Xena: Warrior Princess (Temporada 1)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
1ª temporada de Xena: Warrior Princess
Informação geral
Formato
Gênero Drama
Ação
Aventura
Sobrenatural
Mitologia
País de origem  Estados Unidos
Nova Zelândia Nova Zelândia
Idioma original Inglês
Produção
Elenco Lucy Lawless
Renee O'Connor
Localização Nova Zelândia Nova Zelândia
Países Baixos Países Baixos
Emissora de
televisão original
USA Network
Transmissão original 29 de julho de 1996
N.º de episódios 24
Cronologia
Último
Último
Temporada 2
Próximo
Próximo

Essa é a primeira temporada da série de televisão americana Xena: Warrior Princess, a temporada foi ao ar entre 4 de setembro de 1995 e 29 de julho de 1996 pelo canal pago USA Network. A temporada introduz a maioria dos personagens principais da série, como Xena, Gabrielle, Joxer, Callisto e Cyrene.

A primeira temporada da série começou a ser gravada em abril de 1995 em Auckland, na Nova Zelândia, foram usados efeitos especiais singelos, mesmo porque os próprios prosutores não acreditavam que a série faria sucesso. A exibição foi simultânea a série Hercules: The Legendary Journeys, em horário nobre.

O lançamento oficial em DVD ocorreu apenas em 23 de abril de 2003 nos Estados Unidos e Canadá, pela Anchor Bay Entertainment, no Brasil só foi lançada em 3 de novembro de 2006 pela Universal, a segunda temporada ainda não tem data de lançamento prevista no Brasil.

Produção[editar | editar código-fonte]

Xena: Warrior Princess foi produzida pela Pacific Renaissance Pictures em parceria com a Universal Studios, foi distribuida pela MCA-TV e internacionalmente pela MCA-TV international.

Elenco[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada da série usou muito dos atores anativos da Nova Zelândia.

Para o papel principal de Xena, a escolha original era a britânica Vanessa Angel, mas essa ficou doente e não pôde comparecer as gravações, o papel ainda foi oferecido para outras 4 atrizes, que se recusaram a deixar os Estados Unidos, a escolhida então foi a neozelandesa Lucy Lawless. Para o papel de Gabrielle, era a californiana Sunny Doench, mas essa não quis deixar o namorado nos Estados Unidos, a escolhida então foi a texana Renee O'Connor.

Logo no primeiro episódio foram introduzidos atores que se tornaram fixos no decorrer da série, foi o caso de Willa O'Neill, Darien Takle e Jay Laga'aia, Anton Bentley e Linda Jones foram, mais tarde, sunstituídoss por Scott Garrison e Lisa Crittenden. O criador e produtor da série, Robert Tapert, fez também uma pequena participação durante o episódio.

No episódio #6 é introduzido um dos atores mais populares da série, Kevin Tod Smith, no papel de Ares, o deus da guerra, ele ainda retornou na mesma temporada, interagindo mais com Renee O'Connor em cena. No episódio #10 é apresentada Danielle Cormack, originalmente para duas aparições nessa temporada, ganhou mais espaço mais tarde, estando dentro de importantes episódios da série, também inicia nesse episódio Alison Bruce, ela voltou outras vezes no decorrer da série, mas sempre em papéis diferentes.

Também particiaparam nessa temporada Robert Trebor e Bruce Campbell, nos papeis que desempenharam originalmente em Hercules: The Legendary Journeys, eles se tornaram muito freqüêntes em ambas as séries. No episódio #13 participa Dean O'Gorman, que foi o astro de outra série da Renaissance Pictures, Young Hercules. Nos episódios #9 e #16 Erik Thomson atua como Hades, deus dos mortos, ele volta nesse papel em outras temporadas, mas depois é substituído por Stephen Lovatt.

A temporada possui particiapação de atores conceituados como Tim Thomerson e Tom Atkins. No episódio #22 foram introduzidos dois dos mais famosos atores da série, Hudson Leick e Ted Raimi, depois de Lawless e O'Connor, Raimi foi o ator a mais aparecer na série, ele também representava o núcleo cômico do programa e apareceu em todas as temporadas, Leick não foi tão freqüênte, mas é muito popular entre o fandom da série, tendo aparecido também em Hercules, ambos particiaparam de todas as convenções da série já realizadas.

No episódio final da série participou Ray Woolf, ator famoso entre os góticos no Reino Unido, também participou Andrew Robertt e novamente Danielle Cormack.