Zayed bin Sultan Al Nahayan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zayed bin Sultan Al Nahayan
Presidente dos Emirados Árabes Unidos =Emirados Árabes Unidos
Mandato 2 de dezembro de 1971 até
2 de novembro de 2004
Sucessor Khalifa bin Zayed Al Nahyan
Emir de Abu Dhabi
Reinado 6 de agosto de 1966 até
2 de novembro de 2004
Predecessor Shakhbut bin Sultan Al Nahyan
Sucessor Khalifa bin Zayed Al Nahyan
Nome completo
Zayed bin Sultan bin Zayed bin Khalifa Al Nahyan
Casa Al Nahyan
Pai Sultan bin Zayed Al Nahyan
Mãe Salma bint Butti
Nascimento c. 1918
Al Ain, Flag of Abu Dhabi.svg Abu Dhabi
Morte 2 de novembro de 2004 (86 anos)
Al Ain,  Emirados Árabes Unidos
Religião Sunita

O xeique Zayed bin Sultan Al Nahyan (em árabe الشيخ زايد بن سلطان أل نهيان)‎, (19182 de Novembro de 2004), foi o principal arquiteto dos sete Emirados Árabes Unidos, era o governante de Abu Dhabi e foi presidente da união de emirados durante mais de 30 anos (1971-2004).

Aos nove anos, após a morte do pai, que governou Abu Dhabi entre 1922 e 1926, foi viver para o oásis de Al Ain. Ali passou a juventude e teve a sua educação religiosa.

A 9 de Outubro de 1968, Zayed assumiu, por indicação de um irmão, o controlo de Abu Dhabi, que começava a sair da pobreza graças à descoberta de petróleo no território.

Zayed instituiu uma estrutura de governo formal e iniciou um programa de construção de casas, escolas, serviços de saúde, assim como ordenou a construção de um aeroporto, um porto de mar, estradas e uma ponte entre a ilha de Abu Dhabi e o continente.

Consciente que para desenvolver o emirado tinha de se unir aos seus vizinhos, iniciou negociações para a criação de um estado comum. Este viria a ser oficialmente criado em Fevereiro de 1972, com Zayed Bin Al Nahyan a ser eleito presidente dos Emirados Árabes Unidos.

Zayed Bin Al Nahyan faleceu a 2 de Novembro de 2004, após prolongada doença, tendo sido substituído na presidência dos Emirados Árabes Unidos pelo filho Khalifa bin Zayid Al Nahyan. Entretanto, os Emirados Árabes Unidos já se haviam tornado num país muito rico e próspero.