Xerofilia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Xerófilo)
Ir para: navegação, pesquisa
Cacto: uma planta xerófila.

Xerofilia (do grego clássico: ξηρός; ksērós, "seco") é a designação dada em biologia e ecologia às características adaptativas desenvolvidas pelos organismos para sobreviver em situações de grande aridez, nomeadamente em desertos e em biótopos em que o acesso à água esteja severamente restrito. As plantas e animais adaptadas a condições xéricas dizem-se xerófilos,[1] sendo que se classificam como xerófitos as plantas com morfologia especificamente moldada à aridez,[2] [3] típicas da formações xeromórficas, e como xerócolos os animais que apresentam essas adaptações.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Um organismo xerófilo[4] é um organismo extremofílico que pode crescer e se reproduzir em condições de pouca humidade, onde a disponibilidade de água, medida pela atividade aquosa (aw), seja inferior a 0,8 no substrato. Os organismos que conseguem completar o seu ciclo de vida nestas condições são considerados xerotolerantes, neles se incluindo, por exemplo, os microorganismos endolíticos e halófilos. Outros exemplos de organismos xerófilos são os catos e a espécie Trichosporonoides nigrescens,[5] comum em alimentos conservados por desidratação.

Quando aplicado às plantas e associações vegetais, ou seja, a plantas que podem suportar a escassez de água na zona em que habitam, como as estepes ou o sertão brasileiro, utiliza-se o termo xerófita.

Se localizam em regiões climáticas áridas (desérticas) e ambientes secos de regiões semiáridas e semiúmidas, como na caatinga.

Possui raízes largas, talos grossos e folhas reduzidas a espinhos (normalmente).

Os cactos do deserto são exemplos de xerófilas, pois são plantas secas. Um organismo xerófilo é um organismo adaptado à vida num meio seco, num meio com pouca umidade. Aplicando-se às plantas e associações vegetais, ou seja, a plantas que podem suportar a escassez de água na zona em que habitam, como as estepes ou o a região do clima semiarido brasileiro, utiliza-se o termo xerófita. Se localizam em regiões climáticas áridas (desérticas) e ambientes secos de regiões semiáridas e semiúmidas, como na caatinga. Possui raízes largas para que possam retirar água do solo, talos grossos e folhas reduzidas a espinhos (normalmente). Os cactos do deserto são exemplos de xerófilas, pois são plantas adaptadas à um clima extremamente seco e quente. Por possuir raízes longas, são capazes de absorver água do solo, armazenando-a.

Notas

  1. "Xerófilo" no Dicionário InFormal.
  2. Botánica. Plantas y vegetales adaptados a medios secos.
  3. Nomenclatura geográfica.
  4. "xero-". The New Oxford American Dictionary (2nd). (2005). Oxford University Press, Inc. 
  5. Hocking AD. (December 1981). "Trichosporonoides nigrescens sp. nov., a new xerophilic yeast-like fungus". Antonie Van Leeuwenhoek. 47 (5): 411–21. DOI:10.1007/BF00426003. PMID 7198892.

Ver também[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.