Xhafer Ypi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}

Xhafer Bej Ypi (IPA: [dʒafɛɾ yp bɛj]; 1880, Starje - Dezembro de 1940), era um Bektashis muçulmano e político albanês.

Seus pais eram Asilan (um fazendeiro) e Zavalani, e Ypi licenciou-se na universidade de Istambul.

Em 1920-1921, ele foi ministro da Administração Interna e Ministro da Justiça. Ocupou também o cargo de Ministro da Instrução Pública.

Como líder do Partido Popular, em finais de dezembro de 1921, formou um governo onde Fan S. Noli foi o ministro dos Negócios Estrangeiros e Ahmed Zogu era o ministro da Administração Interna. Ypi foi primeiro-ministro até 4 de dezembro de 1922 e, em 1922, após a renúncia de Noli, acumulou, interinamente, as funções de ministro das Relações Exteriores.

De 2 de dezembro de 1922 até 31 de janeiro de 1925, Ypi foi membro do Conselho Superior (entidade colegial que chefiava o Estado colegial, posição anteriormente detida por Guilherme de Wied). Em junho de 1924, deixa a Albânia por causa da revolta de Noli mas, oficialmente, continuou a manter o cargo.

Durante o reinado Zog, Ypi era inspetor-chefe da Corte Real.

Quando teve início a ocupação italiana, Ypi saudou os italianos que tinham "libertado" a Albânia "da pesada escravidão do sanguinário Zogu". Depois do rei Zog ter fugido, de 9 abril a 12 abril Ypi foi presidente e Plenipotenciário da Justiça da Administração de Comissão Provisória e, assim, agindo como chefe de Estado. A partir 12 de abril, ele foi o Ministro da Justiça no governo de Shefqet Verlaci. Foi morto por um bombardeamento aérea.


Precedido por
Idhomene Kosturi
Primeiro-Ministro da Albânia
Janeiro de 1922 - Dezembro de 1922
Sucedido por
Ahmet Zogu
Precedido por
Ahmet Zogu
Rei da Albânia
19391940
Sucedido por
Vítor Emanuel III da Itália


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.