Zé do Prato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zé do Prato
Nome completo José Antônio de Souza
Nascimento 29 de abril de 1948
Regente Feijó
Morte 27 de janeiro de 1992 (43 anos)
Piracicaba
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Locutor de rodeio

José Antônio de Souza (Regente Feijó, 29 de abril de 1948Piracicaba, 27 de janeiro de 1992) mais conhecido como Zé do Prato, foi o maior locutor de rodeio do Brasil.[1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

O "Anjo Negro", "O Grande Pai" do rodeio ensinou, com humildade, talento e credibilidade, ao Brasil amar e respeitar o rodeio.

O sucesso do rodeio deveu-se ao Zé do Prato. Ele conquistou o povo brasileiro e fez com que aprendessem a admirar o rodeio. A maneira de falar, o jeito de brincar e fazer amizade atraía grande público às arenas nas realizações dos espetáculos de rodeio. E uns dos idealizadores de uma das maiores festa do peão do Brasil ! A Festa do Peão de Americana.

Com sua estrondosa voz, difundiu ao país a expressão "seguuuura, peãããão!" criada por ele, da qual dava garra aos peões e animava o público.

Foi considerado o maior locutor de rodeio de todos os tempos e um dos mais requisitados às locuções de rodeios em todo país.

Faleceu na UTI, após ser socorrido por haver contraído uma infecção generalizada.[3]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre narrador e/ou locutor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.