Áudio Patrulha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Áudio Patrulha foi um estúdio de gravação de jingles comerciais e spots de rádio que, no início e meados dos anos 1980, foi utilizado principalmente pela WEA para gravação dos primeiros discos das bandas por ela contratadas, como Ira!, Ultraje a Rigor, Magazine, Titãs, entre outros.

Localizado na Rua Barão de Tatuí, nº 599, no bairro paulistano de Santa Cecília, o estúdio possuía pouco mais de 30 m² de espaço para gravação. Era de propriedade de Tico Terpins e Zé Rodrix.

Foi, posteriormente, rebatizado para Estúdios 'A Voz do Brasil', em referência ao nome da canção vencedora do prêmio de "Melhor Letra" - "A Última Voz do Brasil" - no Festival dos Festivais da Rede Globo, em 1985, defendida pela banda Joelho de Porco, da qual Terpins e Rodrix eram integrantes. Atualmente, encontra-se instalado no bairro dos Jardins.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]