Zona de meretrício

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Fevereiro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Red Light District em Amsterdã - Holanda

Uma zona de meretrício é uma região, quarteirão, rua ou bairro de uma cidade conhecido por abrigar a prática da prostituição. Zonas de meretrício costumam concentrar bordéis, prostíbulos, cabarés, bares, boates e casas noturnas e outros estabelecimentos semelhantes.[1] Algumas chegam a ser famosas, como o Bois de Boulogne em Paris, o Hunt's Point em Nova York, a De Wallen em Amsterdã, o Cais do Sodré em Lisboa, a fragmentada Vila Mimosa da região central (includindo por exemplo muito da Praça Mauá, de São Cristóvão e da Cidade Nova) do Rio de Janeiro, Rua Guaicurus em Belo Horizonte, a Rua Augusta em São Paulo e o Jardim Itatinga em Campinas.

Em muitas cidades litorâneas, tal como o Rio de Janeiro, a zona de meretrício é concentrada perto da zona portuária, já que marinheiros e tripulantes de navios costumam ser clientes assíduos deste tipo de estabelecimento (por passarem longos períodos no mar sem mulheres). Já em cidades interioranas, as zonas de meretrício são localizadas muitas vezes longe dos templos religiosos (igrejas, mesquitas, sinagogas etc.). Outros fatores que podem atrair prostituição são a presença de militares e estudantes universitários.

Referências

  1. Barbara Mikkelson, "Red Light District", http://www.snopes.com/language/colors/redlight.htm, 12 de marzo de 1998
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.