World Cosplay Summit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
World Cosplay Summit
世界コスプレサミット
Período de a(c)tividade 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014.
Local(is) Oasis21[1] em Nagoya, Japão
Data(s) Dia 5 de Agosto de 2007 (segundo o site oficial, no verão)
Página oficial http://www.tv-aichi.co.jp/wcs/ (em japonês)
World Cosplay Summit de 2008.

O World Cosplay Summit (世界コスプレサミット Sekai Kosupure Samitto) ou simplesmente "WCS" é um campeonato mundial de cosplay, organizado pela TV Aichi e que acontece na cidade de Nagoya, Aichi, no Japão.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Expo Dome, o local do Cosplay Championship de 2005.
Oasis21, atual local do Cosplay Championship.

O primeiro WCS aconteceu em 2003, como resposta a popularidade internacional de cosplay, feito por fanáticos de anime e mangá japonês e teve uma apresentação especial na Expo 2005, em Nagoya. O evento tem crescido ano a ano e passou a incluir 13 países com 28 cosplayers(até 2008) e engloba eventos como o Cosplay Osu Parade e Cosplay World Championship.

2003[editar | editar código-fonte]

O primeiro evento foi realizado em 12 de Outubro no Rose Court Hotel de Nagoya. Cinco cosplayers foram convidados, esses sendo provenientes da Alemanha, França e Itália; havia juízes e sessões de fotos.

A TV Aichi, organizadora do WCS, documentou a realidade dos mangás e dos animes em Frankfurt (Alemanha), Paris (França) e Roma (Itália), em um programa chamado "MANGÁ é uma língua franca do mundo" (MANGAは世界の共通語?). O mesmo foi exibido no dia 24 de Novembro.

2004[editar | editar código-fonte]

Foi realizado no dia 1 de Agosto na área comercial de Ōsu em Naka-ku, de Nagoya. Oito cosplayers foram convidados, sendo eles da Alemanha, França, Itália e Estados Unidos.

O Cosplayer Parade começou a ser realizada a partir deste ano. Cem cosplayers japoneses participaram da parada, junto com cosplayers estrangeiros.

2005[editar | editar código-fonte]

O evento teve dois lugares: o Cosplayer Parade foi feito em Ōsu em 31 de Julho e o Cosplay Championship aconteceu na Expo Dome no dia 7 de Agosto, durante o Expo 2005. Quarenta pessoas de sete países participaram do primeiro "Cosplay Championship", e a Itália ganhou o concurso.

O propósito desse evento foi animar a Expo 2005 em Nagoya, portanto, o organizador da Expo (a Associação Japonesa da Exposição Mundial de 2005) patrocinou o WCS de 2005.

O país vencedor da competição foi a ItáliaItália.

2006[editar | editar código-fonte]

O Cosplay Championship foi realizado pela primeira vez do estádio Oasis 21, em Higashi-ku, Nagoya. Nove países competiram (Itália, Alemanha, França, Japão, China, Espanha, Tailândia, Cingapura e Brasil), com o total de 22 cosplayers participantes.

O WCS ganhou o apoio do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MOFA) e do Ministério da Terra, Infraestrutura e Transportes (MLIT). Mais de 5000 pessoas participaram do evento Cosplay Championship.

O país vencedor da competição foi o BrasilBrasil.

2007[editar | editar código-fonte]

Novamente o Cosplay Championship foi realizado no Oasis 21. Neste ano doze países participaram, com um total de 28 cosplayers participantes de todo o mundo. Cerca de 10.000 pessoas assistiram ao evento.

Naquela noite, o "World Cosplay Summit 2007: Giza-Suge Yatsura ga yattekita Z!"(World Cosplay Summit 2007: O Super Cool Chegaram!) foi televisionado. O evento tornou-se uma parte do "Visite o Japão", campanha do MLIT em 2007.

O país vencedor da competição foi a FrançaFrança.

2008[editar | editar código-fonte]

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria (METI) começou a patrocinar o evento. Cerca de 300 cosplayers participaram da parada. Treze países, com um total de 28 cosplayers -cada um representando o seu país-, performaram no Campeonato na frente de 12.000 visitantes.

A TV Aichi transmitiu um documentário especial chamado "World Cosplay Summit 2008 -! Everyone's Heroes get together!".

O país vencedor da competição foi o BrasilBrasil (Segunda vitória)

2009[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2009, foi criada a "World Cosplay Summit Executive Committee" para apoiar o desenvolvimento e a expansão da WCS. O Osu Parade cresceu para 500 pessoas. Trinta cosplayers, representantes de 15 países, fizeram suas apresentações no Campeonato na frente de 12.000 visitantes.

O evento de apoio, "Primeiro Simpósio Internacional" foi realizado na Universidade de Nagoya, onde "EXTERIORMENTE: Impacto Mundial do Cosplay e Interpretações no Japão" foi discutido.

O país vencedor foi o JapãoJapão.

2010[editar | editar código-fonte]

Uma nova categoria de 50 pontos de bônus foi adicionado ao julgamento. Nessa edição, a Malásia se torna o 16º país a participar do World Cosplay Summit, tendo a sua estreia apenas no ano seguinte.

O país vencedor foi a ItáliaItália (Segunda vitória).

2011[editar | editar código-fonte]

Os Países Baixos entra para a competição.

O país vencedor foi o BrasilBrasil (Terceira vitória).

2012[editar | editar código-fonte]

Rússia, Reino Unido e Indonésia entram na competição, tendo assim, 20 países participantes.

O país vencedor foi o JapãoJapão (Segunda vitória)

2013[editar | editar código-fonte]

Vietnã, Filipinas, Hong Kong, Taiwan e Portugal entraram no evento como "Nações Observadoras".

O país vencedor foi a ItáliaItália (Terceira vitória)

Histórico do Brasil no World Cosplay Summit[editar | editar código-fonte]

Em 2006, logo em sua primeira participação, o Brasil, sagrou-se campeão, ao levar a dupla formada pelos irmãos Maurício e Mônica Somenzari. A dupla trajava cosplays do mangá Angel Sanctuary, respectivamente, o anjo inorgânico Rociel e ela a anjo orgânico Alexiel.

Os irmãos realizaram uma performance envolvente, unindo interpretação, luta, teatro e diálogos em japonês. Superando as favoritas, as duplas do Japão, Itália e de outros países.

No ano de 2007, Thaís Jussim(Yuki) e Marcelo Fernandes(Vingaard) representaram o país com cosplays de InuYasha, no entanto neste ano o Brasil não teve a mesma sorte e acabou não ficando nem mesmo entre os 3 primeiros colocados.

No ano de 2008, Gabriel Niemietz(Hyoga) e Jéssica Campos(Pandy) foram os representantes brasileiros, reproduzindo o anime Burst Angel(Bakuretsu Tenshi). Eles venceram a etapa brasileira, disputada com outras 14 duplas de todo o Brasil, na final realizada no teatro Elis Regina no Anhembi, em pleno evento de comemoração dos 100 anos da imigração japonesa. A dupla Gabriel e Jéssica, usando a mesma performance utilizada no Brasil, também venceu o WCS no Japão, enfrentando outros 12 países, tornando assim, o Brasil o único país bicampeão do WCS até 2010(pois a Itália também se tornou bicampeão do evento).

Em 2009 o Brasil foi representado no Japão pela dupla Juno Cecilio e Renan Aguiar(Mãozinha) com cosplays de One Piece, no entanto, a dupla foi prejudicada devido à proibição dos personagens da editora Shueisha, sendo obrigados a criar uma nova apresentação e novos cosplays em apenas duas semanas. Mais uma vez o Brasil não obteve êxito, não ficando também nem mesmo entre os 3 primeiro colocados.

Em 2010, o Brasil foi representado no Japão pela dupla Gabriel Niemietz(que, curiosamente, participou do WCS em 2008 e saiu vitorioso, junto com Jéssica Campos) e Gabrielle Valério, mas, como em 2009, não teve êxito, porém, ficou entre os 3 primeiros lugares.

Em 2011, o Brasil foi representado no evento pela dupla Maurício Somenzari Leite Olivas e Mônica Somenzari Leite Olivas (que participaram do evento em 2006 e foram campeões) e ganharam a competição, fazendo do Brasil tri-campeão do World Cosplay Summit e o país com mais vitórias.[2]

Em 2012, o Brasil enviou a dupla Bruno Lorandi e Débora Guerra para representar o país e os mesmos conseguiram conquistar o quarto lugar, além do prêmio de Melhor Personalização de Peruca.[3]

Em 2013, o Brasil novamente foi representado pela dupla Maurício Somenzari Leite Olivas e Mônica Somenzari Leite Olivas e os mesmos conseguiram conquistar o quarto lugar.

Para 2014, o Brasil enviará a dupla Tiago Diemer e Bruno Pazzim que conseguiram o direito de representar o país conseguindo o 2º lugar em 2013, mudança essa feita para o Brasil se ajustar com o calendário do WCS.

Países participantes[editar | editar código-fonte]

Em negrito, países que estrearam na competição.

Nações Observadoras: Vietname Vietnã, Filipinas Filipinas, República da China Taiwan, Hong Kong Hong Kong e Portugal Portugal.

Jurados[editar | editar código-fonte]

Leiji Matsumoto foi jurado do WCS na edição de 2005.
Hironobu Kageyama foi jurado da edição de 2010 do evento.
Ano Jurados
2005 Leiji Matsumoto
Hironobu Kageyama
Ippongi Bang
Akifumi Takayanagi (TV Aichi)
Shin Nagai (Tokyo Mode Gakuin)
2006 Go Nagai
Hiroshi Kitadani
Essai Ushijima (crítico de Cosplay)
Yuji Tokita (MOFA)
2007 Monkey Punch
Ichirou Mizuki
Essai Ushijima (crítico de Cosplay)
Yuji Tokita (MOFA)
Ken Nagata (MLIT)
2008 Yumiko Igarashi
Rica Matsumoto
10 juízes gerais
2009 Tōru Furuya (Seiyū)
Go Nagai
Ichirou Mizuki (cantor)
Hamada Britney
2010 Tōru Furuya (Seiyū)
Hironobu Kageyama
Himeka (cantora)
Hiroyuki Kobayashi (Sengoku Basara)
Nobuyuki Takahashi (Inventor do termo "Cosplay")
2011 Tōru Furuya (Seiyū)
JAM Project (Hironobu Kageyama, Masaaki Endoh, Masami Okui, Yoshiki Fukuyama e Hiroshi Kitadani)
Inui Tatsumi (Administrador do site Cure)
Takaaki Kitani
Masaaki Nagase (Editor-chefe, Tokai Walker)
2012 Tōru Furuya (Seiyū)
Go Nagai
Inui Tatsumi (Administrador do site Cure)
May'n
Rica Matsumoto
2013 Tōru Furuya (Seiyū)
Tomokazu Sugita (Seiyū)
Inui Tatsumi (Administrador do site Cure)
Mel Kishida (Ilustrador)
Ikenotani Ken (Produtor ACOS)

Resultados[editar | editar código-fonte]

Performance dos cosplayers brasileiros, os grandes vencedores do WCS de 2008.
Ano Campeão Vice-campeão Prêmio especial do "Brother Industries"
2005
1, 2
Itália Giorgia Vecchini
Francesca Dani
Emilia FATA LIVIA
Japão Nakamura-han
2006
3
Brasil Maurício Somenzari Leite Olivas (Mah Psylocke)
Mônica Somenzari Leite Olivas (Kawaii Aeris)
Japão Mariko
Cyoko
Japão Goldi
Aoisakuya
2007 França Damien Ratte
Isabelle Jeudy
Japão Kikiwan
Naoki Shigure
México Linaloe Rodriguez Rivera(Linamoon)
Alejandra Rodriguez Rivera(Yunnale)
2008 Brasil Jéssica Moreira Rocha Campos (Pandy)
Gabriel Niemietz Braz (Hyoga de toalha)
República Popular da China Zhao Chin
Zhang Li
Japão Yui
Mino
2009 Japão YuRi
RiE
Espanha Bereniç Serrano Vidal (Piruletosa)
Laura Fernández Ramos (Madoka)
Estados Unidos Elizabeth Licata (fatwetdog)
India Davis (Dia)
2010 Itália Luca Buzzi
Giancarlo Di Pierro
Brasil Gabriel Niemietz
Gabrielle Valério
Tailândia Orawan
Patawicoon
2011 Brasil Maurício Somenzari Leite Olivas
Mônica Somenzari Leite Olivas
Itália Marika Roncon
Daniela Maiorana
Austrália Tessa Beattie
Jessica L. Allie
2012 Japão Yukari Shimotsuki
Kaito
Singapura Frank Koh
Valerie Seng
Singapura Frank Koh
Valerie Seng
2013 Itália Andrea Vesnaver
Massimo Barbera
Estados Unidos Cassandra May
Tiffany Tezna
Estados Unidos Cassandra May
Tiffany Tezna
  • ↑1 Grupo Campeão: França França (Pauline Mesa, Laurence Guermond Wendy Roeltgen)
  • ↑2 Campeão Individual: Itália Itália (Giorgia Vecchini)
  • ↑3 3º lugar: Itália Itália (Alessandro Leuti, Alessia de Magistris)

Representantes brasileiros no evento[editar | editar código-fonte]

Abaixo, a lista dos coplayers que representaram o Brasil durante os anos:

Ano As duplas
2006 Maurício e Mônica Somenzari (Campeões do WCS)
2007 Thaís Jussim e Marcelo Fernandes (Oitavo colocado do WCS)
2008 Gabriel Niemietz e Jéssica Campos (Campeões do WCS)
2009 Juno Cecilio e Renan Aguiar (Sexto colocado do WCS)
2010 Gabriel Niemietz e Gabrielle Valério (Segundo colocado do WCS)
2011 Mauricio e Mônica Somenzari (Campeões do WCS)
2012 Bruno Lorandi e Débora Guerra (Quarto colocado do WCS)
2013 Maurício e Mônica Somenzari (Quarto colocado do WCS)
2014 Tiago Diemer e Bruno Pazzim (Em disputa)

Organizações e eventos associados[editar | editar código-fonte]

As seguintes organizações realizam os concursos eliminatórios que elegem os representantes do país para o Cosplay Championship desde 2005 ou da estreia do país:

Antigas organizações e eventos associados[editar | editar código-fonte]

Fase de qualificação das organizações parceiras (a partir de 2012)[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

EUA[editar | editar código-fonte]

México[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.