Écoles d'ingénieurs na França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A França possui a particularidade de ter, além das universidades, diversas "escolas" do ensino superior, uma das quais as Écoles d'ingénieurs.[nota 1] Estas distinguem-se principalmente pela seletividade de suas admissões e pelo reduzido número de alunos. Os estudos duram cinco anos no total e provém acesso ao "diploma de engenheiro"[nota 2] (conferindo também o grau de Master). Os cinco anos de estudos podem ser divididos em duas partes: primeiro, dois anos de "ciclo preparatório", e em seguida três anos na escola de engenheiro propriamente dita. Há também escolas de engenheiros em que os alunos estudam durante todos os cinco anos, podendo ser de duas categorias: dois anos de ciclo preparatório mais três anos de aprofundamento, ou simplesmente um ciclo de cinco anos.

Os estudos[editar | editar código-fonte]

IPSA Promoção 2013

Na França, o diploma de engenheiro é obtido em uma escola de engenheiro. As mais antigas datam do século XVIII. Os estudos duram cinco anos após o baccalauréat, ensino médio francês. Existem diferentes tipos de escolas: públicas ou privadas, independentes ou integradas a uma universidade. Elas definem a formação, frequentemente relacionada aos centros de pesquisa e indústrias próximas, e sua avaliação. Em 2008, o número de estudantes era de 100 mil.[1] Eles são chamados de "élèves-ingénieurs", ou seja "alunos-engenheiros".

Os estabelecimentos devem ser habilitados pelo ministro francês do Ensino superior após um exame e acordo da commission des titres d'ingénieur, [nota 3] sobre a qualidade da formação, entre outros aspectos.[2]



Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Études d'ingénieurs en France» na Wikipédia em francês. Ajude e colabore com a tradução.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Escolas de engenheiros.
  2. Diplôme d'ingénieur. (em francês)
  3. "Comissão de títulos de engenheiros".

Referências

  1. Références et Orientations, CTI: Commission des Titres d'Ingénieur, arquivo (em francês)
  2. Article L642-1 du code de l'éducation (em francês)