Zé Cabra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Casimiro António Serra Afonso (Gralhós, Macedo de Cavaleiros, 25 de Junho de 1965), mais conhecido por Zé Cabra, é um ex-pintor e cantor português, que esteve emigrado em França.

Era um sonho de criança a gravação de um disco mesmo sem saber cantar. Quando conseguiu juntar algum dinheiro contactou o cantor Luis Filipe Reis com quem gravou dez temas em apenas quatro horas.

Cerca de 4 anos depois o CD é descoberto por um grupo de amigos a viajar por Itália. Acharam tanta graça que colocaram alguns dos temas na Internet e acabou por ser descoberto pela equipa do programa da manhã da Rádio Comercial.

O CD "Deixei tudo por ela" foi uma das revelações do Verão de 2001 tendo vendido mais de 40 mil cópias. Foram muitos os espectáculos ao vivo e foi destaque no programa Herman SIC de Herman José. Zé Cabra tornou-se um fenómeno e ficou famoso por cantar desafinado e sem ritmo. Transformando-se assim em grandes sucessos músicais as canções "Deixei tudo por ela" e "São Lágrimas, São Lágrimas" nas interpretações de Casimiro Afonso.

A seguir é lançado o CD "Malas à Porta", ainda pela Espacial, mas sem o sucesso do primeiro disco [1]. Os dois primeiros discos foram produzidos por Ricardo Landum.

É convidado para entrar na curta-metragem "Um Homem" de Laurent Simões onde aparece a cantar. É convidado também para actuar ao vivo na conhecida casa MAXIME onde actua em 28 de Abril de 2006. No ano seguinte é editado um DVD, realizado por Laurent Simões, que foi apresentado aquando da Feira Erótica de Lisboa [2].

Gravou várias versões de sucessos portugueses como "Dunas", "Patchouli" e "A Minha Casinha" mas não obteve autorização para gravar esses temas.[3]

Novo CD, "Vou-te Saltar Pra Cima", foi editado em 2008.

Em Abril de 2010 foi um dos retratados numa reportagem da SIC denominada "E depois da fama".

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Deixei tudo Por Ela (CD, Espacial, 2000)
  • Malas À Porta (CD, Espacial, 2000)
  • Zé Cabra Ao Vivo, MAXIME, 28 Abril 2006 (DVD, Unimundos, 2007)
  • Vou-te Saltar Pra Cima (CD, Edições Norte Som, 2008)
  • Harvest , (1985)
  • 10000 anos depois entre venus e marte
  • ritmos intelectuais

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.