Ângela Amin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ângela Amin
Deputada federal Ângela Amin (PP-SC) em 2009
Deputada Federal por  Santa Catarina
Período 1 de fevereiro de 2007
1 de fevereiro de 2011
Prefeita de Florianópolis Bandeira de Florianópolis.svg
Período 1 de janeiro de 1997
1 de janeiro de 2005
Antecessor(a) Sérgio Grando
Sucessor(a) Dário Berger
Deputada federal por  Santa Catarina
Período 1 de janeiro de 1991
1 de fevereiro de 1995
Vereadora de Florianópolis Bandeira de Florianópolis.svg
Período 1988-1990
Dados pessoais
Nascimento 20 de dezembro de 1953 (63 anos)
Indaial, SC
Nacionalidade brasileira
Cônjuge Esperidião Amin
Partido PP

Ângela Regina Heinzen Amin Helou, mais conhecida como Ângela Amin (Indaial, 20 de dezembro de 1953), é uma política brasileira, filiada ao Partido Progressista, e ex-prefeita de Florianópolis.

Vida[editar | editar código-fonte]

Casada com o ex-governador de Santa Catarina Esperidião Amin, formou-se em matemática pela Universidade Federal de Santa Catarina, em 1976.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi eleita vereadora em Florianópolis, em 1988, com 7.771 votos registrados.

Foi deputada à Câmara dos Deputados na 49ª legislatura (1991 — 1995), eleita deputada federal com a maior votação em 1990 (129.011 votos). Atuou em Brasília como vice-líder do PDS, relatora da Lei de Diretrizes e Base da Educação e participou da CPI da Violência contra a Mulher.

Candidata ao governo do estado em 1994, obteve mais de 1 milhão e 200 mil votos de eleitores catarinenses, mas foi derrotada, no segundo turno das eleições, por pequena margem de votos, por Paulo Afonso Vieira.

Foi prefeita de Florianópolis em dois mandatos sucessivos (1996 — 2004), sendo a primeira mulher a ocupar tal cargo. Durante sua gestão na Prefeitura de Florianópolis – período 1996/2004, a administração Angela Amin foi destacada, por cinco vezes, através de pesquisa do Instituto Datafolha, como a melhor administração municipal no ranking nacional de prefeitos de Capitais. Na área social, sua ação mereceu vários prêmios, com destaque para o do Unicef e da Abrinq (Prefeito Criança), pela redução da mortalidade e desnutrição infantil em Florianópolis.

Em 2006, foi eleita deputada federal na 53ª legislatura (2007 — 2011), obtendo a maior votação individual para o cargo. Foi novamente candidata ao governo de Santa Catarina pelo PP nas eleições gerais de 2010 sendo derrotada no primeiro turno por Raimundo Colombo, ficando em 2° lugar enquanto seu marido elegeu-se Deputado Federal.

Em 2016 foi derrotada por Gean Loureiro na disputa municipal de Florianópolis, no segundo turno por pouco diferença de 0,5 %.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Sérgio Grando
Prefeita de Florianópolis
1997 — 2005
Sucedido por
Dário Berger


Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.