Yu-Gi-Oh! The Movie: Pyramid of Light

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yu-Gi-Oh! The Movie: Pyramid of Light
Yu-Gi-Oh! O Filme: Pirâmide de Luz (BR)
Japão / Estados Unidos
2004 • cor • 90 min 
Direção Hatsuki Tsuji
Produção Michael Pecerlello
Roteiro Michael Pecerlello
Baseado em Kazuki Takahashi
Narração Masanori Ikeda
Género Aventura, fantasia
Idioma japonês, inglês
Música Elik Alvarez
Joel Douek
Freddy Sheinfeld
Estúdio 4Kids Entertainment
Nihon Ad Systems
Studio Gallop
Distribuição Warner Bros. Pictures
Toho Company (Japão)
Receita $29,170,410 [1]
Página no IMDb (em inglês)

Yu-Gi-Oh! The Movie: Pyramid of Light, lançado no Japão como Yu-Gi-Oh! Duel Monsters: Pyramid of Light (遊戯王デュエルモンスターズ 光のピラミッド, Yūgiō Dyueru Monsutāzu Hikari no Piramiddo?, lit. "Rei dos Jogos! Monstros de Duelo: Pirâmide de Luz") (no Brasil, Yu-Gi-Oh! O Filme: Pirâmide de Luz) é um filme de animação japonês e americano produzido pela Nihon Ad Systems e baseado no anime Yu-Gi-Oh! Duel Monsters que, por sua vez, é baseado no manga homônimo escrito por Kazuki Takahashi.

O filme estreou nos Estados Unidos antes do que no Japão, tendo sido encomendado pela 4Kids Entertainment, e foi lançado nos cinemas em 13 de agosto de 2004. No Japão, o filme estreou em 03 de novembro de 2004 e foi ao ar na TV Tokyo no dia 2 de janeiro de 2005, que utilizou os nomes, efeitos sonoros originais e trilha sonora original da versão japonesa do anime e contou com 12 minutos de duração a mais. No Brasil, o filme estreou em 3 de setembro de 2004, apenas três semanas após sua estreia nos EUA. [2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na cronologia da série de anime, o filme se passa entre as sagas "Cidade das Batalhas" e "Lacre de Orichalcos".

Quando o garoto Yugi Muto conseguiu montar o quebra-cabeça do Enigma do Milênio, ele libertou um antigo Faraó, mas uma coisa que ele nunca soube é que, juntamente com o faraó, ele libertou Anúbis, o Deus Egípcio da Morte.

Três anos depois, Seto Kaiba está procurando um meio de derrotar as cartas de Deuses Egípcios de Yugi. Então ele vai a ilha de Maximillion Pegasus, o criador do jogo de cartas Monstros de Duelo. Uma estranha criatura coloca uma carta a mais no baralho de Pegasus. Kaiba derrota Pegasus em um duelo. Como Pegasus apostou uma carta que derrotaria os Deuses Egípcios, Kaiba a pega, mas acaba pegando, também, a carta que a suposta criatura colocou. Depois, Kaiba desafia Yugi para um duelo e acaba derrotando seus Deuses Egípcios, mas aprisiona os dois numa pirâmide azul gigante, a Pirâmide de Luz. Minutos antes disso, um museu que continha uma múmia e uma nova relíquia do milênio descoberta, foi roubado. Contudo o avô de Yugi, Solomon Muto, lembra de uma profecia, que Anúbis tentou acabar com o mundo 5.000 anos atrás, e algum dia voltaria e tentaria novamente.

Anúbis ressurge nas areias do Egito e deseja se vingar daquele que o havia derrotado anteriormente: o Faraó, alter-ego de Yugi.

Elenco de vozes[editar | editar código-fonte]

Personagem Japão Seiyū Estados Unidos Dublador inglês Brasil Dublador brasileiro
Yugi Muto Shunsuke Kazama Dan Green Marcelo Campos
Seto Kaiba Kenjiro Tsuda Eric Stuart Mauro Eduardo
Anúbis Kōji Ishii Scott Rayow
Joey Wheeler (Katsuya Jonouchi) Hiroki Takahashi Wayne Grayson Breno Pimente
Tristan Taylor (Hiroto Honda) Hidehiro Kikuchi Greg Abbey Vagner Fagundes
Téa Gardner (Anzu Mazaki) Maki Saito Amy Birnbaum Melissa Garcia
Mokuba Kaiba Junko Takeuchi Tara Sands Tiago Longo
Maximillion Pegasus (Pegasus J. Crawford) Jiro J. Takasugi Darren Dunstan Affonso Amajones
Solomon Muto (Sugoroku Mutou) Tadashi Miyazawa Maddie Blaustein Tatá Guarnieri

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.