Zona mesopelágica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As camadas da zona pelágica.

A zona mesopelágica (do Grego μέσον, meio) é a camada da zona pelágica que se estende dos 200 aos 1.000 metros de profundidade abaixo da superfície do oceano. Embora alguma luz penetre nesta profundidade, ela é insuficiente para ocorrer fotossíntese. A temperatura desta camada, nas regiões mais quentes do globo varia entre 20 °C na parte superior e 4 °C na inferior. A pressão pode atingir 1.500 PSI, o que equivale ao peso de dois quadriciclos em cada polegada quadrada do corpo humano.[1]

Animais como o espadarte, alula, a enguia-lobo e o choco vivem aqui.

Em biologia marinha chamam-se mesopelágicos os animais aquáticos que fazem grandes migrações verticais diárias, aproximando-se da superfície da água à noite e vivendo em águas profundas durante o dia. Exemplo deste grupo são os peixes-lanterna.

Referências

  1. History.com. Universo submarino: Pressão fatal. [S.l.: s.n.]. Ep. 3 pp.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.