Óleo (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Óleo
  Município do Brasil  
Igreja Óleo 140309 REFON 1.JPG
Símbolos
Bandeira de Óleo
Bandeira
Brasão de armas de Óleo
Brasão de armas
Hino
Gentílico oleense
Localização
Localização de Óleo em São Paulo
Localização de Óleo em São Paulo
Mapa de Óleo
Coordenadas 22° 56' 27" S 49° 20' 31" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária[1] Sorocaba
Região imediata[1] Avaré
Municípios limítrofes Santa Cruz do Rio Pardo, Bernardino de Campos, Piraju, Manduri e Águas de Santa Bárbara
Distância até a capital 300 km
História
Fundação 7 de abril de 1917 (103 anos)
Aniversário 7 de abril
Administração
Prefeito(a) Rubens Esteves Roque (Rubinho) (PSB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 197,974 km²
População total (Censo IBGE/2014[3]) 2 652 hab.
 • Posição SP: 596º
Densidade 13,4 hab./km²
Clima tropical de altitude (Cfb)
Altitude 682 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[4]) 0,761 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 31 102,332 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 11 396,97
Sítio www.pmoleo.sp.gov.br (Prefeitura)

Óleo é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localizado na Microrregião de Ourinhos e na Mesorregião de Assis, o município está localizado à 300 km da capital paulista. O município é formado pela sede e pelo distrito de Batista Botelho[6][7].

História[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1888, com a abertura de uma venda de terras na alta Sorocabana, muitos imigrantes vindos de Minas Gerais, e do Rio de Janeiro, passavam por este local onde faziam pousadas sob a sombra de uma grande árvore de "Óleo", espécie de arvore ainda hoje encontrada nas florestas. Assim o local que era passagem forçada para os tropeiros e viajantes que iam em demanda de Campos Novos, ficou conhecido com o nome de "Pousada de Óleo".

Com o passar dos tempos tornou-se um povoado, já com o nome de Óleo. Cinco proprietários de terras no local resolveram então formar o patrimônio, doando cada um 5 alqueires de terras para a formação do Patrimônio, que teve como Padroeiro o "Senhor Bom Jesus". Foram eles: Francisco Luiz Pereira, Joaquim Nazaré, Carlos Bernardino de Souza, Manoel Galdino de Oliveira e Antonio Pena, considerados os fundadores do município de Óleo.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se na Microrregião de Ourinhos e na Mesorregião de Assis, a uma latitude de 22º56'29" Sul e a uma longitude 49º20'31" Oeste, estando a uma altitude de 682 metros. Sua população estimada em 2014 era de 2.652 habitantes.

Possui uma área de 197,9 km².

Possui o distrito de Batista Botelho e o Povoado de Mandaguari. É banhado pelo rio Pardo de 70 metros de largura. O município de Óleo é ligado à capital (São Paulo) pela Rodovia Raposo Tavares, da qual está a 14 km e pela Linha Tronco da antiga Estrada de Ferro Sorocabana, desativada em 1999 para o transporte de passageiros e atualmente voltada ao transporte de cargas na região. [8]

Economia[editar | editar código-fonte]

A força base do município é a agricultura e pecuária, sendo grande produtor de cereais, arroz, milho e café. Possui 378 propriedades agrícolas. A cidade apesar de pequena tem bons comércios, havendo pequenas indústrias locais. 90% das terras do município de Óleo são boas para qualquer tipo de plantio.[carece de fontes?]

Demografia - censo de 2000[editar | editar código-fonte]

População Total: 2.994

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Ferrovias[editar | editar código-fonte]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade foi atendida pela Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP) até 1973, quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[10], que construiu em 1985 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo para suas operações de telefonia fixa[11][12][13].

Administração[editar | editar código-fonte]

Paço municipal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. IBGE; IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2014». Censo Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 2 de fevereiro 2015 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. Arquivado do original em 3 de outubro de 2009 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  7. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  8. «Trens da linha-tronco da Sorocabana -- Trens de passageiros do Brasil». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 10 de agosto de 2020 
  9. «Batista Botelho -- Estações Ferroviárias do Estado de São Paulo». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 10 de agosto de 2020 
  10. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  11. «Convênio de incorporação da COTESP pela TELESP em 25 de outubro de 1973». Portal da Câmara dos Deputados 
  12. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  13. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Óleo

Site da prefeitura https://www.pmoleo.sp.gov.br/