Xuxa Produções

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Xuxa Produções
Fundação Novembro de 1982
Locais Av. Ministro Ivan Lins 270, cobertura, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro
Pessoas-chave Xuxa Meneghel, Mônica Muniz e Luiz Cláudio Moreira

Fundada em novembro de 1982 a Xuxa Promoções e Produções Artísticas Ltda., conhecida como Xuxa Produções é uma das empressas da holding Xuxa International Corporation. A empresa foi fundada em 1982, cuida de todos os negócios relacionados à carreira da apresentadora, cantora e atriz Xuxa Meneghel. Produz filmes, DVDs, Blu-ray's e CDs, Shows, programas de televisão e outros eventos representem a marca e os interesses da Xuxa.

Em 1993 a Xuxa Produções foi responsável pela vinda da Dangerous World Tour, de Michael Jackson, para o Brasil. De todas as turnês do Rei do Pop, essa foi a única que aterrissou no Brasil.

Atuações no mercado[editar | editar código-fonte]

A Empresa[editar | editar código-fonte]

Fundada em novembro de 1982, Xuxa Promoções e Produções Artísticas Ltda é a pessoa Jurídica que representa a marca e os interesses de Maria da Graça Xuxa Meneghel.

Detém, com exclusividade, os direitos de comercialização da marca, imagem e voz da Rainha dos Baixinhos, nacional e internacionalmente.

Representa a artista em seus contratos em qualquer área, administra seus negócios e suas iniciativas empresariais, cuida da sua imagem pública e defende seus interesses em qualquer instância.[1] [2]

Xuxa e sua marca estão presentes num formidável conjunto de atividades artísticas: TV, cinema, música, Internet, literatura e na produção de espetáculos, liderando a audiência infantil na área do entretenimento, lazer e cultura.

Iniciativas empresariais[editar | editar código-fonte]

Representa a artista em seus contratos em qualquer área, administra seus negócios e suas iniciativas empresariais, cuida da sua imagem pública e defende seus interesses em qualquer instância.

A Marca[editar | editar código-fonte]

O plano estratégico de uso da marca Xuxa está orientado para um amplo espectro de possibilidades nos mais diversos campos da atividade de mercado, sempre considerando a natureza do trabalho da artista, seu relacionamento responsável com o público infantil, e a força carismática que possui e que permeia todas as idades e classes sociais.

Está presente como marca premium no licenciamento de produtos de consumo em dezenas de empresas que investem pesadamente na criação de centenas de itens, especialmente desenvolvidos para seu portfólios.

Protagoniza campanhas publicitárias das mais veiculadas e está associada também nesta área a marcas e produtos vencedores, tanto divulgando seu próprio universo de produtos quanto emprestando sua credibilidade a marcas consagradas. É requisitada também para campanhas promocionais e ações de marketing específico.[3]

Holding[editar | editar código-fonte]

A Xuxa Produções faz parte da holding Xuxa International Corporation, que controla as seguintes empresas:

  1. O Bicho Comeu (grife de roupas infantis)
  2. O Mundo da Xuxa (parque de diversões)
  3. Xuxa Store (lojas de produtos licenciados pelas marcas "XUXA" e "Turma da Xuxinha")
  4. Fazenda MG Meneghel (agropecuária, agricultura, floricultura e fruticultura)
  5. Lar's Empreendimentos (investimentos imobiliários)
  6. Xuxa Produções (Produtora artística)
  7. Xuxa Corporation Company (investimentos no internacionais)
  8. Shine Car (concessionária de carros importados)
  9. Casa X (rede de buffet infantil e casa de festas)[4]
  10. Loja da Xuxa (loja online de produtos licenciados)
  11. SPA Vita Ville (complexo turístico de atividades de lazer | hotel)
  12. Fundação Assistencial Xuxa Meneghel (ONG social, sem fins lucrativos)

Empresas já extintas[editar | editar código-fonte]

  1. Xuxa Discos
  2. Xuxa Turismo
  3. Mega Events
  4. Xuxa Water Park
  5. Xuxa Fitness
  6. Beijinho Beijinho Promoções Artísticas

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Um novo filme está em fase de pré-produção e será dirigido pelo conceituado diretor Daniel Filho. Xuxa afirmou em entrevista que a equipe do filme já foi escolhida mas que a história que dará vida ao longa-metragem ainda está sendo analisada.

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Xuxa só para Baixinhos
  • Turnês de shows da Xuxa no Brasil e exterior.
  • Programa 'Mundo da Xuxa' exibido atualmente para 115 países.
  • Peça teatral "Vida: Um espetáculo sustentável"
  • Quadro KIDX do programa TV Xuxa
  • Turnê Dangerous World, de Michael Jackson, no Brasil em 1993.

Acusação de Plágio[editar | editar código-fonte]

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a Xuxa Produções por plágio de personagens infantis. A empresa teve que pagar 50.000 reais ao criador da Turma do Cabralzinho, Leonardo Soltz. Segundo ele, a companhia da apresentadora teria se apropriado de forma indevida de seus personagens. Ele ofereceu à apresentadora Xuxa sua criação de personagens, mas na ocasião não houve interesse em utilizá-los. Tempo depois, a Xuxa Produções criou a Turma da Xuxinha com os mesmos personagens.A juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio, concluiu que houve sim cópia dos personagens.[5]

Em 2011, a 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou, um pedido de indenização por dano moral e material feito pela autora Ana Maria Salgado em relação à Xuxa Promoções e Produções Artísticas, Marlene Mattos e Diler e Associados. De acordo com o Tribunal de Justiça, a autora alegou que os filmes Xuxa e os Duendes e Xuxa e os Duendes 2 são plágios de Maria da Graça em: O Portal, este último de sua autoria. Para comprovar que não houve plágio, a Xuxa Produções afirmou que contratou dois roteiristas profissionais para fazer o script do filme. Segundo o perito, "as semelhanças existentes são comuns neste tipo literário, ou seja: fadas com cetros ou varinhas de condão; bruxas malvadas que soltam gargalhadas e pretendem destruir as forças do bem; a existência de portais mágicos; personagens engraçados etc".[6]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]