Z

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Z
Alfabeto latino básico
  Aa Bb Cc Dd  
Ee Ff Gg Hh Ii Jj
Kk Ll Mm Nn Oo Pp
Qq Rr Ss Tt Uu Vv
  Ww Xx Yy Zz  

A letra Z () é a vigésima sexta e última letra do alfabeto latino.

História[editar | editar código-fonte]

Tem suas origens no alfabeto fenício, era a letra zain que significava arma e era representado pela figura de uma adaga. Na Grécia Antiga foi rebatizado passando a ser zeta e seu desenho não tinha nenhuma semelhança ao de um z , lembrava mais um i maiúsculo. O zeta também foi usado pelos etruscos porém, assim como o y só passou a aparecer na língua latina após a conquista da Grécia por Roma sendo usado para palavras de origem de grega. O z pode ser também um kapagina do alfabeto miríaco que eram rituas que usavam uma lança em forma de Z e assim os rituais ficaram conhecidos como Z da Mízaa.

O alemão e o italiano adotaram o z para grafar o som "ts", como em ragazzo e Lazio em italiano, e zu, Zeichner e Zeit em alemão. Em português, onde historicamente representava o som "dz", hoje representa /z/.

Tipografia[editar | editar código-fonte]

Fonética e códigos[editar | editar código-fonte]

Representações alternativas de Z
Alfabeto radiotelefónico Código Morse
Zulu ––··
ICS Zulu.svg Semaphore Zulu.svg Z
Código internacional de sinais Telégrafo óptico Braille


Significados de Z[editar | editar código-fonte]

Na Matemática, Z representa o conjunto dos números inteiros.

No mundo da ficção, Z é a marca do Zorro.

Em química "Z" é usado para representar o número atômico ou o de prótons de um átomo.