Área de Proteção Ambiental da Baía de Todos-os-Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Área de Proteção Ambiental da Baía de Todos-os-Santos
Categoria V da IUCN (Paisagem/Costa Protegida)
Localização
Localização Bahia
País  Brasil
Localidades mais próximas Cachoeira, Candeias, Itaparica, Jaguaripe, Madre de Deus, Maragogipe, Salinas da Margarida, Salvador, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Saubara, Simões Filho e Vera Cruz
Dados
Criação 5 de junho de 1999 (18 anos)
Ilhas da baia de todos os santos.svg

Mapa com as ilhas da Baía de Todos-os-Santos, e alguns outros acidentes geográficos.

A Área de Preservação Ambiental da Baía de Todos-os-Santos é a área de proteção ambiental (APA) criada pelo Decreto Estadual 7.595 de 5 de junho de 1999 como medida de preservação da Baía de Todos-os-Santos. Nela estão incluídas as águas da baía e suas ilhas. Abrange os municípios de Cachoeira, Candeias, Itaparica, Jaguaripe, Madre de Deus, Maragogipe, Salinas da Margarida, Salvador, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Saubara, Simões Filho e Vera Cruz.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. APA - descrição em página oficial do Governo do Estado (acesso em novembro de 2008).
  2. INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS. «APA Baía de Todos os Santos». Consultado em 4 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]