Zimbabwe-Rodésia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Zimbábue-Rodésia
Brasão do Zimbábue-Rodésia
Localização

Zimbábue-Rodésia (em inglês: Zimbabwe Rhodesia; /zɪmˈbɑːbw rˈdʒə/), oficialmente República do Zimbábue-Rodésia, foi um estado não reconhecido que existiu de 1 de junho de 1979 a 12 de dezembro de 1979. Zimbábue-Rodésia foi precedido pela não reconhecida República da Rodésia e foi brevemente seguida pela restabelecida colônia britânica da Rodésia do Sul que, segundo a teoria constitucional britânica, havia permanecido em governo de sua exclusiva posse após a Declaração Unilateral de Independência em 11 de novembro de 1965. Três meses depois, a colônia da Rodésia do Sul obteve a independência como República do Zimbabwe.[1]

Um acordo interno em 1979 entre Ian Douglas Smith, primeiro-ministro da República da Rodésia, e partidos nacionalistas africanos moderados, que não estiveram envolvidos na Guerra Civil da Rodésia (1964-1979), levou ao fim do governo de minoria branca, e o nascimento de uma política multirracial adotando o nome de Zimbábue-Rodésia.

Referências

  1. Zimbabwe profile BBC News.
Ícone de esboço Este artigo sobre a História do Zimbabwe é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.