Zona eufótica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A zona eufótica ou zona fótica é a parte de um corpo de água (oceano ou lago) que recebe luz solar suficiente para que ocorra a fotossíntese. A profundidade da zona eufótica é bastante afectada pelas variações que possam ocorrer na turbidez da água.[1]

Estende-se para baixo desde a interface atmosfera-oceano até à profundidade onde a intensidade da luz decresce até apenas 1% daquela existente à superfície (também chamada "profundidade eufótica"), pelo que a sua espessura depende da atenuação da luz ao longo da coluna de água. Profundidades eufóticas típicas variam desde alguns centímetros em águas muito turvas em lagos eutróficos, até aos 200 metros em mar aberto.

Dado que a zona eufótica é a única zona da coluna de água em que existe produtividade primária (algas, por exemplo), com excepção daquela associada a exalações hidrotermais, em zonas abissais e ao longo de cristas meso-oceânicas, a profundidade da zona fótica é em geral proporcional ao nível de produtividade primária existente nessa parte do oceano.

A transparência da água, que determina a profundidade da zona eufótica, é medida com um disco de Secchi.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Oceanografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.