Zilda Cardoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zilda Cardoso
Nascimento 4 de janeiro de 1936 (78 anos)
São Paulo, SP
IMDb: (inglês) (português)

Zilda Cardoso (São Paulo, 4 de janeiro de 1936) é uma humorista e atriz brasileira.

Estreou na televisão em 1961, no programa O Riso é o Limite, da TV Rio e TV Record, logo chamando atenção por sua veia cômica. Ganhou no mesmo ano um programa na TV Paulista, "Zilda 23 Polegadas". A partir daí torna-se humorista. Sua personagem mais famosa foi Catifunda, que ela interpretou em vários programas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Zilda Cardoso nasceu na capital paulista, em 4 de janeiro de 1936.

Estreou sua carreira artística, na TV Paulista de São Paulo, substituindo a atriz Eloísa Mafalda, num programa humorístico. Era o ano de 1962. Logo se percebeu sua veia cômica. E ela ganhou um programa só seu: "Zilda 23 Polegadas". Manuel de Nóbrega, o grande criador de programas humorísticos, gostou de Zilda e ela começou, em 1964, a participar do "A Praça da Alegria". Lançou seu personagem mais conhecido: Catifunda, a mendiga debochada, que fumava charuto. Além disso, Zilda participou de vários filmes. Fez em 1963: "O Lamparina"; em 1964, "Meu Japão Brasileiro"; em 1969, "Golias Contra o Homem das Bolinhas" e em 1970, "Se Meu Dólar Falasse". Zilda Cardoso participou também de várias novelas, em diversas emissoras.

Fez: "Quatro Homens Juntos", na TV Record, além de: "Mãos Ao Ar" e "Meu Adorável Mendigo", na mesma emissora. Depois fez na TV Globo uma série de participações em programas humorísticos e até em novelas. Fez: "Meu Bem, Meu Mal"; "Escolinha do Professor Raimundo" e "Você Decide".

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

No cinema[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.