Édipo Rei (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Édipo Rei
Edipo re
Rei Édipo[1]  (PT)
Édipo Rei (BR)
 Itália /  Marrocos
1967 •  cor •  104 min 
Direção Pier Paolo Pasolini
Produção Alfredo Bini
Roteiro Pier Paolo Pasolini
Elenco Silvana Magano
Franco Citti
Alida Valli
Gênero Drama
Figurino Danilo Donati
Cinematografia Giuseppe Ruzzolini
Edição Nino Baragli
Companhia(s) produtora(s) Arco Film
Somafis
Lançamento Itália 3 Setembro 1967
Idioma italiano
romeno
Página no IMDb (em inglês)

Édipo Rei é um filme italiano de Pier Paolo Pasolini, estreou em 1967. Pasolini inspirou-se para escrever o roteiro na peça teatral grega homônima, de Sófocles.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Baseado na tragédia clássica de Sófocles, Édipo (Franco Citti), herdeiro do trono de Tebas, foi abandonado ao nascer em um deserto, por conta de uma previsão do Oráculo anunciando que o menino seria responsável pela morte de seu pai e se deitaria com sua mãe. Édipo é encontrado por um casal de camponeses que o criam. Porém, durante sua juventude ele se encontra com o mesmo Oráculo que o conta seu destino infeliz. Sendo assim, ele foge de seus pais camponeses, acreditando serem seus verdadeiros pais, em direção à Tebas. No caminho, ele se depara com uma carruagem e decide assaltá-la, matando as pessoas que estavam dentro dela. Assim, inicia-se a história de Édipo.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Édipo Rei». IMDB. Consultado em 2016-02-11. 
  2. «Édipo Rei». AdoroCinema. Consultado em 2016-02-11. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.