Árpád Szenes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Árpád Szenes
Nascimento 6 de maio de 1897
Budapeste
Morte 16 de janeiro de 1985 (87 anos)
Paris
Nacionalidade HungriaFrança Húngaro-francês
Área Pintura, gravura, ilustração, desenho

Szenes Árpád, também conhecido por Árpád Szenes, GCSEGCIH (Budapeste, 6 de maio de 1897Paris, 16 de janeiro de 1985) foi um pintor, gravurista, ilustrador, desenhista e professor húngaro, naturalizado francês em 1956.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sua trajetória artística ficou profundamente ligada ao mundo latino, devido — em grande parte — ao seu casamento em 1930 com a portuguesa Maria Helena Vieira da Silva, com quem realizou inúmeras viagens à América Latina para participar de exposições, como em 1946 no Instituto de Arquitetos do Brasil.

Devido ao facto de ser judeu e de sua esposa ter perdido a nacionalidade portuguesa, eram oficialmente apátridas. O casal decidiu então residir por um longo tempo no Brasil durante a Segunda Guerra Mundial e no período pós-guerra. No Brasil, entram em contato com importantes artistas locais, como Carlos Scliar e Djanira.

A ligação com Portugal reflete-se na existência da Fundação Árpád Szenes-Vieira da Silva, sediada em Lisboa.

Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, Lisboa.

A 7 de Setembro de 1978 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique e a 16 de Julho de 1988 com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.[1]

Referências

  1. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Arpad Szenes". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.