Zairja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Zairja (em árabe: زايرجة‎; também transliterado como zairjah, zairajah, zairdja, zairadja e zayirga) era um dispositivo usado por astrólogos árabes medievais para combinar idéias através de meios mecânicos. Baseava-se nas 28 letras do alfabeto árabe para designar 28 categorias filosóficas. Ao combinar valores numéricos associados às letras e categorias, novas associações de pensamento eram desenvolvidas.

Acredita-se que o escritor e filósofo catalão Raimundo Lúlio (ou Ramon Lull, c. 1232-1315) conheceu a zairja em suas viagens ou através de seus estudos da cultura árabe, e inspirou-se nesse instrumento para desenvolver sua arte combinatória, denominada Ars Magna ("Grande Arte").

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre esoterismo ou ocultismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.