Xiloteca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Interior da Xiloteca Manuel Soler, em Denia, Espanha

Xiloteca (do grego: xýlon, madeira + theke, caixa, coleção) é um arquivo de madeiras ou um local onde se guarda diversos tipos de madeira e informações relativas sobre sua estrutura anatômica.

Praticamente, todos os países medianamente desenvolvidos, e preocupados com a sua flora e suas florestas possuem uma xiloteca, onde, em maior ou menor escala, está representada a sua flora nativa como a de outras áreas do mundo.

A xiloteca oficial com o maior número de amostras é a de "Samuel James Record" da Escola Florestal da Universidade de Yale, em New Haven (Connecticut, Estados Unidos da América) com aproximadamente 60000 espécimes. A segunda xiloteca em importância é a do Museu Real da África de Tervuren, na Bélgica, com aproximadamente 57.000 amostras.

Uma xiloteca é necessária para conhecer o valor científico e econômico das madeiras existentes. Ao mesmo tempo, suas amostras servem como material de estudo para a xilotomia, propriedades físicas e mecânicas da madeira, durabilidade e conservação.

A existência de xilotecas tem também aplicações práticas imediatas para qualquer um que tenha necessidade de fazer uma análise morfológica-visual da madeira. Nestes estão incluídos os técnicos, especialistas e madeireiros, e também aqueles envolvidos na indústria e no comércio.

Por mais modesta que seja uma coleção de madeiras, cada uma de suas amostras é um compêndio ou uma monografia que incluem uma vasta informação. São muito importantes nos museus, escolas e nas universidades pelo seu valor didático e docente.

Uma xiloteca é interessante e seu uso é essencial porque é uma ferramenta de estudo e uma referência às pesquisas sobre a identificação, o uso e a substituição de madeiras no seu ambiente, contribuindo com a sua restauração e preservação. Além disso, é um patrimônio cultural à disposição do homem.

É norma comum e estabelecida que as xilotecas de diferentes países troquem amostras e informações, aumentando seus conhecimentos e suas coleções.

Xilotecas por número de amostras[editar | editar código-fonte]

Uma amostra de um tronco de madeira.
Xiloteca Amostras
New Haven (EUA) 60.000
Tervuren (Bélgica) 57.000
Bogor (Indonésia) 32.000
Kew (Inglaterra) 20.000
Chicago (USA) 18.000
São Paulo (Brasil) 17.000
Melbourne (Austrália) 17.000
Laguna (Filipinas) 11.000
Rio de Janeiro (Brasil) 8.000
São Petersburgo (Rússia) 8.000
Kepong (Malásia) 7.000
México 6.000
Costa Rica 6.000

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Madeira