Zisi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Zisi (chinês: pinyin: ZǐsīWade-Giles: Tzu-ssu; ca. 481 a.C.402 a.C.), nascido Kong Ji (), foi um filósofo chinês. Era o único neto de Confúcio e acredita-se que tenha sido mestre de Mêncio e escrito a Doutrina do Meio. É honorificamente chamado de Zisizi (, "Mestre Zisi").

Enquanto seu avô começou a fazer uma distinção entre verdade e conhecimento que se supõe, Zisi procedeu a uma reflexão sobre a relatividade no conhecimento humano do universo. Ele tentou analisar vários tipos de ação como possíveis, e acreditava que as pessoas sábias que eram conscientes de suas tarefas morais e intelectuais pudessem copiar a realidade do universo para dentro de si.

Junto com Mêncio, Zisi foi atacado por Xunzi em seu famoso capítulo "Contra os doze mestres". O alvo dos ataques de Xunzi era o ensino do texto Wuxing. Uma versão do livro de mesmo título é atribuída a Zisi.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.