GRCES X-9

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de X-9 de Santos)
Ir para: navegação, pesquisa
Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba X-9
Fundação 1 de maio de 1944 (70 anos)
Escola-madrinha Mangueira
Cores

Verde

vermelho

Branco
Símbolo Coroa
Bairro Macuco
Presidente Fabiano Paz (Dentinho)
Intérprete oficial Bolinha
Diretor de carnaval Adelson dos Santos Filho
Diretor de harmonia Junior
Diretor de bateria Mestre Waguinho
Rainha da bateria Ana Paula
Mestre-sala e porta-bandeira Thais Paraguassu e Robinson
Coreógrafo Alexandre
Desfile de 2014
Enredo "Bem ou mal mas fale de mim - Sou X-9 até o fim"

O GRCES X-9 é uma escola de samba da cidade de Santos. Seu nome foi inspirado numa revista em quadrinhos que levava o nome Agente X-9.

Dentre seus maiores incentivadores estão o casal Tia Inês e Cabo Roque, ambos já falecidos. Seu pavilhão foi batizado pela Estação Primeira de Mangueira.

História[editar | editar código-fonte]

A X-9 é a escola que mais títulos conquistou no município: após vencer o primeiro concurso na cidade em 1947, voltou a conquistar o título em 1949, 1950, 1952, 1953, 1955, 1956, 1964, 1973, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1981, 1983, 1990, 1995, 1996, 1998, 2008, 2011, 2012. Não houve desfiles em Santos no ano de 1999, e no período entre os anos de 2001 e 2005.

Além de vencer em São Paulo em 1948, 1949 (Taça Diários Associados), 1950, 1954 (Taça Radio Record), 1959 (Carnaval no Brás), 1964 (Concurso de Âmbito Estadual da Lapa) e 1969 (Campeã do Interior no Anhangabaú), a X-9 teve a primazia de desfilar no Grande Carnaval de Maio no Meyer, no Rio de Janeiro, em 1968, graças ao trabalho do Cabo Batucada e do apoio do legendário Natal da Portela.

Nos anos 70, alguns integrantes da escola fundaram na cidade de São Paulo, a escola de samba Filhotes da X-9, depois denominada X-9 Paulistana, que mais tarde viria a ser campeã do Carnaval da capital. O pentacampeonato obtido nos anos 70, marcou o período de ouro da escola, com sambas antológicos: Hoje é dia de Feira (1975); Peixinho Dourado (1976), Amor, saúde e negócios e tantos outros. Os enredos e os desfiles foram assinados pelo arquiteto, figurista e cenógrafo José Carlos Serroni, hoje renomado no meio artístico paulistano e brasileiro e José Roberto Arduim. Os desfiles da X-9 sempre são marcados por muita garra e entrega de seus componentes.

A X-9 de Santos, por ser a mais antiga agremiação em atividade na cidade, é conhecida como "a Pioneira"!

Em 2006 após obter nota máxima em todos os quesitos, terminou em penúltimo lugar no grupo principal, devido a falta de número mínimo de baianas, caindo para o grupo de acesso no ano seguinte. Mas em 2007 foi decidido que não mais haveria o tal grupo, o que gerou no meio do samba um sentimento de que estaria sendo beneficiada com uma "virada de mesa". Em 2008 foi campeã novamente, pela 21a vez, porém a escola de samba Mocidade Independente de Padre Paulo entrou com um recurso pedindo a perda de pontos da X-9 por esta ter usado um ponto de Ogum após a sirene do início do desfile ser tocada, o que seria considerado infração ao regulamento[1] .

No entanto, a ação proposta pela co-irmã, foi julgada improcedente - Processo n.562.01.2008.005466-9, que tramitou pela Segunda Vara da Fazenda Pública de Santos. Como não houve recurso, a X-9 foi de fato e de direito, a campeã de 2008.

Em 2009, a tradiconal escola da Baixada Santista homenageou a escola paulistana Unidos de Vila Maria, com o enredo Vila Maria explosão de alegria, no balanço da magia faz brilhar meu Carnaval[2] .

Em 2011 homenageou o teatrólogo e ex-secretário de Cultura de Santos, Tanah Corrêa, xisonviano de coração e grande incentivador da escola. Tanah é ainda pai do também ator de teatro, televisão e cinema Alexandre Borges que participou do desfile, ao lado da esposa e atriz Julia Lemmertz. Com um desfile contagiante, foi campeã pela 22a. vez Em 2012, com o enredo MAJESTOSO PALCO NEGRO, A NOITE, a escola vence mais uma vez o carnaval de Santos numa disputa acirrada com a Unidos dos Morros e levanta seu 23o. campeonato.

CURIOSIDADES[editar | editar código-fonte]

O nome X-9 está presente em algumas escolas do Estado, além da Capital, com a X-9 Paulistana, existem escolas com o mesmo nome em cidades como Taubaté, Ribeirão Preto, São Sebastião, entre outras.

Carnavais[editar | editar código-fonte]

X-9
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref
2009 Vice-campeã Especial Vila Maria, explosão de alegria, no balanço da magia faz brilhar meu carnaval Compositores:Fernando Negrão, Gustavo Santos, Rodrigo Correia e Marcinho Integração. Intérprete: Baby. [3]
2010 5ºlugar Especial Se a palavra tem mandinga, vem do Banto a nossa ginga. Comissão de Carnaval [4]
2011 Campeã Especial A X-9 a pioneira, saúda Tanah Correa e a arte na cultua brasileira. Gilson de Melo Barros
2012 Campeã Especial O majestoso palco negro - "A NOITE". Amarildo de Melo
2013 Não houve apuração Especial Bem ou mal mas fale de mim - Sou X-9 até o fim Amarildo de Melo
2014 2º Lugar Especial Bem ou mal mas fale de mim - Sou X-9 até o fim
(reedição de 2013)
Amarildo de Melo

Referências

  1. [1]
  2. SASP (12/8/2008). Vila Maria vira enredo em Santos. Visitado em 19/01/2011.
  3. Prefeitura de Santos. Samba enredo. Visitado em 19/01/2011.
  4. Prefeitura de Santos (16/02/2010). X-9 leva influência do povo Banto para a Passarela. Visitado em 19/01/2011.