You Can Dance

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
You Can Dance
Coletânea musical de Madonna
Lançamento 13 de Novembro de 1987
Gravação 1987
Gênero(s) Pop, Dance
Duração 68:31
Gravadora(s) Sire Records
Produção Stephen Bray, John "Jellybean" Benitez, Bruce Forest, Frank Heller, Reggie Lucas, Steve Thompson, Michael Barbiero, Shep Pettibone
Cronologia compilações de Madonna
Último
Último
The Immaculate Collection
(1990)
Próximo
Próximo
Cronologia álbuns de Madonna
Último
Último
Who's That Girl
(1987)
Like a Prayer
(1989)
Próximo
Próximo
Singles de You Can Dance
  1. "Spotlight"
    Lançamento: 25 de Abril de 1988 (Apenas no Japão)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[1]
Chicago Tribune (Positive)[2]
Robert Christgau (A-)[3]
The Miami Herald (Positive)[4]
Rolling Stone 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[5]
USA Today (Mixed)[6]
The Washington Post (Positive)[7]

You Can Dance é o primeiro álbum de remixes da arista musical estadunidense Madonna. Foi lançado em 18 de novembro de 1987 através da Sire Records e da Warner Bros. Records. Contém remixes de dez faixas dos três primeiros álbuns de estúdio de Madonna, Madonna (1983), Like a Virgin (1984) e True Blue (1986). Também apresenta a faixa "Spotlight", que não entrou no álbum True Blue. Na década de 1980, remix era um novo conceito tecnológico, pelo qual uma frase vocal particular poderia ser infinitamente copiada, repetida, copiada, transposta para cima e para baixo no campo e dar a elas ecos, reverberações e notas graves ou agudas. Madonna se interessou no conceito, e observou que odiava quando outras pessoas remixavam suas canções. Com isto, ela mesma decidiu remixar as canções.

Madonna contatou seu amigo e DJ John "Jellybean" Benitez para remixar suas faixas, e também contou com a ajuda de Patrick Leonard, produtor de True Blue. As faixas de You Can Dance apresentam técnicas de misturas típicas da época. Passagens instrumentais foram alongadas para as faixas, o que prejudicou a estrutura mais forte da origem da versão original das músicas. Frases vocais foram repetidas e submetidas a vários ecos, sendo garimpadas em sons estereofônicos. Em certos pontos, quase nenhuma faixa é ouvida, exceto a bateria, e em outros pontos, os tambores são removidos apenas com o high-hat mantido à esquerda para continuar com a duração da faixa. A capa de You Can Dance apresenta a fascinação contínua de Madonna com a cultura latino-americana. No entanto, a capa foi feita durante a sessão de fotos para o single "La Isla Bonita".

Críticos musicais deram opiniões mistas ao álbum, com alguns elogiando sua produção e citando que é um disco essencial para boates, e outros avaliadores criticaram negativamente a repetição de frases. Depois de seu lançamento, You Can Dance conseguiu posicionar-se entre os vinte álbuns mais vendidos em todas as tabelas musicais em que conseguiu entrar, nomeadamente na Alemanha, na Austrália, na Áustria, no Canadá, na França e no Japão. Nos Estados Unidos, tornou-se o primeiro lançamento de Madonna a não atingir as dez primeiras ocupações da Billboard 200, atingindo a décima quarta posição. Apesar disso, o álbum vendeu mais de dez milhões de cópias mundialmente, tornando-se o segundo álbum de remixes mais vendido de todos os tempos. "Spotlight" serviu como o primeiro e único single do disco no Japão, mas conseguiu entrar em compilações genéricas da Billboard por ter sido promovida apenas em rádios nos Estados Unidos.

Faixas do disco[editar | editar código-fonte]

  1. "Spotlight" — 6:24
  2. "Holiday" (Hudson, Stevens) — 6:32
  3. "Everybody" (Madonna) — 6:43
  4. "Physical Attraction" (Lucas) — 6:20
  5. "Over and Over" (Bray, Madonna) — 7:11
  6. "Into the Groove" (Bray, Madonna) — 8:26
  7. "Where's the Party" (Bray, Leonard, Madonna) — 7:16
  8. "Holiday" [dub version][*] (Hudson, Stevens) — 6:56
  9. "Into the Groove" [dub version][*] (Bray, Madonna) — 6:22
  10. "Where's the Party" [dub version][**] (Bray, Leonard, Madonna) — 6:21
  11. "Spotlight" [dub version] [***]
  12. "Over And Over" [dub version] [***]

* faixa bónus na versão CD e cassete

** faixa bónus apenas na versão CD

*** faixa bónus apenas na versão cassete

You Can Dance - Single Edits of Album Remixes[editar | editar código-fonte]

Lançamento exclusivo para as rádios com as músicas editadas.

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Spotlight — lançado apenas no Japão em Abril de 1988.

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

  • Spotlight (Nas rádios dos Estados Únidos) (Outubro de 1987)
  • Holiday (promocional) (Novembro de 1987)
  • Into the Groove (promocional) (Novembro de 1987)
  • Where's The Party (promocional) (Novembro de 1987)
  • Spotlight (Só no Japão) (Abril de 1988)

Tabelas de vendas[editar | editar código-fonte]

País (1987) Posição
mais elevada
Alemanha 13
Austrália 13
Áustria 13 (2 semanas)
Canadá 9
Espanha 16
Finlândia 6
França 2 (4 semanas)
Hungria 29 (2 semanas)
Irlanda 4
Noruega 5
Reino Unido 5
Suíça 11
USA Billboard Top 200 14

Referências

  1. Stephen Thomas Erlewine (2002). Critica do álbum You Can Dance da Madonna (Allmusic). Página visitada em 22 de Fevereiro de 2013.
  2. Jan DeKnock (20 de Novembro de 1987). Another Shondells Remake Takes Over As The No. 1 Single.
  3. Robert Christgau. Consumer Guide Reviews: Madonna.
  4. Timothy Green (03 de Abril de 1988). Madonna's New LP Is Mostly Old Madonna.
  5. Don Shewey. Madonna, the Rolling stone files.
  6. John Milward (3 de Dezembro de 1987). Popular Releases in the Fourth Quarter.
  7. Richard Harrington (25 de Novembro de 1987). Prince's `Sign' Language.
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Madonna é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.