Xico Graziano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Francisco Graziano Neto, Xico Graziano
Secretário de Meio Ambiente de São Paulo São Paulo
Período de governo 1 de janeiro de 2007
31 de março de 2010
Antecessor(a) José Goldemberg
Sucessor(a) Pedro Ubiratan, depois Bruno Covas
Deputado Federal por São Paulo São Paulo
Período de governo 1.º - 1 de fevereiro de 1999
a 1 de fevereiro de 2003
2.º - 31 de março de 2005
a 1 de janeiro de 2007
Secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo São Paulo
Período de governo 5 de abril de 1996
31 de março de 1998
Antecessor(a) carece de fontes
Sucessor(a) carece de fontes
Chefe de Gabinete do Presidente FHC
Período de governo 1 de janeiro de 1995
30 de novembro de 1995
Antecessor(a) carece de fontes
Sucessor(a) carece de fontes
Vida
Nascimento 15 de janeiro de 1953 (61 anos)
Araras, SP
Dados pessoais
Partido PSDB
Profissão agrônomo

Xico Graziano (Francisco Graziano Neto) (15 de janeiro de 1953, Araras, São Paulo), é um agrônomo e político brasileiro.

Perfil[editar | editar código-fonte]

Engº Agrônomo (ESALQ/USP, 1974), Mestre em Economia Agrária (USP, 1977), Doutor em Administração (FGV/SP, 1989), foi professor da Unesp/Jaboticabal (1976-92). Presidiu a Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil (1972-73).

Conferencista, comentarista do Canal Terra Viva/TV Band, articulista do jornal O Estado de São Paulo, consultor em organização, marketing de agronegócios e sustentabilidade. Sócio-diretor da OIA/Certificação sócioambiental.

Diretor executivo do site Observador Político/iFHC.

Vida política[editar | editar código-fonte]

Ocupou vários cargos públicos, destacando-se os de Secretário Estadual do Meio Ambiente (2007-2010), Deputado Federal pelo PSDB/SP (1998-2006), Secretário Estadual de Agricultura (1996-98), Presidente do Incra (1995). Em 2007 deixou o cargo de Secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo para coordenar a elaboração do programa de governo de José Serra.

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

Xico Graziano publicou oito livros:

  • A Questão Agrária e a Ecologia (1982)
  • A Tragédia da Terra (1992)
  • O Real na Estrada (1995)
  • Qual Reforma Agrária? (1996)
  • O Paradoxo Agrário (1999)
  • Juventude Consciente (2002)
  • O Carma da Terra no Brasil (2004)
  • Almanaque do Campo (2010)

Foi Organizador do livro Renovar Idéias/ITV-PSDB (2006)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]