Zatch Bell! Mamodo Fury

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zatch Bell! Mamodo Fury
Zatch Bell capa.jpg
Capa da versão norte-americana do jogo.
Produtora Bandai
Editora(s) Bandai
Plataforma(s) GameCube, PlayStation 2
Gênero(s) Luta
Modos de jogo Single-player, multiplayer
Número de jogadores 4

Zatch Bell! Mamodo Fury (金色のガッシュベル!! 激闘!最強の魔物達, Konjiki no Gash Bell!! Gekitou! Saikyou no mamonotachi?, lit. "Gash Bell Dourado!! Confronto! Os Mais Fortes Demônios") é um jogo eletrônico de luta baseado lançado para PlayStation 2. A versão japonesa foi originalmente publicado pela Bandai no final de 2005, após a fusão com a Namco, mas antes da formação da Namco Bandai Games. As versões internacionais subsequentes e as versões GameCube foram publicados sob a Namco Bandai Games. O jogo é baseado na franquia de mangá Zatch Bell!.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

São 39 times compostos por mamodos e humanos dos quais a maioria não e jogável. Em Story Mode aparece um modo com 40 levels, e só o Zatch e Kiyo são personagens jogáveis.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A cada mil anos, cem Mamodos habitantes de um mundo paralelo chamado mundo Mamodo são enviados à Terra para batalharem uns contra os outros, a fim de que o último que restar se torne o rei de seu mundo. Eles carregam consigo um livro, escrito com letras estranhas que, na verdade, são magias não reveladas que liberam um poder oculto do Mamodo; quando despertadas, essas magias se tornam possíveis de serem lidas, e o humano guardião pode ativá-las. Com o tempo e enfrentando batalhas, mais magias vão sendo reveladas no livro e assim o Mamodo fica mais forte. O poder dessas magias também dependem da vontade do Mamodo e de seu guardião. Porém, se o livro for destruído por outro Mamodo, ele retorna para o seu mundo e perde a chance de se tornar rei.

Kiyomaro Takamine é um jovem gênio japonês de 14 anos que é isolado na escola por seu intelecto. Como resultado, ele é socialmente inapto e tem dificuldade em fazer amigos. Preocupado, o pai de Kiyo, um professor residente na Inglaterra envia um jovem rapaz chamado Zatch Bell para ajudá-lo. O pai de Kiyo encontrou Zatch gravemente ferido em uma floresta próxima, onde ele havia perdido completamente toda memória do seu mundo, e só sabe o próprio nome (isso acontece quando ele ainda estava na Inglaterra, e ainda não tinha encontrado Kiyomaro). Juntos eles terão grandes aventuras, tentando descobrir mais sobre o passado de Zatch e as batalhas.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Pontuação geral
Agregador Pontuação
GameRankings 40,67% (PS2)[1]
48,67% (GC)[2]
Metacritic 40% (PS2)[3]
44% (GC)[4]
Resultados das análises
Publicado por Resultado
GamePro 2,0/5 (PS2)[5]
GameSpot 4,8/10 (PS2)[6]
4,8/10 (GC)[7]
GamesRadar 1.5 de 5 estrelas.Star half.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg[8]
GameZone 4,3/10 (GC)[9]
IGN 3/10 (PS2)[10]
Official PlayStation Magazine (US) 2/5 (PS2)[3]
Play Magazine 70% (PS2)[3]
PSM 40% (PS2)[3]
Digital Entertainment News 4,5 (PS2)[11]

Referências

  1. Zatch Bell! Mamodo Fury (em inglês). GameRankings. Página visitada em 25 de março de 2013.
  2. Zatch Bell! Mamodo Fury (em inglês). GameRankings. Página visitada em 25 de março de 2013.
  3. a b c d Zatch Bell! Mamodo Fury (em inglês). MetaCritic. Página visitada em 25 de março de 2013.
  4. Zatch Bell! Mamodo Fury (em inglês). MetaCritic. Página visitada em 25 de março de 2013.
  5. Review: Zatch Bell: Mamodo Fury (em inglês). GamePro (20 de setembro de 2006). Página visitada em 25 de março de 2013. Cópia arquivada em 18 de julho de 2007.
  6. Mueller, Greg (4 de outubro de 2006). Zatch Bell! Mamodo Fury Review (em inglês). GameSpot. Página visitada em 25 de março de 2013.
  7. Mueller, Greg (7 dezembro de 2006). Zatch Bell! Mamodo Fury Review (em inglês). GameSpot. Página visitada em 25 de março de 2013.
  8. Edison, Bryce (11 de janeiro de 2007). Zatch Bell!: Mamodo Fury. GamesRadar.
  9. Zatch Bell! Mamodo Fury - GC - Review (em inglês). GameZone (31 de janeiro de 2013). Página visitada em 25 de março de 2013.
  10. Bozo, Mark (8 de novembro de 2006). Zatch Bell! Mamodo Fury (em inglês). IGN. Página visitada em 25 de março de 2013.
  11. Hanning, Michael (19 de outubro de 2006). Zatch Bell! Mamodo Fury > Review. Digital Entertainment News. Página visitada em 25 de março de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.