Zénobe Gramme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zénobe Gramme
Engenharia elétrica
Nacionalidade Bélgica Belga
Nascimento 4 de abril de 1826
Local perto de Liège
Morte 20 de janeiro de 1901 (74 anos)
Local Bois-Colombes
Atividade
Campo(s) Engenharia elétrica
Prêmio(s) National Inventors Hall of Fame

Zénobe Théophile Gramme (perto de Liège, 4 de abril de 1826Bois-Colombes, França, 20 de janeiro de 1901) foi um engenheiro elétrico belga.

Dínamo de Gramme.

Apesar de ser semi-alfabetizado e não ter conhecimentos avançados de matemática, em 1869, ele inventou a Máquina de Gramme, um dínamo (dispositivo que converte energia mecânica em energia elétrica) capaz de gerar tensão contínua, muito mais elevada do que os dínamos da época.[1]

Em 1873 ele descobriu acidentalmente que o dispositivo era reversível. Quando ligado a uma fonte de corrente contínua, ele girava passando então a funcionar como um motor. A Máquina de Gramme foi o primeiro motor elétrico potente usado com sucesso na indústria.

Antes de sua invenção, os motores elétricos possuíam baixa potência e apenas eram usados como brinquedos ou curiosidades de laboratório.

Zénobe Théophile Gramme faleceu em Bois-Colombes, França, e foi sepultado no cemitério do Père Lachaise em Paris.

Na cidade de Liège, há uma escola, batizada L'Institut Gramme.

Em 2005 ele terminou em 23º lugar na eleição de Le plus grand Belge (O Maior Belga), programa de televisão transmitido em língua francesa pela RTBF da Bélgica e inspirado no programa da BBC 100 Greatest Britons (100 Maiores Britânicos).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.