Xu Guangqi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Matteo Ricci (esquerda) e Xu Guangqi (徐光啟) (direita), na edição chinesa dos Elementos de Euclides (幾何原本). Foi impresso em 1607.

Xu Guangqi (em chinês tradicional: 徐光啟) ou Paulo Siu ou ainda Paulo Xu (1562 - 1633) foi um letrado, mandarim, agrónomo, astrónomo e matemático chinês e católico na dinastia Ming.

Xu Guangqi fez uma carreira de sucesso na burocracia chinesa, tendo conseguido o cargo de primeiro-ministro. Ele converteu-se ao catolicismo em 1604 e, juntamente com Li Zhizao e Yan Tingyun, são considerados os "três grandes pilares do catolicismo chinês". Xu era um colega e apoiante dos jesuítas italianos Matteo Ricci, João da Rocha e Sabatino de Ursis. Ele colaborou na tradução de vários textos clássicos ocidentais na China, incluindo os Elementos de Euclides. Xu, tendo aprendido com os jesuítas os modernos conhecimentos astronómicos europeus, foi por isso nomeado pelo Imperador da China como o líder da reforma do calendário chinês. A reforma, que constituiu a primeira colaboração entre os principais cientistas da Europa e do Extremo Oriente, foi concluído somente após a sua morte [1] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Links externos[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Stone, Richard (2007). "Scientists Fete China's Supreme Polymath", Science 318, 733
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.