Epidemiologia da depressão: diferenças entre revisões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Criada por tradução da página "Epidemiology of depression")
(Sem diferenças)

Revisão das 19h23min de 2 de março de 2021

As taxas de transtornos depressivos unipolares padronizados por idade ajustados por incapacidade (EVCI) e por país (por cada 100.000 habitantes) em 2004.[1]

A epidemiologia da depressão tem sido estudada em todo o mundo. A depressão é uma das principais causas de morbidade em todo o mundo, conforme demonstrado pela epidemiologia.[2] As estimativas de prevalência ao longo da vida variam amplamente, de 3% no Japão a 17% nos Estados Unidos. Os dados epidemiológicos mostram taxas mais altas de depressão no Médio Oriente, Norte da África, Sul da Ásia e América do que noutros países.[3] Entre os 10 países estudados, o número de pessoas que sofreriam de depressão durante a sua vida entre os 8 e os 12% na maioria deles.[4][5]

Na América do Norte, a probabilidade de ter um episódio depressivo maior em qualquer período de um ano é de 3 a 5% para homens e 8 a 10% para mulheres.[6][7]

Dinâmicas Demográficas

Estudos populacionais têm mostrado consistentemente que a depressão maior é cerca de duas vezes mais comum em mulheres do que em homens, embora ainda não esteja claro o porquê disso ocorrer.[8] O aumento relativo na ocorrência está relacionada ao desenvolvimento puberal e não à idade cronológica, atingindo as proporções adultas entre as idades dos 15 e 18 anos e parece estar mais associada a fatores psicossociais do que hormonais.

As pessoas com maior probabilidade de sofrer o seu primeiro episódio depressivo estão entre os seus 30 e 40 anos, e há um segundo pico menor de incidência entre os 50 e 60 anos.[9] O risco de depressão maior aumenta caso existam condições neurológicas associadas, como acidente vascular cerebral, doença de Parkinson ou esclerose múltipla e durante o primeiro ano após o parto.[10] O risco de depressão maior também tem sido relacionado a stressores ambientais enfrentados por grupos populacionais, como militares ou médicos em treinamento.[11][12]

Também é mais comum após doenças cardiovasculares e está associada a um pior prognóstico.[13][14] Estudos conflitam sobre a prevalência da depressão em idosos, mas a maioria dos dados sugere que haja uma redução nesta faixa etária.[15] Os transtornos depressivos são mais comuns na população urbana do que na rural e, em geral, a prevalência é maior em grupos com fatores socioeconómicos adversos (por exemplo, em moradores de rua).[16]

Os dados sobre a prevalência relativa da depressão maior entre diferentes grupos étnicos não chegaram a um consenso claro. No entanto, o único estudo conhecido que cobriu a distimia descobriu que ela é mais comum em afro-americanos e mexicanos do que em europeus.[17]

Projeções indicam que a depressão pode ser a segunda causa mais comum de morte a seguir às doenças cardíacas em 2020.[18]

Em 2016, um estudo encontrou uma associação entre a contracepção hormonal e a depressão.[19]

Por país

As taxas de anos de vida ajustadas por deficiência (EVCI) padronizadas por idade por cada 10.000 habitantes em 2004.[20]

Posição País Taxa de EVCI
1 Estados Unidos 1,454.74
2 Nepal 1,424.48
3 Timor Leste 1,404.10
4 Bangladesh 1,401.53
5 Índia 1,400.84
6 Paquistão 1,400.42
7 Brasil 1,396.10
8 Maldivas 1,391.61
9 Butão 1,385.53
10 Afeganistão 1,385.14
11 Finlândia 1,344.13
12 Israel 1,273.92
13 Eslovénia 1,248.47
14 Bélgica 1,244.46
15 França 1,234.32
16 Chile 1,221.23
17 Guatemala 1,177.03
18 Haiti 1,170.73
19 Bolívia 1,161.56
20 Nicarágua 1,161.25
21 Canadá 1,157.07
22 Equador 1,156.30
23 Peru 1,156.07
24 Croácia 1,141.79
25 Arménia 1,133.20
26 Azerbeijão 1,120.05
27 Suiça 1,114.11
28 Turquemenistão 1,112.94
29 Tajiquistão 1,112.45
30 Quirguistão 1,112.10
31 Dinamarca 1,110.76
32 Uzbequistão 1,110.18
33 Luxemburgo 1,110.00
34 Áustria 1,108.30
35 El Salvador 1,103.93
36 Jamaica 1,100.10
37 Colômbia 1,099.51
38 Bahamas 1,099.29
39 Honduras 1,098.66
40 Trinidade e Tobago 1,098.21
41 Granada 1,098.14
42 Santa Lúcia 1,097.85
43 Uruguai 1,095.86
44 Barbados 1,095.76
45 Dominica 1,094.66
46 Antigua e Barbuda 1,094.65
47 São Cristóvão e Névis 1,094.64
48 Argentina 1,094.20
49 República Dominicana 1,093.04
50 Suriname 1,091.56
51 Venezuela 1,088.72
52 São Vicente e Granadinas 1,087.50
53 Cuba 1,087.25
54 Guiana 1,086.82
55 Panamá 1,086.71
56 Belize 1,085.63
57 Paraguai 1,085.28
58 Costa Rica 1,083.23
59 Suécia 1,060.42
60 Geórgia 1,056.60
61 Albânia 1,047.94
62 Bósnia e Herzegovina 1,044.53
63 Polónia 1,043.18
64 Eslováquia 1,042.62
65 Roménia 1,041.97
66 Bulgária 1,040.66
67 Sérvia e Montenegro 1,039.45
68 Macedónia 1,037.76
69 Turquia 1,037.51
70 Noruega 996.780
71 Reino Unido 960.624
72 Irlanda 959.325
73 Mónaco 959.222
74 Andorra 956.319
75 Islândia 955.986
76 Alemanha 955.011
77 Líbano 939.728
78 Chipre 936.667
79 Marrocos 936.319
80 República Checa 934.095
81 Egito 931.894
82 Iraque 931.842
83 Iémen 931.675
84 Tunísia 931.414
85 Síria 930.510
86 Irão 929.554
87 Indonésia 927.707
88 Tailândia 925.765
89 Camboja 923.746
90 Jordânia 923.086
91 Laos 923.076
92 Sri Lanka 922.893
93 Filipinas 921.373
94 Líbia 919.740
95 Singapura 919.158
96 Malásia 918.331
97 Burma 917.689
98 Brunei 912.718
99 Vietnam 911.415
100 Papua Nova Guiné 909.399
101 Tonga 909.227
102 Estados Federados da Micronésia 904.903
103 Fiji 903.122
104 Nauru 900.547
105 Ilhas Marshall 900.546
106 Palau 900.533
107 Quiribati 900.401
108 Ilhas Salomão 900.169
109 Niue 899.281
110 Tuvalu 899.004
111 Ilhas Cook 898.923
112 Vanuatu 898.831
113 Samoa 896.317
114 Arábia Saudita 895.616
115 Bahrain 892.281
116 Omã 888.392
117 Kuwait 877.069
118 Coreia do Norte 868.902
119 Mongólia 866.490
120 Coreia do Sul 863.421
121 São Marino 862.099
122 Países Baixos 861.586
123 Cazaquistão 860.070
124 Ucrânia 858.312
125 Estónia 857.445
126 China 857.314
127 Rússia 856.718
128 Bielorrússia 855.825
129 Lituânia 855.363
130 Letónia 855.207
131 Moldávia 855.040
132 Nova Zelândia 851.065
133 Qatar 847.175
134 Hungria 847.062
135 Austrália 846.943
136 Emirados Árabes Unidos 841.571
137 México 784.702
138 Itália 776.376
139 Malta 763.792
140 Cabo Verde 748.052
141 Mali 746.409
142 Reino do Lesoto 745.348
143 Angola 739.066
144 Burquina Faso 738.634
145 Serra Leoa 738.366
146 São Tomé e Príncipe 737.979
147 Guiné-Bissau 737.928
148 Guiné Equatorial 737.167
149 Chade 736.668
150 Togo 736.605
151 Nigéria 736.038
152 Senegal 735.975
153 Somália 735.670
154 Essuatíni 735.205
155 Madagáscar 735.148
156 Libéria 734.677
157 Camarões 734.635
158 Ruanda 734.221
159 Gâmbia 734.206
160 Benim 733.968
161 Mauritânia 733.944
162 Comores 733.904
163 Moçambique 733.777
164 Gabão 733.615
165 Djibouti 733.559
166 Guiné 732.777
167 Maurícia 732.672
168 Seicheles 732.305
169 Sudão 732.233
170 Argélia 731.743
171 Burundi 731.009
172 Níger 730.976
173 Gana 730.842
174 Eritreia 730.154
175 República Centro-Africana 728.622
176 Namíbia 726.357
177 Malawi 725.934
178 África do Sul 725.772
179 República Democrática do Congo 725.756
180 Tanzânia 724.539
181 Zimbabwe 724.516
182 Zâmbia 724.126
183 Botswana 723.997
184 República do Congo 723.945
185 Etiópia 723.892
186 Quénia 723.667
187 Uganda 722.676
188 Portugal 721.798
189 Costa do Marfim 714.969
190 Grécia 632.054
191 Espanha 620.772
192 Japão 531.252

Ver também

Referências

Referências

  1. «The scope and concerns of public health» (PDF). Oxford University Press: OUP.COM. March 5, 2009. Consultado em December 3, 2010. Cópia arquivada (PDF) em June 4, 2013  Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata=, |data= (ajuda)
  2. [1].
  3. Burden of Depressive Disorders by Country, Sex, Age, and Year: Findings from the Global Burden of Disease Study 2010, Alize J. Ferrari, Fiona J. Charlson, Rosana E. Norman, Scott B. Patten, Greg Freedman, Christopher J.L. Murray, Theo Vos, Harvey A. Whiteford, Published: November 5, 2013 https://doi.org/10.1371/journal.pmed.1001547
  4. [2]. Int J Methods Psychiatr Res. 12. PMID 12830306.
  5. JAMA. 289. PMID 12813115.
  6. Kessler RC, Berglund P, Demler O, Jin R, Merikangas KR, Walters EE. Lifetime prevalence and age-of-onset distributions of DSM-IV disorders in the National Comorbidity Survey Replication. Archives of General Psychiatry. 2005;62. PMID 15939837.
  7. Murphy JM, Laird NM, Monson RR, Sobol AM, Leighton AH. A 40-year perspective on the prevalence of depression: The Stirling County Study. Archives of General Psychiatry. 2000;57. PMID 10711905.
  8. Gender differences in unipolar depression: An update of epidemiological findings and possible explanations. Acta Psychiatrica Scandinavica. 108. PMID 12890270.
  9. Eaton WW, Anthony JC, Gallo J. Natural history of diagnostic interview schedule/DSM-IV major depression. The Baltimore Epidemiologic Catchment Area follow-up. Archives of General Psychiatry. 1997;54. PMID 9366655.
  10. Rickards H. Depression in neurological disorders: Parkinson's disease, multiple sclerosis, and stroke. Journal of Neurology, Neurosurgery, and Psychiatry. 2005;76. PMID 15718222.
  11. Rotenstein, Lisa S.; Ramos, Marco A.; Torre, Matthew; Segal, J. Bradley; Peluso, Michael J.; Guille, Constance; Sen, Srijan; Mata, Douglas A. (6 de dezembro de 2016). «Prevalence of Depression, Depressive Symptoms, and Suicidal Ideation Among Medical Students: A Systematic Review and Meta-Analysis». JAMA. 316: 2214–2236. ISSN 1538-3598. PMC 5613659Acessível livremente. PMID 27923088. doi:10.1001/jama.2016.17324 
  12. Douglas A. Mata; Marco A. Ramos, Narinder Bansal, Rida Khan, Constance Guille, Emanuele Di Angelantonio & Srijan Sen (2015). «Prevalence of Depression and Depressive Symptoms Among Resident Physicians: A Systematic Review and Meta-analysis». JAMA. 314: 2373–2383. PMC 4866499Acessível livremente. PMID 26647259. doi:10.1001/jama.2015.15845 
  13. Journal of cardiovascular medicine (Hagerstown, Md.). 9. PMID 18334889.
  14. Progress in Neuro-Psychopharmacology & Biological Psychiatry. 25. PMID 11383983.
  15. Psychological Medicine. 30. PMID 10722172.
  16. Psychiatry, 4th edition - Oxford University Press, 2012 by By John Geddes, Jonathan Price, Rebecca McKnight page 222
  17. Stephanie A. Riolo; et al. (June 2005). «Prevalence of Depression by Race/Ethnicity: Findings From the National Health and Nutrition Examination Survey III». American Journal of Public Health. 95: 998–1000. PMC 1449298Acessível livremente. PMID 15914823. doi:10.2105/AJPH.2004.047225  Verifique data em: |data= (ajuda)
  18. Lopez, A. D.; Murray, C. C. (1 de novembro de 1998). «The global burden of disease, 1990-2020». Nature Medicine. 4: 1241–1243. ISSN 1078-8956. PMID 9809543. doi:10.1038/3218 
  19. Wessel Skovlund, Charlotte (September 28, 2016). «Association of Hormonal Contraception With Depression». JAMA Psychiatry. 73: 1154–1162. PMID 27680324. doi:10.1001/jamapsychiatry.2016.2387Acessível livremente. Consultado em October 7, 2016  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  20. World Health Organization (WHO). Age-standardized DALYs per 100,000 by cause, and Member State, 2004; 2004 [citado em 2011-03-31].