Your Time Is Gonna Come

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Your Time Is Gonna Come"
Canção de Led Zeppelin
do álbum Led Zeppelin I
Publicação 12 de janeiro de 1969
Gravação Outubro de 1968
Gênero(s) Rock, rhythm and blues
Duração 04:34
Gravadora(s) Atlantic
Composição Jimmy Page / John Paul Jones
Produção Jimmy Page
Faixas de Led Zeppelin I
Último
Último
Dazed and Confused
(4)
Black Mountain Side
(6)
Próximo
Próximo

"Your Time Is Gonna Come" é uma canção da banda britânica de rock Led Zeppelin, contida em seu álbum de estreia Led Zeppelin, de 1969. A canção foi lançada como a quinta faixa do disco e foi composta pela dupla Jimmy Page e John Paul Jones, tendo sido gravada em outubro de 1968.[1] Ela foi produzida por Page junto a Atlantic Records, e composta nos gêneros de rock e R&B e possui um comprimento de quatro minutos e trinta e três segundos de duração.[2]

As letras dizem respeito uma menina infiel quem vai pagar o preço por seus caminhos enganosos. As linhas "Um destes dias e não vai demorar muito / Você vai olhar para mim, mas, baby, eu vou embora" cita Ray Charles na canção "I Believe to My Soul", mostrando Robert Plant tinha afinidade com o R&B.

O desempenho desta canção só ficou conhecido em shows do Led Zeppelin em um trecho curto durante um show em Tóquio no dia 24 de setembro de 1971 durante os medleys de "Whole Lotta Love", dos quais possuem uma gravação pirata. O nome do bootleg é Light and Shade.

Jimmy Page realizado "Your Time Is Gonna Come" na sua turnê com o The Black Crowes, em 1999. Uma versão da música interpretada por Page e The Black Crowes está no álbum Live at the Greek.

Slash, o ex-guitarrista do Guns N' Roses, disse que "Your Time Is Gonna Come" é a sua canção favorita do Led Zeppelin. O produtor Rick Rubin observou: "É como se a bateria estivesse tocando uma grande canção de rock enquanto as guitarras estão tocando uma canção folclórica suave. E tem um dos refrões mais otimistas de qualquer música do Led Zeppelin, mas as palavras são tão sombrias."[3]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Steven Rosen, 1977 Jimmy Page Interview, Modern Guitars, 25 May 2007 (originally published in the July 1977, issue of Guitar Player magazine). (em inglês) Página visitada em 12 de julho de 2012.
  2. Schulps, Dave (outubro 1977). Entrevista com Jimmy Page (em inglês) Trouser Press. Visitado em 23 de novembro de 2012.
  3. The Playlist Special: Fifty Artists Pick Their Personal Top 10s. Rolling Stone. (em inglês) Página visitada em 12 de julho de 2012.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Lewis, Dave. The Complete Guide to the Music of Led Zeppelin (em inglês). [S.l.]: Omnibus Press, 2004. 96 pp. ISBN 0-7119-3528-9
  • Welch, Chris. Led Zeppelin: Dazed and Confused: The Stories Behind Every Song (em inglês). [S.l.]: Thunder's Mouth Press, 1998. 160 pp. ISBN 1-56025-818-7

Ligações externas[editar | editar código-fonte]