Yo soy aquél

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

"Yo soy aquel" ("Eu sou aquele") foi a canção que representou a Espanha no Festival Eurovisão da Canção 1966 que se realizou no Luxemburgo.

A referida canção foi interpretada em castelhano por Raphael. Foi a décima-primeira canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção sueca "Nygammal vals", interpretada por Lill Lindfors e Svante Thuresson e antes da canção helvética "Ne vois-tu pas?", cantada por Madeleine Pascal. Terminou em sétimo lugar, tendo recebido um total de 9 pontos. No ano seguinte, a Espanha fez-se representar com o tema "Hablemos del amor",´novamente interpretada por Raphael.

Autores[editar | editar código-fonte]

  • Letra: Manuel Alejandro
  • Música: Manuel Alejandro
  • Orquestração: Rafael de Ibarbia Serra

Letra[editar | editar código-fonte]

Raphael diz que ele é aquele que está apaixonado por ela, que a persegue todas a noites, que não pode viver sem ela. É uma balada de amor.

Versões[editar | editar código-fonte]

Raphael lançou uma versão em francês desta canção intitulada "Dis-moi lequel"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Espanha, "Yo soy aquél", canção da espanha no Festival Eurovisão da Canção 1966