Ítalo Rossi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ítalo Rossi
Nome completo Ítalo Balbo Di Fratti Coppola Rossi
Nascimento 19 de janeiro de 1931
Botucatu,  São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Morte 2 de agosto de 2011 (80 anos)[1]
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Ocupação Ator
IMDb: (inglês)

Italo Balbo Di Fratti Coppola Rossi (Botucatu, 19 de janeiro de 1931Rio de Janeiro, 2 de agosto de 2011) foi um ator brasileiro.[2]

Em 1959 formou a Companhia Teatro dos Sete, ao lado de Fernanda Montenegro, Sérgio Britto, Gianni Ratto, Luciana Petruccelli, Alfredo Souto de Almeida e Fernando Torres, e apresentou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro a peça O Mambembe, de Artur Azevedo. A montagem é considerada pela crítica um marco no teatro brasileiro.

Com o Teatro dos Sete, Ítalo participou do Grande Teatro Tupi, também ao lado dos amigos Fernanda Montenegro, Sérgio Britto, Fernando Torres, Manoel Carlos, entre outros. O teleteatro apresentou um repertório de mais de 450 peças. Depois de seis anos no ar na TV Tupi, o Grande Teatro transferiu-se, para a TV Rio e depois, para a Rede Globo. Foi um programa formador de plateia, e referência na história da televisão e do teatro brasileiro.

Fez participações importantes em telenovelas como Escrava Isaura, Que Rei Sou Eu?, Araponga, Senhora do Destino e Belíssima. Também foi o Rei Minos no episódio "O Minotauro" do Sítio do Picapau Amarelo em 1978.

Seu último papel na TV foi no programa humorístico Toma Lá, Dá Cá (2008), da Rede Globo, em que interpretou o personagem Seu Ladir que popularizou o bordão "É mara!" ("É maravilhoso!"). Em janeiro de 2011 comemorou 60 anos de carreira.

Rossi esteve internado desde 31 de julho de 2011 no hospital Copa D'Or, no Rio de Janeiro. Morreu, aos 80 anos, por volta das 16h do dia 2 de agosto de 2011, devido a complicações respiratórias.[3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1953 Esquina da Ilusão Auxiliar de Rubens
O Homem dos Papagaios
Uma Vida para Dois
1954 A sogra
Destiny in Trouble
1958 O Pão Que o Diabo Amassou Borboleta
E o Espetáculo Continua Quincas
1959 Arraial do Cabo Narrador
1963 Anchieta, o Apóstolo do Brasil Anchieta
1965 Society em Baby-Doll
1966 Paraíba, vida e morte de um bandido
Ele e o Rabisco Narrador
1967 A Derrota Segundo Chefe
Cara a Cara
1968 Desesperato
O Engano Primeiro Marido de Cora
1969 O Bravo Guerreiro Conrado Frota
1976 Noite sem Homem Salô
1979 A República dos Assassinos Clemente
1983 Estranhas Relações Dr. Luiz XII
1989 Doida Demais
1991 SD do forcas armadas !
1992 Morte por Água Tirésias
Chão de Estrelas
1997 A Grande Noitada Butuca
2003 Maria, mãe do filho de Deus Caifás
2008 Sexo Com Amor? Padre Ancelmo

Televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Morre o ator Ítalo Rossi
  2. «Amigos e família vão ao velório de Ítalo Rossi no Rio de Janeiro». G1. 3 de agosto de 2011. Consultado em 3 de agosto de 2011 
  3. R7. «Ator Ítalo Rossi morre aos 80 anos no Rio». 03/08/2011. Consultado em 5 de agosto de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.