Zdislava de Lemberk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Saint Zdislava and Saint John Sarkander.jpg

Zdislava de Lemberk (Křižanov, c. 1220Castelo de Lemberk, 1252) foi uma nobre checa venerada como santa pela Igreja Católica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de um guerreiro do rei Venceslau II da Boêmia, sendo sua mãe, camareira da rainha Cunegunda de Hohenstaufen. Quando tinha 25 anos de idade, casou com o príncipe Havel de Lemberk, homem violento e orgulhoso de quem teve quatro filhos: Havel, Margarita, Jaroslav e Zadislav.

Adoptando fervorosamente o entusiasmo pelo recente fundação da Ordem dos Pregadores, solicita a São Jacinto, frade alemão para que vá até à Boémia pregar e lançar a nova Ordem. Em tempos de guerras, Zedislava dedicava-se intensamente à oração, tendo-se torna membro da Ordem dos Pregadores, por intermédio da Ordem Terceira de São Domingos, apoiou a instalação dos primeiro frades daquela Ordem na Morávia, bem como prestava auxílio aos refugiados e feridos da guerra. Promoveu ainda o estabelecimento da Ordem na vizinha Boémia, obtendo o apoio do seu marido na fundação de vários Conventos.

O seu culto foi aprovado pelo papa Pio X a 28 de agosto de 1907. Foi canonizada pelo papa João Paulo II, a 21 de Maio de 1995.[1]

Sua festa litúrgica é a 3 de janeiro.[1]

Referências

  1. a b January 3rd - St. Zdislava Berka (em inglês) newsgroups.derkeiler.com. Visitado em 7 de janeiro de 2012.