Wolfgang Köhler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

eWolfgang Köhler (Reval, Estônia, 21 de janeiro de 1887 - Estados Unidos, 1967), foi um dos principais teóricos da Psicologia de Gestalt, considerado o porta voz do movimento devido aos seus livros escritos com cuidado e precisão.[1]

Nasceu na Estônia em 1887 e com cinco anos se mudou para o norte da Alemanha. Estudou em universidade em Tübinger, Bonn e Berlim, e doutorou-se orientado por Stumpf, na Universidade de Berlin, em 1909.

Passou ainda sete anos estudando comportamento animal. Em 1910, estabeleceu uma colônia de chimpanzés nas Ilhas Canárias, registrando o trabalho em um volúmero considerado clássico, nomeado The mentality of the apes (1917).

Em 1920 escreveu o livro Static and stacionary physycak gestalts, onde Köhler sugere que a teoria da Gestalt consistia em uma lei geral da natureza que pode ser amplamente aplicada em todas as ciências.

Em 1922 Köhler se torna professor de psicologia da Universidade de Berlim.

Em 1929, publicou Gestalt Psychology, uma descrição completa do movimento da Gestalt. Deixando a Alemanha nazista em 1934 devido a divergências políticas.

Em 1956, recebeu o Prêmio de Destaque pela Contribuição Científica da APA, órgão que, em 1959, elegeu-o seu presidente.

Köhler faleceu no ano de 1967.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências