssil de uma de suas pernas. Winry se fascina com as automails de Panynia e exige conhecer o mecânico dela. Panynia a leva até Dominico, um velho que mora nas montanhas com sua filha e genro. Ele não aceita alunos. Quando iam embora, a chuva começa a cair. A filha de Dominico, grávida, começa a entrar em trabalho de parto. A ponte está quebrada, logo Dominico segue por outro caminho atrás de um doutor. O bebê não quer esperar, logo Winry tenta se lembrar dos ensinamentos de seus pais e faz o parto. O bebê nasce saudável. Como forma de agradecimento, Dominico indica Garfield, um mecânico talentoso. Winry pede para ele e ele concorda em ensiná-la, apesar de querer ensinar os irmãos Elric, os dois bonitinhos.

Winry fica na casa dele algum tempo, atendendo os fregueses dele, ganhando respeito. De repente aparece Edward Elric. Eles vão visitar a cidade. Depois de algum tempo, um viajante, Ling Yao, come um pouco na casa de Garfield. Edward volta com sua automail destruída. Winry a conserta. Garfield pede para Winry viajar com os Elric, para descansar do trabalho, e ela aceita. Viajam Ling, Ed, Al e Winry. Ling conta que é filho do Imperador de Xing, mas ao chegar na Central é preso por ser um estrangeiro ilegal.

Winry fica no mesmo hotel os dois irmãos. Ao entrar no quarto, Alex Louis Armstrong, Major, pega Ed e o leva embora. Al e Winry ficam sozinhos. Al recebe um telefonema de Ed contando que o pai dos dois, Hohenheim, apareceu em Rizenbool, onde Ed estava. De volta no quarto, aparece Ling que avisa Al que os Homunculus estão atacando de novo. Al vai ajudá-lo. Ao voltar, sua armadura está danificada. O que ele tem que fazer é esperar Ed chegar.

Quando Ed chega, ele conta para Al que existe um jeito de fazer os dois voltarem ao normal. Winry se espanta com o jeito que Ed cresceu nos últimos tempos, então percebe,que poderia estar apaixonada há muito tempo. Ela decide fazer uma visita a Hughes e sua esposa, Glacier. Nesse dia ela recebe um jornal dizendo que Maria Ross era a suspeita do assassinato de Maes Hughes. Ela vai visitar Glacier, ficando muito triste. Numa de suas caminhadas pela cidade, fica sabendo que Scar, um assassino de Alquimistas, estava lutando contra Edward Elric e Alphonse Elric. Ao chegar no campo de batalha escuta Ed dizendo que Scar matou os pais da Winry. Ela sem pensar pega uma arma e aponta para Scar, que vai matá-la, mas hesita ao ver Ed a protegendo,se pondo na frente dela ,e a relembra do parto que tinha feito, suas maos serviam para a Vida, nao para a Morte ,emocionada e chorando, Winry abaixa sua arma, e vai embora.

De volta ao hotel, Winry recebe um telefonema de seus fregueses pedindo a volta dela. Ela decide voltar e ser mais forte.

Quando Edward Elric vai para o norte,Winry fica louca e diz que se Ed não trocar seu Automail, ele iria morrer.Quando o Führer descobriu ficou furioso,mandando buscarem Winry com ordem leva-la para norte,assim ela irá deixar o Automail dele adaptado para o frio e para nevascas,além de provar aos irmãos,trazendo-a lá que a vida de Winry estava em suas mãos. Quando Winry chega ao norte e encontra Ed e Al os dois ficam bravos e surpresos ao vê-la e acabam brigando com ela.Ainda sem saber de nada, Winry fica brava também e diz que estava preocupada com eles, nisso Kimbley,o alquimista rubro aproveita para avisar Ed e Al que a vida de Winry depende de como eles se comportarem. Depois de trocar o automail de Ed, Winry fica feliz ao ver que ele gostou do novo automail por ser mais leve e fica agitada por poder ver e aprender sobre os automails do norte.

Depois de uma reunião com Kimbley, Ed decide contar tudo à Winry e diz que ela está sendo mantida ali como uma refém para que Ed e Al continuem trabalhando como armas humanas, Winry fica com muita raiva, pois começa a se sentir como um peso para eles novamente. Então Ed decide aceitar a oferta de Kimbley, de que ele trabalharia como uma arma humana em troca da pedra filosofal e pediu para que eles pudessem começar pela busca do Scar dizendo que era por vingança, pois Scar matara os pais de Winry. Preocupada, Winry pergunta à Al se está tudo bem com Ed e Al diz que Ed só queria encontrar Scar para poder encontrar May, que eles acreditavm que poderia ensinar-lhes a waidanshu, o que poderia ser uma forma de recuperar seus corpos. Vendo essa atitude deles Winry decide ir junto com eles para encontrar Scar, pois queria muito ajudar em alguma coisa, não queria mais ser um peso. Convence Kimbley de que deveria ir para fazer a manutenção de Ed se fosse necessário.

Chegando no local das buscas Winry se esconde na armadura de Al e escapa das vistas dos militares á serviço de Kimbley. Ed e Al escapam e encontram May e o Dr Marco junto com Yoki. Todos se reúnem e discutem sobre a waidanshu, Marco mostra o livro de pesquisas do irmão de Scar e diz que nele poderiam estar as respostas, porém precisvam de Scar para decifrar algumas palavras que estavam escritas na língua dos ishbalianos, nisso ouvem um enorme barulho e Ed e Al veem que é Scar lutando e vão até lá para ver, Winry fica preocupada e vai atrás deles. Chegando no local no meio da luta contra Scar, atrai a atenção de todos e então Ed e Al aproveitam a distração de Scar e o prendem à parede, nisso chega o major Miles e alguns soldados do norte que pecebem que as quimeras com quem Scar lutava eram os soldados que Kimbley trouxera da cidade central e manda amarra-los. Quando Miles vai prender Scar, Winry se aproxima dele, os irmãos a seguram gritam para ela não se aproximar de Scar e ela diz que só quer conversar com ele, os irmãos a soltam e ela se aproxima de Scar e pergunta-lhe o porquê de ele ter matado seus pais. Scar diz que por mais que tentasse se justificar suas palavras não passariam de desculpas vazias para ela, nada mudava o fato de ele ter matado o casal rockbel e que ela tinha o direito de se vingar dele, Winry levanta e ajuda a estancar o sangue que Scar tinha em seu braço por conta do ferimento que obtera durante a luta e diz que sabia que seus pais fariam o mesmo, pois eles haviam salvado a vida de Scar e acreditava que isso tiha algum significado. Scar pergunta se ela o perdoava e ela diz para que ele não confunda as coisas, ela nunca perdoaria as injustiças que ele cometera, Ed Al olham preocupados para ela e ela diz que não choraria, afinal prometera que somente choraria se fosse por alegria. Então eles contatam Kimbley dizendo que haviam achado Scar, então Marco entra e pede para que não o levem pois precisavam dele para decifrar o livro de alquimia. Surge então uma difícil situação, pois eles não poderiam levar Scar para que pudessem decifrar o livro, deveriam esconder Winry para que ela não se tornasse refém novamente e a general Armstrong ordenara à Miles que ele levasse May para o forte, pois ela queria saber mais sobre a waindanshu também,Yoki sugere as minas, já que aquela era uma cidade de mineração, para que todos escapassem e chegassem ao forte enquanto Kimbley ficaria preso na nevasca que se aproximava, porém se Kimbley não encontrasse Winry ficaria desconfiado, ela então sugere que eles façam uma cena em que o Scar escapasse e a sequestrasse, os irmãos ficam contra a ideia por ser perigosa demais e acabam dicutindo com Winry, Miles ve kimbley se aproximando e manda eles se apressarem e decidirem o que fazer, Ed acaba cedendo e aceita a ideia, antes de saírem para encenar a fuga de Scar Winry tira os brincos e pede à Ed para guardá -los e assim todos conseguem enganar Kimbley e escapam.

Nota-se que no final do mangá Winry aparece com os dois filhos que teve com Edward.