Zoés

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zo'é
Membros da etnia Zo'é
População total

256

Regiões com população significativa
 Brasil, Pará 256 Cartagenes, 2010[1]
Línguas
Língua zoé
Religiões
Xamanismo
Etnia
Tupi-guarani

Os Zo'é (ou Poturu) são um grupo indígena que habita o noroeste do estado brasileiro do Pará, entre os rios Erepecuru e Curuá, mais precisamente na Terra Indígena Cuminapanema/Urucuriana. A sua população em 2010 era de 256 indivíduos.[2] O seu povo é do tipo tupi–guarani[3] [4] e fala a língua Zo'é.[5] Com excessão de alguns jovens que aprenderam palavras em português ouvindo funcionários da Funai falar no rádio, sua população é essencialmente monolíngue.[2] Habitam o município de Óbidos.[5] São conhecidos pelo uso de um cilindro numa perfuração do lábio inferior.

Referências

  1. Povos Indígenas no Brasil: 2006-2010 2011, p. 9-16
  2. a b Instituto Socioambiental. Zo'é (em português). Povos Indígenas do Brasil. Página visitada em 31 de março de 2014.
  3. The case of the Zo'é (em inglês). Indigenous Peoples in Brazil. Instituto Socioambiental. Arquivado do original em 15 de outubro de 2007. Página visitada em 18 de outubro de 2007.
  4. Jipohan is someone like yourself (em inglês). socioambiental.org. Arquivado do original em 5 de julho de 2007. Página visitada em 18 de outubro de 2007.
  5. a b Zo’é (em português). Ethnologue. Página visitada em 4 de abril de 2012.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]