Óscar Vicente Ojea Quintana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Oscar Vicente Ojea (cropped).jpg

Óscar Vicente Ojea Quintana (Buenos Aires, 15 de outubro de 1946) é um clérigo argentino, bispo católico romano de San Isidro e presidente da Conferência Episcopal Argentina.

Óscar Vicente Ojea Quintana foi ordenado sacerdote em 25 de novembro de 1972.

Papa Bento XVI o nomeou em 24 de maio de 2006 bispo titular de Suelli e bispo auxiliar em Buenos Aires. O Arcebispo de Buenos Aires, Jorge Mario Cardeal Bergoglio SJ, doou-lhe a consagração episcopal em 2 de setembro do mesmo ano; Os co-consagradores foram Héctor Rubén Aguer, arcebispo de La Plata, e Eduardo Vicente Mirás, arcebispo emérito de Rosário.

Em 7 de outubro de 2009, Bento XVI o nomeou bispo-coadjutor de San Isidro. Com a aposentadoria de Alcides Jorge Pedro Casaretto em 30 de dezembro de 2011, ele o sucedeu no cargo de Bispo de San Isidro.

Em 7 de novembro de 2017 foi eleito presidente da Conferência Episcopal Argentina, seu mandato vai até 2020.[1] Ojea também dirige a Caritas Argentina.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Óscar Vicente Ojea Quintana
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Óscar Vicente Ojea Quintana

Referências

  1. Monseñor Oscar Ojea, nuevo presidente de la Conferencia Episcopal Argentina, Agencia Informativa Católica Argentina, 7. November 2017 (spanisch)
  2. «Argentinien: Neuer Vorsitzender der Bischöfe ist Papst-Mann». Radio Vatikan. 8 de novembro de 2017. Consultado em 13 de novembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.