Wolfgang Iser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Wolfgang Iser (Marienberg (Saxônia), Alemanha, 22 julho 192624 janeiro 2007 foi professor de Inglês e Literatura Comparada na Universidade de Constance na Alemanha. Junto com seu colega Hans Robert Jauss, Iser é o maior expoente da Teoria da recepção, que fundamenta suas bases na própria crítica literária alemã.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ato Da Leitura. V.1 e 2 EDITORA 34, 1996 e 1999.
  • Ficticio e o Imaginario. RJ: Eduerj, 1996.
  • Futuro da Universidade. RJ: Eduerj, 2002.
  • Literatura e o Leitor SP: PAZ E TERRA, 2011.
Alemão
  • Die Weltanschauung Henry Fieldings (1952)
  • Walter Pater. Die Autonomie des Ästhetischen (1960)
  • Der implizite Leser. Kommunikationsformen des Romans von Bunyan bis Beckett (1972)
  • Der Akt des Lesens. Theorie ästhetischer Wirkung (1976)
  • Laurence Sternes "Tristram Shandy". Inszenierte Subjektivität (1987)
  • Shakespeares Historien. Genesis und Geltung (1988)
  • Das Fiktive und das Imaginäre. Perspektiven literarischer Anthropologie (1991)
Inglês
  • Implied Reader. NY: JOHNS HOPKINS (1978)
  • Act of Reading - A Theory of Aesthetic Response. NY: JOHN HOPKINS (1980)
  • Prospecting: From Reader Response to Literary Anthropology. NY: JOHN HOPKINS (1989)
  • Staging Politics: The Lasting Impact of Shakespeare's Histories
  • The Range of Interpretation (2000)
  • How to Do Theory (2006)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.