Éolo (filho de Heleno)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Éolo, na mitologia grega, foi um dos filhos de Heleno, filho de Deucalião, que reinou sobre a Tessália.[1]

Éolo e Enarete tiveram vários filhos: Creteu, Sísifo, Deioneu, Salmoneu, Atamante, Perieres, Cercafas e Magnes, e filhas, Calice, Peisidice, Perimele, Alcíone e Cânace.[1]

Higino lista outros filhos e filhas de Éolo:

  • Macareu, um neto de Quíron e Antiopa. Macareu cometeu incesto com sua irmã Cânace,[2] e Éolo teria matado Cânace[2] (ou forçado-a ao suicídio)[3] por causa disso.
  • Um filho (o texto não diz seu nome) com Melanipe (antes chamada de Tétis), filha do centauro Quíron.[4]
  • Antíopa, filha de Éolo, é mencionada como tendo dois filhos com [[Posidão,[5] mas logo a seguir estes dois filhos são atribuídos a Melanipe (filha de Desmontes ou de Éolo).[6]

De acordo com Diodoro Sículo, há três personagens de nome Éolo, e eles são relacionados entre si:

  • Éolo, filho de Heleno[7]
  • Éolo, filho de Melanipe e Hipotes, este filho de Mimas, rei da Eólia;[7] é este Éolo que Odisseu encontra em suas viagens[8]
  • Éolo, filho de Posidão e Arne, filha de Éolo, filho de Hipotes[9]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Baseada em Pseudo-Apolodoro[10] [1] :

Deucalião
Pirra
Zeus
Heleno
Orseis
Deimachus
Éolo
Enarete
Filhos:
Filhas:
Creteu
Cânace
Sísifo
Alcione
Atamante
Peisidice
Salmoneu
Calice
Deioneu
Perimede
Magnes
Perieres

Referências

  1. a b c Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.7.3
  2. a b Fabulae, CCXXXVIII, Aqueles que mataram suas filhas, por Higino
  3. Fabulae, CCXLIII, Mulheres que cometeram suicídio, por Higino
  4. Astronomica, II.18, Cavalo, por Higino
  5. Fabulae, CLVII, Filhos de Netuno, por Higino
  6. Fabulae, CLXXXVI, Melanipe, por Higino
  7. a b Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro IV, 67.3
  8. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro V, 7.5
  9. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro IV, 67.4
  10. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.7.2