Ya'qubi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
'Ahmad ibn Abu Ya'qub ibn Ja'far al-Ya'qubi'
Morte 284 AH ou 897/8 d.C. [1] [2]
Local de descanso {{{local_descanso}}}
Religião {{{religião}}}
Magnum opus Ta'rikh ibn Wadih e Kitab al-Buldan
Principais interesses História e geografia
Idéias notáveis Erudito muçulmano

Ahmad ibn Abu Ya'qub ibn Ja'far ibn Wahb Ibn Wadih al-Ya'qubi (morreu em 897/8 d.C.), que era conhecido como Ahmad al-Ya'qubi ou Ya'qubi, foi um geógrafo muçulmano bérbere e talvez o primeiro historiador da cultura mundial no Islã medieval.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi bisneto de Wadih, um liberto do califa Mansur. Até 873 ele viveu na Armênia e em Khorasan, trabalhando sobre o patronato da dinastia iraniana dos tahiridas; então viajou para a Índia, Egito e o Magrebe, onde morreu no Egito. Ele morreu em 284 AH.[4] Ya'qubi foi um grande erudito sunita, mas suas simpatias xiitas são encontradas por todo os seus trabalhos.[5]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Ta'rikh ibn Wadih (Crônicas de Ibn Wadih)
  • Kitab al-Buldan (Livro das Nações) - geografia, contém uma descrição do Magrebe, com um relato completo das grandes cidades e muita informação topográfica e política (ed. M. de Goeje, Leiden, 1892).

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. O sucessor de Maomé
  2. Encyclopædia Britannica Eleventh Edition, uma publicação agora em domínio público
  3. Título não preenchido. Favor adicionar. [S.l.: s.n.]. ISBN 1844720632.
  4. O primeiro dia do Anno Hegirae 284 corresponde aproximadamente a 8 de Fevereiro de 897 do calendário juliano.
  5. Ya'qubi

Ver também[editar | editar código-fonte]