'Ndrangheta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
'Ndrangheta
Territórios e áreas de atuação na Itália.
Fundação Década de 1860[1] .
Local de fundação Calábria, Itália
Anos ativo 1860–presente
Território (s) Calábria, outras regiões da Itália, Canadá, Austrália
Etnia Calabreses, cerca de 6 000[2].
Líder (es) Pasquale Condello
Luigi Mancuso
Giuseppe Collucio
Atividades Organização criminosa, agiotagem, tráfico de drogas, extorsão, contrabando, lavagem de dinheiro, sequestros, roubos, fraude, corrupção política, infiltração em contratos públicos e negócios legalizados[2].
Aliados Cosa Nostra, Máfia Americana, Camorra, Sacra Corona Unita, Cartel de Sinaloa[3]
Rivais Rivalidades entre clãs internos
Ocasinalmente seus aliados
Região da Calábria na Itália.

A 'Ndrangheta (talvez do grego andragathía: "heroísmo" ou "virtude"; ou andros agathos: "homem bom"), também conhecida como Famiglia Montalbano, Onorata società e Picciotteria, é uma associação mafiosa que se formou na região da Calábria na Itália. Não é tão famosa quanto a siciliana Cosa Nostra⁣, porém, atualmente, é considerada a mais rica e poderosa organização criminosa do ocidente[4][5]. Começou a ser conhecida como uma influente organização criminosa após ter falhado o "Golpe Borghese". O chefão Paolo De Stefano é considerado o responsável por fazer a 'Ndrangheta deixar de ser um grupo criminoso rural para se tornar uma das maiores organizações criminosas do mundo.[6]

Esta organização se envolve em diversos tipos de crime e possui tentáculos no setor público e privado na Itália. Em 2010, suas principais atividades criminosas eram tráfico de drogas, extorsão e lavagem de dinheiro, movimentando dinheiro equivalente a 3% do PIB da Itália.[7] Desde 1950, se espalhou para o norte da Itália e atualmente tem negócios no mundo inteiro. Em 2013, seus lucros giraram em torno de €53 bilhões de euros, de acordo com um estudo da Demoskopika Research Institute.[8]

Estrutura de poder[editar | editar código-fonte]

Ao contrário das outras organizações mafiosas que possuem sistema piramidal de chefia, os grupos da 'Ndrangheta são baseados em famílias de sangue (chamadas 'Ndrine). Estima-se que haja entre 50 e 200 dessas famílias, totalizando cerca de 6.000 integrantes. Há ainda diversos sobrenomes famosos na máfia, apesar de alguns famosos mafiosos terem deixado a Itália, como o italiano Antonio Nigro, que herdou do pai uma parcela significativa da máfia. Antônio Nigro fugiu para o Brasil com seu irmão e abriu uma indústria de tecidos para cama, mesa e banho, principalmente para cometer atividades ilícitas (como lavagem de dinheiro), apesar de ser uma das maiores indústrias do Brasil na época. Descoberta a farsa, Nigro se suicidou (há controvérsias legísticas), deixou uma esposa (vulgo Condessa) e o casal de filhos menores e gêmeos. Sabe-se apenas que a menina seguiu a carreira de cantora lírica. Desde então, nada mais se soube sobre esta fração da família Nigro. Na 'Ndrangheta, o filho mais velho com o último sobrenome do pai deve assumir o controle, assim como o filho dele e sucessivamente. Logo depois do desaparecimento de Tony, sua "área" foi dada ao seu primo, Franccesco Berroni.[carece de fontes?]

Economia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a Diretoria Investigativa Antimáfia e a Guarda de Finanças, a 'Ndrangheta é atualmente uma das organizações criminosas mais poderosas do mundo. As atividades econômicas da 'Ndrangheta incluem tráfico internacional de drogas, descarte de resíduos ilegais, contrabando de armas, prostituição, falsificação e tráfico de seres humanos. Com relação ao tráfico de drogas, os investigadores italianos calculam que 80% da cocaína da Europa passa pelo porto calabrês de Gioia Tauro.[9] Atividades adicionais incluem lavagem de dinheiro e crimes tradicionais como usura e extorsão. A 'Ndrangheta investe seus lucros ilegais em bens imóveis legais e atividades financeiras. As autoridades italianas calcularam em 2013 uma movimentação de €53 bilhões.[10]

Fora da Itália[editar | editar código-fonte]

Fora da Itália, a 'Ndrangheta opera com 400 figuras importantes em 30 diferentes países com 60 mil pessoas.[10]

Referências

  1. Transnational Crime, Federal Bureau of Investigation (Consultado em 08/03/2022).
  2. a b "Um Megajulgamento na Calábria..." Veja, acessado em 07/03/2022
  3. "Meet the ’Ndrangheta..." The Conversation, acessado em 21/06/2022
  4. "The Mafia from the Mountains" CBC News, acessado em 07/03/2022
  5. Italian Organised Crime: Threat Assessment Arquivado 2016-07-22 no Wayback Machine
  6. Italian Organised Crime: Threat Assessment, Europol, The Hague, junho de 2013
  7. «US Saw mafia ridden Calabria as 'failed state'». The Independent. 15 de janeiro de 2011. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2019 
  8. «'Ndrangheta mafia 'made more last year than McDonald's and Deutsche Bank'». The Guardian. 26 de março de 2014. Consultado em 14 de setembro de 2020 
  9. «Bitter harvest». The Guardian. 19 de dezembro de 2006. Consultado em 7 de abril 2007 
  10. a b «Mafia-Organisation verdient mehr als McDonalds und Deutsche Bank»  FAZ Online, 27 de março 2014
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre 'Ndrangheta