Written on the Wind

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Lauren Bacall e Rock Hudson em cena do filme

Written on the Wind (br.: Palavras ao Vento, pt.: Escrito no Vento) é um filme estadunidense de 1956 do gênero Drama, dirigido por Douglas Sirk. O roteiro de George Zuckerman foi baseado em livro homônimo de Robert Wilder de 1945. O livro por sua vez conta a versão de um escândalo verdadeiro que envolveu Libby Holman e seu marido, o magnata do tabaco Smith Reynolds, filho de R.J. Reynolds. Zuckerman mudou o local dos acontecimentos, que passou da Carolina do Norte para o Texas, trocando a riqueza do tabaco pela do petróleo. Os nomes dos personagens também foram mudados.

Esse foi o sexto dos oito filmes de Douglas Sirk com Rock Hudson. Ele e os outros dois protagonistas, Dorothy Malone e Robert Stack, voltaram a ser reunidos pelo diretor no filme do ano seguinte, The Tarnished Angels. O fotógrafo Russell Metty colaborou com o diretor em seis filmes.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Os filhos do magnata do petróleo Jasper Hadley são dois jovens com grandes problemas emocionais. São eles a auto-destrutiva e ninfomaníaca Marylee e seu inseguro e alcoólico irmão Kyle. Os dois cresceram com Mitch Wayne, filho de um rancheiro amigo de Jasper. Mitch se torna um geólogo e empregado da companhia Harder. Ele é responsável e tenta proteger Kyle das encrencas, enquanto evita o assédio de Marylee.

Quando em Nova Iorque, Kyle e Mitch conhecem e se apaixonam pela sedutora publicitária Lucy Moore. Kyle não perde tempo e usa de todos os meios para seduzir Lucy. Ela resiste, mas acaba cedendo quando Kyle a pede em casamento, para desgosto de Mitch que não contara a ninguém sobre seus sentimentos.

Depois de um ano de casamento, Lucy não consegue engravidar e o médico diz para Kyle que ele é estéril. Kyle se desespera e volta a beber. Lucy se aproxima de Mitch, o que faz com que desperte ciúmes na dupla de irmãos. Lucy conta à Kyle que está grávida e ele não acredita ser o pai, acusando-a e a Mitch de traição.

Premiação[editar | editar código-fonte]

  • Dorothy Malone venceu o Oscar como melhor atriz coadjuvante. A atriz também foi indicada ao Globo de Ouro.
  • O filme foi indicado ao Oscar por melhor ator coadjuvante (Robert Stack) e melhor som .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]